Dia 121, 20 de maio de 2011 - História

Dia 121, 20 de maio de 2011 - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

10:00 AM O PRESIDENTE recebe a Imprensa Fechada do Gabinete Oval do Briefing Diário Presidencial

11h15 O PRESIDENTE se reúne com o presidente Netanyahu, do Salão Oval de Israel

12h05 O PRESIDENTE e o presidente Netanyahu entregam declarações à imprensa no Salão Oval Spray para piscina no fundo

12h30 O PRESIDENTE oferece um almoço de trabalho com o Presidente Netanyahu, da Antiga Sala de Jantar da Família de Israel

15h10 O PRESIDENTE faz comentários aos funcionários da CIA, sede da CIA, Langley, Virginia Pooled Press


26 Código dos EUA § 121 - Exclusão de ganho com a venda da residência principal

A renda bruta não deve incluir o ganho com a venda ou troca de propriedade se, durante o período de 5 anos que termina na data da venda ou troca, tal propriedade foi possuída e usada pelo contribuinte como residência principal do contribuinte por períodos agregando 2 anos ou mais.

O valor do ganho excluído da receita bruta sob a subseção (a) com relação a qualquer venda ou troca não deve exceder $ 250.000.

Se tais cônjuges não cumprirem os requisitos do subparágrafo (A), a limitação nos termos do parágrafo (1) será a soma das limitações nos termos do parágrafo (1) a que cada cônjuge teria direito se tais cônjuges não fossem casados. Para os fins da frase anterior, cada cônjuge será tratado como proprietário da propriedade durante o período em que qualquer um dos cônjuges possuía a propriedade.

A subseção (a) não se aplica a qualquer venda ou troca pelo contribuinte se, durante o período de 2 anos que termina na data de tal venda ou troca, houve qualquer outra venda ou troca pelo contribuinte ao qual a subseção (a) se aplica .

No caso de uma venda ou troca de propriedade por um indivíduo solteiro cujo cônjuge tenha falecido na data de tal venda, o parágrafo (1) será aplicado substituindo “$ 500.000” por “$ 250.000” se tal venda ocorrer no máximo 2 anos após a data do falecimento de tal cônjuge e os requisitos do parágrafo (2) (A) foram atendidos imediatamente antes da data do falecimento.

A subseção (a) não se aplica a tanto do ganho da venda ou troca de propriedade quanto é alocado para períodos de uso não qualificado.

O termo "período de uso não qualificado" significa qualquer período (exceto a parte de qualquer período anterior a 1º de janeiro de 2009) durante o qual a propriedade não é usada como residência principal do contribuinte ou do cônjuge ou ex-cônjuge do contribuinte.

Se o marido e a esposa fizerem uma declaração conjunta para o ano fiscal da venda ou troca da propriedade, as subseções (a) e (c) serão aplicadas se qualquer um dos cônjuges atender aos requisitos de propriedade e uso da subseção (a) com relação a tais propriedade.

Para os fins desta seção, no caso de um indivíduo solteiro cujo cônjuge tenha falecido na data da venda ou troca de propriedade, o período em que esse indivíduo solteiro possuiu e usou tal propriedade deve incluir o período em que o cônjuge falecido possuiu e usou tal propriedade antes da morte.

No caso de uma propriedade individual transferida a tal indivíduo em uma transação descrita na seção 1041 (a), o período em que esse indivíduo possui tal propriedade deve incluir o período em que o cedente possuía a propriedade.

Apenas para os fins desta seção, um indivíduo deve ser tratado como usando a propriedade como a residência principal desse indivíduo durante qualquer período de propriedade, enquanto ao cônjuge ou ex-cônjuge é concedido o uso da propriedade por meio de um divórcio ou instrumento de separação.

Para os fins desta seção, a destruição, roubo, apreensão, requisição ou condenação de bens serão tratados como venda de tais bens.

Ao aplicar a seção 1033 (relativa a conversões involuntárias), o valor realizado com a venda ou troca de propriedade deve ser tratado como sendo o valor determinado sem consideração a esta seção, reduzido pelo valor do ganho não incluído na receita bruta de acordo com esta seção .

Se a base da propriedade vendida ou trocada for determinada (no todo ou em parte) nos termos da seção 1033 (b) (relativa à base da propriedade adquirida por conversão involuntária), então a posse e uso pelo contribuinte da propriedade convertida será tratada como posse e uso pelo contribuinte da propriedade vendida ou trocada.

A subseção (a) não se aplica a tanto do ganho com a venda de qualquer propriedade que não exceda a parte dos ajustes de depreciação (conforme definido na seção 1250 (b) (3)) atribuíveis a períodos após 6 de maio de 1997 , em relação a essa propriedade.

Na eleição do contribuinte, esta seção não deixará de ser aplicada à venda ou troca de uma participação em uma residência principal pelo motivo de tal participação ser uma participação remanescente em tal residência, mas esta seção não se aplicará a qualquer outra participação em tal residência que é vendida ou trocada separadamente.

O subparágrafo (A) não se aplica a qualquer venda ou troca com qualquer pessoa que tenha uma relação com o contribuinte descrita na seção 267 (b) ou 707 (b).

O período de 5 anos descrito na subseção (a) não deve ser estendido por mais de 10 anos em razão do subparágrafo (A).

O termo “seção 101 (a) (5) do título 10, Código dos Estados Unidos, conforme em vigor na data da promulgação deste parágrafo.

O termo “Lei de Serviço Estrangeiro de 1980, em vigor na data da promulgação deste parágrafo.

O termo “extensão de serviço” significa qualquer período de serviço ativo conforme uma convocação ou ordem para tal direito por um período superior a 90 dias ou por um período indefinido.

Uma escolha segundo o subparágrafo (A) com relação a qualquer propriedade não pode ser feita se tal opção estiver em vigor com relação a qualquer outra propriedade.

Uma eleição segundo o subparágrafo (A) pode ser revogada a qualquer momento.

Se um contribuinte adquire propriedade em uma troca em relação à qual o ganho não é reconhecido (no todo ou em parte) ao contribuinte nos termos da subseção (a) ou (b) da seção 1031, a subseção (a) não se aplica à venda ou troca de tais bens por tal contribuinte (ou por qualquer pessoa cuja base em tais bens seja determinada, no todo ou em parte, por referência à base nas mãos de tal contribuinte) durante o período de 5 anos a partir da data de tal aquisição.

Para os fins do subparágrafo (A), são aplicáveis ​​regras semelhantes às regras dos subparágrafos (B) e (D) do parágrafo (9).

Esta seção não se aplica a qualquer venda ou troca por um indivíduo se o tratamento fornecido pela seção 877 (a) (1) se aplicar a tal indivíduo.

Esta seção não se aplica a qualquer venda ou troca em relação à qual o contribuinte opte por não aplicar esta seção.

Para os fins desta seção, no caso de propriedade cuja aquisição pelo contribuinte resultou na seção 1034 [1] (como em vigor no dia anterior à data da promulgação desta seção) no não reconhecimento de qualquer parte do ganho realizado na venda ou troca de outra residência, na determinação do período durante o qual o contribuinte possuiu e usou tal propriedade como a residência principal do contribuinte, devem ser incluídos os períodos agregados para os quais essa outra residência (e cada residência anterior adquirida conta sob a seção 1223 (6) [1] na determinação do período de posse de tal propriedade) tinha sido detida e usada.

A data da promulgação deste parágrafo, referida na subseção. (d) (9) (C) (ii), (iii), é a data de promulgação da Pub. L. 108-121, que foi aprovado em 11 de novembro de 2003.

Seção 103 da Lei do Serviço Exterior de 1980, referida na subseção. (d) (9) (C) (iii), está classificado na seção 3903 do Título 22, Relações Exteriores e Relações Exteriores.

Seção 1034 (em vigor no dia anterior à data da promulgação desta seção), referida na subseção. (g), provavelmente significa a seção 1034 deste título em vigor no dia anterior à data de promulgação da Pub. L. 105–34 que emendou esta seção em geral e foi aprovado em 5 de agosto de 1997. Seção 1034 foi revogada pelo Pub. L. 105–34, título III, § 312 (b), 5 de agosto de 1997, 111 Stat. 839.

Seção 1223 (6), referido na subseção. (g), foi revogado pela Pub. L. 113–295, div. A, título II, § 221 (a) (80) (C), 19 de dezembro de 2014, 128 Stat. 4049.

Bar. L. 109–135, título IV, § 403 (ee) (1), (nn), 21 de dezembro de 2005, 119 Stat. 2631, 2632, que dirigiu essa subseção. (d) desta seção ser emendada através da redesignação do parágrafo (10) relativo à propriedade adquirida de um falecido como parágrafo (11), efetivo como se incluído nas disposições a que tal alteração se refere do American Jobs Creation Act de 2004, Pub . L. 108-357, foi executado como a provável intenção do Congresso ao redesignar como parágrafo (11) o parágrafo (10) dirigido a ser adicionado à subseção. (d) desta seção por Pub. L. 107–16, § 542 (c), (f) (1), aplicável a propriedades de falecidos que morreram após 31 de dezembro de 2009. Consulte a Nota de Codificação, Notas de Alteração de 2001, 2003 e 2005 e a Nota de Alteração da Data Efetiva de 2005 abaixo.

Bar. L. 108-121, título I, § 101 (a), (b) (1), 11 de novembro de 2003, 117 Stat. 1336, que dirigiu essa subseção. (d) desta seção seja emendada através da redesignação do parágrafo (9) como (10) e adicionando um novo parágrafo (9), efetivo como se incluído nas emendas feitas pela seção 312 da Lei de Alívio do Contribuinte de 1997, Pub. L. 105–34, não poderia ser executado literalmente na medida em que direcionou a redesignação porque subseção. (d), conforme alterado pela Pub. L. 105–34, não continha um parágrafo (9). No entanto, para refletir a provável intenção do Congresso, a emenda foi executada redesignando como parágrafo (10) o parágrafo (9) direcionado a ser adicionado à subseção. (d) desta seção por Pub. L. 107–16, § 542 (c), (f) (1), aplicável a propriedades de falecidos que morreram após 31 de dezembro de 2009. Consulte a nota de codificação acima e as notas de alteração de 2001, 2003 e 2005 e a nota de alteração da data efetiva de 2003 abaixo.

2014 — Subsec. (b) (3). Bar. L. 113–295, § 221 (a) (20), eliminado abaixo da média. (A) designação e título e subpar. (B) e margens realinhadas. Antes da alteração, o texto do subpar. (B) leia o seguinte: “O subparágrafo (A) deverá ser aplicado independentemente de qualquer venda ou troca antes de 7 de maio de 1997”.

Subsec. (b) (4), (5). Bar. L. 113–295, § 212 (c), par. (4), relativo à exclusão de ganho alocado para uso não qualificado, como (5).

Subsec. (d) (12) (B). Bar. L. 113–295, § 213 (c) (1), inserido “do parágrafo (9)” após “e (D)”.

2010 — Subsec. (d) (11). Bar. L. 111–312 subsec. (d) para ler como se uma emenda pelo Pub. L. 107–16, § 542 (c), que originalmente adicionou o par. (9), nunca foi promulgado. Consulte as notas de codificação acima e a nota de alteração de 2001 e a nota de alteração da data efetiva de 2010 abaixo. Antes da alteração, par. (11) leia o seguinte: "Propriedade adquirida de um falecido. - A exclusão ao abrigo desta seção aplica-se a propriedade vendida por-

“(A) o espólio de um falecido,

“(B) qualquer indivíduo que adquiriu tal propriedade do falecido (dentro do significado da seção 1022), e

"(C) um trust que, imediatamente antes da morte do falecido, era um trust revogável qualificado (conforme definido na seção 645 (b) (1)) estabelecido pelo falecido,

determinado levando em consideração a propriedade e o uso pelo falecido. ”

2008 — Subsec. (b) (4). Bar. L. 110–289 adicionado par. (4) relacionado à exclusão de ganho alocado para uso não qualificado.

Subsec. (d) (9) (C) (vi). Bar. L. 110–245, § 113 (b), cabeçalho e texto riscado de cl. (vi). O texto é lido da seguinte forma: “AnPub. L. 110–245, § 113 (a), título riscado e texto do subpar. (E). O texto diz o seguinte: “A cláusula (iii) do subparágrafo (A) não se aplica a qualquer venda ou troca após 31 de dezembro de 2010.”

2007 — Subsec. (b) (4). Bar. L. 110–142 adicionado par. (4) relativo a regra especial para certas vendas por cônjuges sobrevivos.

“(I) como membro do Pub. L. 109-432, § 417 (b), adicionado cl. (iv) e redesignado antigo cl. (iv) como (v).

2005 — Subsec. (d) (10). Bar. L. 109–135, § 403 (ee) (2), título e texto emendados do par. (10) relativos a propriedade adquirida em troca de espécie em geral. Antes da alteração, o texto diz o seguinte: "Se um contribuinte adquiriu propriedade em uma troca à qual se aplica a seção 1031, a subseção (a) não se aplica à venda ou troca de tal propriedade se ocorrer durante o período de 5 anos começando com a data da aquisição de tal propriedade. ”

Subsec. (d) (11). Bar. L. 109–135, § 403 (ee) (1), par. (10), anteriormente par. (9), conforme adicionado pela Pub. L. 107-16, como (11). Consulte as notas de codificação acima e as notas de alteração de 2001 e 2003 e a nota de alteração da data efetiva de 2001 abaixo.

Subsec. (g). Bar. L. 109–135, § 402 (a) (3), substituído “seção 1223 (6)” por “seção 1223 (7)”.

2004 — Subsec. (d) (10). Bar. L. 108–357 adicionado par. (10) relativos à propriedade adquirida em troca de espécie semelhante.

2003 — Subsec. (d) (9), (10). Bar. L. 108–121 adicionado par. (9) e antigo par. (9), conforme adicionado pela Pub. L. 107-16, como (10). Consulte as notas de codificação acima e a nota de alteração de 2001 e a nota de alteração da data efetiva de 2001 abaixo.

2001 — Subsec. (d) (9). Bar. L. 107–16, § 542 (c), adicionado par. (9). Consulte as notas de codificação acima e a nota de alteração na data de vigência de 2001 abaixo.

1998 — Subsec. (b) (2). Bar. L. 105-206, § 6005 (e) (1), substituiu “Regras especiais para devoluções conjuntas” por “limitação de $ 500.000 para certas devoluções conjuntas” no título e no texto em geral. Antes da alteração, o texto é o seguinte: "O parágrafo (1) será aplicado substituindo '$ 500.000' por '$ 250.000' se-

“(A) o marido e a mulher fazem uma declaração conjunta para o ano fiscal da venda ou troca da propriedade,

“(B) qualquer um dos cônjuges atende aos requisitos de propriedade da subseção (a) com relação a tal propriedade,

“(C) ambos os cônjuges atendem aos requisitos de uso da subseção (a) com relação a tais bens, e

“(D) nenhum dos cônjuges é inelegível para os benefícios da subseção (a) com relação a tais bens em razão do parágrafo (3).”

Subsec. (c) (1). Bar. L. 105–206, § 6005 (e) (2), título reencenado sem alteração e texto emendado em geral. Antes da alteração, o texto diz o seguinte: "No caso de uma venda ou troca à qual esta subseção se aplica, os requisitos de propriedade e uso da subseção (a) não se aplicam e a subseção (b) (3) não se aplica, mas o o valor do ganho excluído da receita bruta nos termos da subseção (a) com relação a tal venda ou troca não deve exceder-

"(A) o valor que tem a mesma proporção com o valor que seria excluído nesta seção se tais requisitos tivessem sido atendidos, como

"(I) os períodos agregados, durante o período de 5 anos que termina na data de tal venda ou troca, tal propriedade foi possuída e usada pelo contribuinte como a residência principal do contribuinte, ou

"(Ii) o período após a data da venda ou troca anterior mais recente pelo contribuinte ao qual se aplica a subseção (a) e antes da data de tal venda ou troca,

1997 — Pub. L. 105–34 frase de efeito da seção emendada e texto em geral. Antes da alteração, a seção relacionada à exclusão única de ganho com a venda da residência principal por indivíduo que atingiu a idade de 55 anos.

1988 — Subsec. (d) (9). Bar. L. 100–647 adicionado par. (9).

1981 — Subsec. (b) (1). Bar. L. 97–34 substituiu “$ 125.000 ($ 62.500” por “$ 100.000 ($ 50.000”.

1978 — Pub. L. 95-600, § 404 (a), substituiu "Exclusão única de ganho com a venda da residência principal por indivíduo que atingiu a idade de 55 anos" por "Ganho com a venda ou troca de residência de indivíduo que atingiu a idade de 65 anos" na seção catchline.

Subsec. (uma). Bar. L. 95–600, § 404 (a), substituiu “55” por “65”, “5 anos” por “8 anos” e “3 anos” por “5 anos”.

Subsec. (b). Bar. L. 95–600, § 404 (a), no par. (1) substituiu as disposições relativas às limitações em dólares para o valor do ganho por disposições que estabelecem as limitações aplicáveis ​​onde o preço de venda ajustado excede $ 35.000 e o par adicional. (3).

Subsec. (d) (2). Bar. L. 95–600, § 404 (c) (1), substituiu “período de 5 anos” por “período de 8 anos”.

Subsec. (d) (5). Bar. L. 95–600, § 404 (c) (2), substituiu “período de 5 anos” por “período de 8 anos” e “3 anos” por “5 anos”.

1976 - Subsec. (b) (1). Bar. L. 94-455, § 1404 (a), substituiu “$ 35.000” por “$ 20.000” em três lugares.

Subsecs. (c), (d) (5). Bar. L. 94–455, § 1906 (b) (13) (A), eliminou “ou seu delegado” após “Secretário”.

Alteração do Pub. L. 115–97 aplicável a uma seção 71 (b) (2) deste título como em vigor antes de 22 de dezembro de 2017) executado após 31 de dezembro de 2018, e a tais instrumentos executados em ou antes de 31 de dezembro de 2018, e modificado após 31 de dezembro de 2018, se a modificação prevê expressamente que a alteração feita pela seção 11051 da Pub. L. 115–97 se aplica a tal modificação, consulte a seção 11051 (c) da Pub. L. 115–97, estabelecido como uma nota na seção 61 deste título.

Alteração pela seção 212 (c) da Pub. L. 113–295 eficaz como se incluído nas disposições da Lei de Imposto de Assistência à Habitação de 2008, Pub. L. 110–289, div. C, ao qual tal alteração se refere, consulte a seção 212 (d) da Pub. L. 113–295, estabelecido como uma nota na seção 42 deste título.

Alteração pela seção 221 (a) (20) da Pub. L. 113–295 em vigor em 19 de dezembro de 2014, sujeito a uma provisão de economia, consulte a seção 221 (b) da Pub. L. 113–295, estabelecido como uma nota na seção 1 deste título.

[Alteração do Pub. L. 112–240 (revogando a seção 304 da Pub. L. 111–312, anteriormente estabelecido acima) aplicável aos anos tributáveis, planos ou de limitação a partir de 31 de dezembro de 2012, e propriedades de falecidos morrendo, presentes feitos ou geração pulando transferências após 31 de dezembro de 2012, consulte a seção 101 (a) (3) da Pub. L. 112–240, estabelecido como uma nota seguindo a antiga seção 901 do Pub. L. 107–16 que foi estabelecido como uma nota de alteração das datas de vigência e rescisão de 2001 na seção 1 deste título.]

Alteração pela seção 402 (a) (3) da Pub. L. 109–135 eficaz como se incluído nas disposições da Lei de Política de Energia de 2005, Pub. L. 109-58, ao qual se refere, mas não aplicável com relação a qualquer transação ordenada em conformidade com a Lei da Empresa de Utilidade Pública de 1935 (15 USC 79 et seq.) Antes de sua revogação, consulte a seção 402 (m) do Bar. L. 109–135, estabelecido como uma nota de emendas com as datas de vigência e rescisão de 2005 na seção 23 deste título.

Alteração pela seção 403 (ee) da Pub. L. 109–135 eficaz como se incluído na provisão do American Jobs Creation Act de 2004, Pub. L. 108-357, ao qual tal emenda se refere, consulte a seção 403 (nn) da Pub. L. 109–135, estabelecido como uma nota na seção 26 deste título.

Alteração do Pub. L. 105-206 em vigor, salvo disposição em contrário, como se incluído nas disposições do Taxpayer Relief Act de 1997, Pub. L. 105–34, ao qual tal alteração se refere, consulte a seção 6024 da Pub. L. 105–206, apresentado como uma nota na seção 1 deste título.


Estilo bacana de melindrosa de feltro de corpo inteiro. O feltro matizado é um corte "halo" inteligente, com ponta de estilo tardio em ambos os lados. A tira de feltro acaba de volta. Pequenos enfeites também de feltro. Forro de seda. Valor dândi a este preço baixo.

1968 U.S. Submarine Scorpion

1968: O submarino americano Scorpion, com propulsão nuclear, enquanto voltava para a Base Naval de Norfolk dos Açores, é ouvido pela última vez. O Scorpion e sua tripulação de 99 foram oficialmente declarados perdidos em 5 de junho de 1968. (Os restos do submarino foram encontrados mais tarde no fundo do oceano 400 milhas a sudoeste dos Açores.)

1979 EUA. A defesa Twinkie

1979: Dan White que foi ver o prefeito George Moscone e o supervisor Harvey Milk para pedir de volta seu antigo emprego, quando eles se recusaram a devolvê-lo, ele atirou e matou os dois. Ele é condenado por homicídio culposo (em vez de assassinato de primeiro grau) depois que seus advogados de defesa argumentaram que seu estado mental na época dos assassinatos era de capacidade diminuída devido à depressão, causada por seu consumo de junk food açucarado. A defesa de White foi rotulada pela imprensa como "a defesa Twinkie".

1982 Ilhas Malvinas HMS Ardent

1982: Aviões argentinos afundam o HMS Ardent com a perda de 22 vidas na Guerra das Malvinas.

1986 Vendas de armas dos EUA para a Arábia Saudita

1986: O presidente Reagan vetou uma resolução que bloqueava as vendas de armas para a Arábia Saudita afirmando que os sauditas ajudaram na guerra contra o terrorismo e são vitais para nossos interesses estratégicos, políticos e econômicos no Oriente Médio.

1991 Índia Rajiv Gandhi Assassinado

1991: O primeiro-ministro indiano Rajiv Gandhi é assassinado quando uma bomba explode durante a campanha eleitoral no estado de Tamil Nadu, no sul.

1992 Johnny Carson Last Tonight Show

1992: Johnny Carson apresentou seu último show hoje à noite diante de um público convidado de celebridades e familiares após 3 décadas.

1998 Tiroteios em Thurston High School dos EUA

1998: Depois de atirar e matar seus pais na véspera do estudante Kipland "Kip" Kinkel, um estudante de 15 anos pega um rifle calibre .22, uma arma calibre .22 e uma pistola semi-automática Glock 9mm para a Thurston High School em Springfield, Oregon, onde ele mata dois colegas de classe, Ben Walker e Mikael Nicklauson, e feriu outras 25 pessoas.

Votos para a independência de Montenegro em 2005

2005: Os eleitores em Montenegro votaram pela separação de sua união com a Sérvia. A participação eleitoral foi de mais de oitenta e cinco por cento, com 55,4% dos eleitores a favor da independência da Sérvia. A secessão teria consequências econômicas e sociais drásticas para a Sérvia e Montenegro e, se Montenegro se tornasse independente, seria a primeira vez, desde o fim da Primeira Guerra Mundial, que seria uma nação independente.

Limpador elétrico Hoover 1926

O que eu adorei nisso é que é um Hoover Real (nome genérico frequentemente usado para um aspirador de pó) e o slogan, eu me lembro quando era uma criança no final dos anos 50, mais de 30 anos depois, o Tag Line Hoover para venda era "Ele bate enquanto varre e limpa"

Lâmpada elétrica

A eletricidade, embora usada por cada vez mais, deixou muitos de seus mistérios inexplicados, um deles era como uma lâmpada produzia tanta luz, este anúncio da General Electric explicava que um gás inútil chamado Argônio (vindo de duas palavras gregas que significa não funciona ), descoberto em 1894, era agora bombeado para a lâmpada moderna e fornecia uma luz de primeira classe.

Bruxas acusadas de serem queimadas no Quênia em 2009

2009: Onze pessoas acusadas de serem bruxas foram queimadas até a morte no Quênia. Os aldeões formaram uma turba e atacaram os idosos, matando as oito mulheres e três homens com mais de oitenta anos.

Cientistas americanos de 2010 criam vida artificial

2010: Cientistas nos Estados Unidos criaram com sucesso vida artificial ao criar a primeira célula viva a ser controlada por DNA sintético.

Vulcão Grimsvotn da Islândia de 2011 começa a entrar em erupção

2011: O vulcão mais ativo da Islândia, Grimsvotn, começou a entrar em erupção de acordo com cientistas. O vulcão entrou em erupção pela última vez em 2004 e está localizado sob a geleira Vatnajokull, na parte sudeste da Islândia. Esperava-se que a erupção produzisse plumas de cinzas que possivelmente atrapalhariam as viagens aéreas na área, que já havia sido proibida.

Presidente do Mali 2012 é atacado por manifestantes

2012: Dioncounda Traore, o presidente interino do Mali, foi espancado por manifestantes e foi levado ao hospital devido a um ferimento na cabeça. Pessoas que apoiaram um golpe que aconteceu em março reuniram-se em protestos massivos depois que um acordo foi feito que manteria Traore no poder por mais um ano.

2013 Tunisian Man Killed by Coronavirus

2013: Um homem da Tunísia que visitou recentemente a Arábia Saudita morreu após ser infectado com o novo coronavírus mortal (NCoV). Este foi, porém, o primeiro caso do vírus na África. Neste ponto, apenas quarenta e um casos foram relatados em todo o mundo e, desses quarenta e um, vinte morreram do vírus.


Dia 121, 20 de maio de 2011 - História

Há uma abundância de feriados diários e dias especiais. Alguns são imersos em tradição, enquanto outros podem ser feriados malucos, bizarros, únicos, especiais ou simplesmente diferentes. Procurando por um dia maluco para comemorar, talvez?

Clique no mês abaixo para ver nossa coleção diária do mês. Há um dia especial para quase tudo e todos.

Janeiro fevereiro marchar
abril Poderia Junho
Julho agosto setembro
Outubro novembro dezembro

As pessoas costumam perguntar sobre como criar um dia. Como fazer isso? Descubra agora!

Hobbies de Jardim Dicas e conselhos de jardinagem doméstica para todas as suas plantas, flores, vegetais, ervas, orgânicos, jardins sombreados, plantas de interior e muito mais.

1. 2021 datas estão disponíveis no final de 2020.

2. Holiday Insights é um dos sites originais do calendário de feriados. Somos orgulhosamente um dos poucos que realmente pesquisam cada feriado e dia especial antes de publicá-los.

Insights de férias, onde todos os dias são feriados, um dia bizarro, um dia maluco ou um evento especial. Junte-se a nós na diversão todos os dias do ano.


13 CFR § 121.103 - Como a SBA determina a afiliação?

(1) Preocupações e entidades são afiliadas umas das outras quando uma controla ou tem o poder de controlar a outra, ou um terceiro ou partes controlam ou têm o poder de controlar ambas. Não importa se o controle é exercido, desde que exista o poder de controlar.

(2) A SBA considera fatores como propriedade, gerenciamento, relacionamentos anteriores ou vínculos com outra empresa e relacionamentos contratuais para determinar se existe afiliação.

(3) O controle pode ser afirmativo ou negativo. O controle negativo inclui, mas não está limitado a, casos em que um acionista minoritário tem a capacidade, de acordo com o estatuto, estatuto ou acordo de acionistas da empresa, de impedir um quorum ou de outra forma bloquear a ação do conselho de administração ou dos acionistas.

(4) A afiliação pode ser encontrada quando um indivíduo, empresa ou entidade exerce o controle indiretamente por meio de um terceiro.

(5) Ao determinar se existe afiliação, a SBA levará em consideração a totalidade das circunstâncias e poderá determinar a afiliação, embora nenhum fator isolado seja suficiente para constituir a afiliação.

(6) Ao determinar o tamanho da empresa, a SBA conta as receitas, funcionários ou outra medida de tamanho da empresa cujo tamanho está em questão e todas as suas afiliadas nacionais e estrangeiras, independentemente de as afiliadas serem organizadas com fins lucrativos.

(7) Para os programas Small Business Innovation Research (SBIR) e Small Business Technology Transfer (STTR) da SBA, as bases para afiliação são estabelecidas em § 121.702.

(8) Para os candidatos aos Programas de Empréstimo Empresarial, Empréstimo para Desastres e Garantia de Fiança da SBA, os padrões de tamanho e as bases para afiliação são definidos em § 121.301.

(b) Exceções à cobertura de afiliação.

(1) Negócios detidos no todo ou em parte por empresas de investimento licenciadas ou empresas de desenvolvimento que se qualifiquem, nos termos do Small Business Investment Act de 1958, conforme alterado, não são consideradas afiliadas de tais empresas de investimento ou empresas de desenvolvimento.

(i) Negócios pertencentes e controlados por tribos indígenas, Alaska Native Corporations (ANCs) organizados de acordo com o Alaska Native Claims Settlement Act (43 USC 1601 et seq.), Native Hawaiian Organizations (NHOs), Community Development Corporations (CDCs) autorizados por 42 USC 9805, ou entidades de propriedade integral de tribos indígenas, ANCs, NHOs ou CDCs não são consideradas afiliadas de tais entidades.

(ii) As empresas pertencentes e controladas por tribos indígenas, ANCs, NHOs, CDCs ou entidades de propriedade total de tribos indígenas, ANCs, NHOs ou CDCs não são consideradas afiliadas a outras empresas pertencentes a essas entidades por causa de seus propriedade comum ou gestão comum. Além disso, a afiliação não será encontrada com base no desempenho de serviços administrativos comuns, desde que o pagamento adequado seja fornecido por esses serviços. A afiliação pode ser encontrada por outros motivos.

(A) Os serviços administrativos comuns que estão sujeitos à exceção de afiliação incluem, contabilidade, folha de pagamento, recrutamento, outro suporte de recursos humanos, serviços de limpeza e outras funções que não estão relacionadas ao desempenho do contrato ou gestão e podem ser razoavelmente agrupados ou realizados de outra forma por uma holding, entidade controladora ou empresa irmã, sem interferir no controle da empresa em questão.

(B) Os serviços de administração de contratos incluem os serviços que podem ser considerados “serviços administrativos comuns” sob a exceção de afiliação e aqueles que não podem.

(1) Os serviços de administração de contratos que abrangem a supervisão real e direta do dia-a-dia e o controle da execução de um contrato / projeto não são serviços administrativos comuns compartilhados e incluiriam tarefas ou funções, como negociar diretamente com a agência governamental em relação à proposta termos, termos do contrato, escopo e modificações, programação do projeto, contratação e demissão de funcionários e responsabilidade geral pelo projeto diário e geral e conclusão do contrato.

(2) Os serviços de administração de contratos que são de natureza administrativa podem constituir serviços administrativos que podem ser compartilhados e cairiam na exceção de afiliação. Esses serviços administrativos incluem tarefas como retenção de registros não relacionados a um contrato específico (por exemplo, tempo de funcionários e registros de presença), manutenção de bancos de dados para contratos adjudicados, monitoramento de conformidade regulatória, desenvolvimento de modelos e assistência contábil na preparação de faturas, conforme necessário.

(C) O desenvolvimento de negócios pode incluir serviços que podem ser considerados “serviços administrativos comuns” sob a exceção de afiliação e aqueles que não podem. Os esforços da empresa controladora ou da controladora para identificar possíveis oportunidades de aquisição para empresas subsidiárias específicas podem ser considerados “serviços administrativos comuns”, exceto para afiliação. No entanto, em algum momento, a oportunidade identificada pelos esforços de desenvolvimento de negócios da controladora ou da controladora torna-se concreta o suficiente para ser atribuída a uma subsidiária e, nesse ponto, a subsidiária deve estar envolvida nos esforços de desenvolvimento de negócios para essa oportunidade. Na fase de preparação da proposta ou licitação de desenvolvimento de negócios, a empresa subsidiária apropriada para a oportunidade foi identificada e um representante dessa empresa deve estar envolvido na preparação de uma oferta apropriada. Isso não significa que um ou mais representantes de uma holding ou entidade-mãe não possam estar envolvidos na preparação de uma oferta. Eles podem estar envolvidos em auxiliar na preparação da parte genérica de uma oferta, mas a subsidiária específica que pretende executar o contrato deve controlar as partes técnicas e específicas do contrato na preparação de uma oferta. Além disso, uma vez que a adjudicação é feita, as atribuições dos funcionários e a logística para a execução do contrato devem ser controladas pela empresa subsidiária específica e não devem ser realizadas no nível de uma holding ou entidade controladora.

(3) As empresas que fazem parte de um grupo de interesses aprovado pela SBA para um programa conjunto de pesquisa e desenvolvimento ou para a produção de defesa, conforme autorizado pelo Small Business Act, não são afiliadas uma da outra por causa do grupo.

(4) Empresas que alugam funcionários de empresas principalmente envolvidas na locação de funcionários para outras empresas ou que entram em um acordo de co-empregador com uma Organização de Empregadores Profissionais (PEO) não são afiliadas à empresa de leasing ou PEO exclusivamente com base em um contrato de locação.

(5) Para assistência financeira, de gestão ou técnica ao abrigo do Small Business Investment Act de 1958, conforme alterado, (um candidato não é afiliado aos investidores listados nos parágrafos (b) (5) (i) a (vi) desta seção .

(i) Venture capital operating companies, as defined in the U.S. Department of Labor regulations found at 29 CFR 2510.3-101(d)

(ii) Employee benefit or pension plans established and maintained by the Federal government or any state, or their political subdivisions, or any agency or instrumentality thereof, for the benefit of employees

(iii) Employee benefit or pension plans within the meaning of the Employee Retirement Income Security Act of 1974, as amended (29 U.S.C. 1001, et seq. )

(iv) Charitable trusts, foundations, endowments, or similar organizations exempt from Federal income taxation under section 501(c) of the Internal Revenue Code of 1986, as amended (26 U.S.C. 501(c))

(v) Investment companies registered under the Investment Company Act of 1940, as amended (1940 Act) (15 U.S.C. 80a-1, et seq. ) and

(vi) Investment companies, as defined under the 1940 Act, which are not registered under the 1940 Act because they are beneficially owned by less than 100 persons, if the company's sales literature or organizational documents indicate that its principal purpose is investment in securities rather than the operation of commercial enterprises.

(6) A firm that has an SBA-approved mentor-protégé agreement authorized under § 125.9 of this chapter is not affiliated with its mentor or protégé firm solely because the protégé firm receives assistance from the mentor under the agreement. Similarly, a protégé firm is not affiliated with its mentor solely because the protégé firm receives assistance from the mentor under a federal mentor-protégé program where an exception to affiliation is specifically authorized by statute or by SBA under the procedures set forth in § 121.903. Affiliation may be found in either case for other reasons as set forth in this section.

(7) The member shareholders of a small agricultural cooperative, as defined in the Agricultural Marketing Act (12 U.S.C. 1141j), are not considered affiliated with the cooperative by virtue of their membership in the cooperative.

(8) These exceptions to affiliation and any others set forth in § 121.702 apply for purposes of SBA's SBIR and STTR programs.

(9) In the case of a solicitation for a bundled contract or a Multiple Award Contract with a value in excess of the agency's substantial bundling threshold, a small business contractor may enter into a Small Business Teaming Arrangement with one or more small business subcontractors and submit an offer as a small business without regard to affiliation, so long as each team member is small for the size standard assigned to the contract or subcontract. The agency shall evaluate the offer in the same manner as other offers with due consideration of the capabilities of the subcontractors.

(i) The relationship of a faith-based organization to another organization is not considered an affiliation with the other organization under this subpart if the relationship is based on a religious teaching or belief or otherwise constitutes a part of the exercise of religion. In addition, the eligibility criteria set forth in 15 U.S.C. 636(a)(36)(D) are satisfied for any faith-based organization having not more than 500 employees (including individuals employed on a full-time, part-time, or other basis) that pays Federal payroll taxes using its own Internal Revenue Service Employer Identification Number (EIN) or that would support a deduction under the second sentence of 26 U.S.C. 512(b)(12) if the organization generated unrelated business taxable income. For purposes of this paragraph (b)(10), the term “faith-based organization” includes, but is not limited to, any organization associated with a church or convention or association of churches within the meaning of 26 U.S.C. 414(e)(3)(D). The term “organization” has the meaning given in 26 U.S.C. 414(m)(6)(A). The terms “church” and “convention or association of churches” have the same meaning that they have in 26 U.S.C. 414.

(ii) No specific process or filing is necessary to claim the benefit of the exemption in paragraph (b)(10)(i) of this section. In applying for a loan under the Paycheck Protection Program (PPP), a faith-based organization may make all necessary certifications with respect to common ownership or management or other eligibility criteria based upon affiliation, if the organization would be an eligible borrower but for application of SBA affiliation rules and if the organization falls within the terms of the exemption described in paragraph (b)(10)(i) of this section. If a faith-based organization indicates any relationship that may pertain to affiliation, such as ownership of, ownership by, or common management with any other organization, on or in connection with a loan application, and if the faith-based organization applying for a loan falls within the terms of the exemption described in paragraph (b)(10)(i) of this section with respect to that relationship, the faith-based organization may indicate on a separate sheet that it is entitled to the exemption. That sheet may be identified as addendum A, and no further listing of the other organization or description of the relationship to that organization is required. See appendix A to this part for a sample “Addendum A”, but the format need not be used as long as the substance is the same.

(c) Affiliation based on stock ownership.

(1) A person (including any individual, concern or other entity) that owns, or has the power to control, 50 percent or more of a concern's voting stock, or a block of voting stock which is large compared to other outstanding blocks of voting stock, controls or has the power to control the concern.

(2) If two or more persons (including any individual, concern or other entity) each owns, controls, or has the power to control less than 50 percent of a concern's voting stock, and such minority holdings are equal or approximately equal in size, and the aggregate of these minority holdings is large as compared with any other stock holding, SBA presumes that each such person controls or has the power to control the concern whose size is at issue. This presumption may be rebutted by a showing that such control or power to control does not in fact exist.

(3) If a concern's voting stock is widely held and no single block of stock is large as compared with all other stock holdings, the concern's Board of Directors and CEO or President will be deemed to have the power to control the concern in the absence of evidence to the contrary.

(d) Affiliation arising under stock options, convertible securities, and agreements to merge.

(1) In determining size, SBA considers stock options, convertible securities, and agreements to merge (including agreements in principle) to have a present effect on the power to control a concern. SBA treats such options, convertible securities, and agreements as though the rights granted have been exercised.

(2) Agreements to open or continue negotiations towards the possibility of a merger or a sale of stock at some later date are not considered “agreements in principle” and are thus not given present effect.

(3) Options, convertible securities, and agreements that are subject to conditions precedent which are incapable of fulfillment, speculative, conjectural, or unenforceable under state or Federal law, or where the probability of the transaction (or exercise of the rights) occurring is shown to be extremely remote, are not given present effect.

(4) An individual, concern or other entity that controls one or more other concerns cannot use options, convertible securities, or agreements to appear to terminate such control before actually doing so. SBA will not give present effect to individuals', concerns' or other entities' ability to divest all or part of their ownership interest in order to avoid a finding of affiliation.

(e) Affiliation based on common management. Affiliation arises where one or more officers, directors, managing members, or partners who control the board of directors and/or management of one concern also control the board of directors or management of one or more other concerns.

(f) Affiliation based on identity of interest. Affiliation may arise among two or more persons with an identity of interest. Individuals or firms that have identical or substantially identical business or economic interests (such as family members, individuals or firms with common investments, or firms that are economically dependent through contractual or other relationships) may be treated as one party with such interests aggregated. Where SBA determines that such interests should be aggregated, an individual or firm may rebut that determination with evidence showing that the interests deemed to be one are in fact separate.

(1) Firms owned or controlled by married couples, parties to a civil union, parents, children, and siblings are presumed to be affiliated with each other if they conduct business with each other, such as subcontracts or joint ventures or share or provide loans, resources, equipment, locations or employees with one another. This presumption may be overcome by showing a clear line of fracture between the concerns. Other types of familial relationships are not grounds for affiliation on family relationships.

(2) SBA may presume an identity of interest based upon economic dependence if the concern in question derived 70% or more of its receipts from another concern over the previous three fiscal years.

(i) This presumption may be rebutted by a showing that despite the contractual relations with another concern, the concern at issue is not solely dependent on that other concern, such as where the concern has been in business for a short amount of time and has only been able to secure a limited number of contracts or where the contractual relations do not restrict the concern in question from selling the same type of products or services to another purchaser.

(ii) A business concern owned and controlled by an Indian Tribe, ANC, NHO, CDC, or by a wholly-owned entity of an Indian Tribe, ANC, NHO, or CDC, is not considered to be affiliated with another concern owned by that entity based solely on the contractual relations between the two concerns.

(g) Affiliation based on the newly organized concern rule. Except as provided in § 124.109(c)(4)(iii), affiliation may arise where former or current officers, directors, principal stockholders, managing members, or key employees of one concern organize a new concern in the same or related industry or field of operation, and serve as the new concern's officers, directors, principal stockholders, managing members, or key employees, and the one concern is furnishing or will furnish the new concern with contracts, financial or technical assistance, indemnification on bid or performance bonds, and/or other facilities, whether for a fee or otherwise. A concern may rebut such an affiliation determination by demonstrating a clear line of fracture between the two concerns. A “key employee” is an employee who, because of his/her position in the concern, has a critical influence in or substantive control over the operations or management of the concern.

(h) Affiliation based on joint ventures. A joint venture is an association of individuals and/or concerns with interests in any degree or proportion intending to engage in and carry out business ventures for joint profit over a two year period, for which purpose they combine their efforts, property, money, skill, or knowledge, but not on a continuing or permanent basis for conducting business generally. This means that a specific joint venture entity generally may not be awarded contracts beyond a two-year period, starting from the date of the award of the first contract, without the partners to the joint venture being deemed affiliated for the joint venture. Once a joint venture receives a contract, it may submit additional offers for a period of two years from the date of that first award. An individual joint venture may be awarded one or more contracts after that two-year period as long as it submitted an offer including price prior to the end of that two-year period. SBA will find joint venture partners to be affiliated, and thus will aggregate their receipts and/or employees in determining the size of the joint venture for all small business programs, where the joint venture submits an offer after two years from the date of the first award. The same two (or more) entities may create additional joint ventures, and each new joint venture entity may submit offers for a period of two years from the date of the first contract to the joint venture without the partners to the joint venture being deemed affiliates. At some point, however, such a longstanding inter-relationship or contractual dependence between the same joint venture partners will lead to a finding of general affiliation between and among them. A joint venture: Must be in writing must do business under its own name and be identified as a joint venture in the System for Award Management (SAM) for the award of a prime contract may be in the form of a formal or informal partnership or exist as a separate limited liability company or other separate legal entity and, if it exists as a formal separate legal entity, may not be populated with individuals intended to perform contracts awarded to the joint venture ( i.e., the joint venture may have its own separate employees to perform administrative functions, including one or more Facility Security Officer(s), but may not have its own separate employees to perform contracts awarded to the joint venture). SBA may also determine that the relationship between a prime contractor and its subcontractor is a joint venture pursuant to paragraph (h)(2). For purposes of this paragraph (h), contract refers to prime contracts, novations of prime contracts, and any subcontract in which the joint venture is treated as a similarly situated entity as the term is defined in part 125 of this chapter.

(i) A joint venture of two or more business concerns may submit an offer as a small business for a Federal procurement, subcontract or sale so long as each concern is small under the size standard corresponding to the NAICS code assigned to the contract. For a competitive 8(a) procurement, a joint venture between an 8(a) Participant and one or more other small business concerns (including two firms approved by SBA to be a mentor and protégé under § 125.9 of this chapter) must also meet the requirements of § 124.513(c) and (d) of this chapter as of the date of the final proposal revision for negotiated acquisitions and final bid for sealed bidding in order to be eligible for award.

(ii) Two firms approved by SBA to be a mentor and protégé under § 125.9 of this chapter may joint venture as a small business for any Federal government prime contract or subcontract, provided the protégé qualifies as small for the size standard corresponding to the NAICS code assigned to the procurement, and the joint venture meets the requirements of § 124.513 (c) and (d), § 125.8(b) and (c), § 125.18(b)(2) and (3), § 126.616(c) and (d), or § 127.506(c) and (d) of this chapter, as appropriate. Except for sole source 8(a) awards, the joint venture must meet the requirements of § 124.513(c) and (d), § 125.8(b) and (c), § 125.18(b)(2) and (3), § 126.616(c) and (d), or § 127.506(c) and (d) of this chapter, as appropriate, as of the date of the final proposal revision for negotiated acquisitions and final bid for sealed bidding. For a sole source 8(a) award, the joint venture must demonstrate that it meets the requirements of § 124.513(c) and (d) prior to the award of the contract.

(2) Ostensible subcontractors. A contractor and its ostensible subcontractor are treated as joint venturers for size determination purposes. An ostensible subcontractor is a subcontractor that is not a similarly situated entity, as that term is defined in § 125.1 of this chapter, and performs primary and vital requirements of a contract, or of an order, or is a subcontractor upon which the prime contractor is unusually reliant. All aspects of the relationship between the prime and subcontractor are considered, including, but not limited to, the terms of the proposal (such as contract management, technical responsibilities, and the percentage of subcontracted work), agreements between the prime and subcontractor (such as bonding assistance or the teaming agreement), and whether the subcontractor is the incumbent contractor and is ineligible to submit a proposal because it exceeds the applicable size standard for that solicitation.

(3) Receipts/employees attributable to joint venture partners. For size purposes, a concern must include in its receipts its proportionate share of joint venture receipts, unless the proportionate share already is accounted for in receipts reflecting transactions between the concern and its joint ventures ( e.g., subcontracts from a joint venture entity to joint venture partners). In determining the number of employees, a concern must include in its total number of employees its proportionate share of joint venture employees. For the calculation of receipts, the appropriate proportionate share is the same percentage of receipts or employees as the joint venture partner's percentage share of the work performed by the joint venture. For the calculation of employees, the appropriate share is the same percentage of employees as the joint venture partner's percentage ownership share in the joint venture, after first subtracting any joint venture employee already accounted for in one of the partner's employee count.

(4) Facility security clearances. A joint venture may be awarded a contract requiring a facility security clearance where either the joint venture itself or the individual partner(s) to the joint venture that will perform the necessary security work has (have) a facility security clearance.

(i) Where a facility security clearance is required to perform primary and vital requirements of a contract, the lead small business partner to the joint venture must possess the required facility security clearance.

(ii) Where the security portion of the contract requiring a facility security clearance is ancillary to the principal purpose of the procurement, the partner to the joint venture that will perform that work must possess the required facility security clearance.


National Sorry Day: An important part of healing

National Sorry Day is held on 26 May each year to acknowledge and recognise members of the Stolen Generations. Charles Passi, a Dauareb tribesman from the Mer Island group in the Torres Straits, and Chair of the Aboriginal and Torres Strait Islander Healing Foundation shares his thoughts on the importance of National Sorry Day.

National Sorry Day is important to us as an organisation, but also to us as Australia’s First Peoples because we use it to remember and recognise our Stolen Generations. Most Aboriginal and Torres Strait Islander people I know have been affected either directly or indirectly by this terrible part of our history since European colonisation. With no disrespect intended, I am a strong advocate for turning our hurt from the past into something positive for our community and for our future generations, as a sign of taking our destiny into our own hands. That’s why I was very happy to hear the recommendation from the Bringing Them Home report (tabled in Federal Parliament on 26 May 1997) that a National Sorry Day be celebrated each year. And that’s what we’ve been doing since 1998. I see this as a positive contribution to our healing journey, just as the national Apology was five years ago.

At the Healing Foundation, we are dedicated to supporting the healing of Stolen Generations and Aboriginal and Torres Strait Islander communities around Australia. We see healing as a process of returning to our physical, emotional, spiritual and cultural wellbeing. It’s a journey that can happen over a long time and that’s understandable given the profound and damaging effects that forced removal has had on peoples’ lives. As our brothers and sisters over at Reconciliation Australia know, recognition is a big part of healing.

So that’s why National Sorry Day isn’t just another one of ‘those days’ for me. To celebrate it this year I’m going to take part in the Sorry Day Bridge Walk in Canberra, led by the deadly mob at Winnunga Health Service, on 24 May. I hope all Australians, whether they’ve been here for generations or just a short time, will take a quiet or (loud) moment to recognise our Stolen Generations on 26 May.


Papa John's International, Inc. (PZZA)

The restaurant industry, represented by the Dow Jones U.S. Restaurants & Bars Index, has underperformed the broader market with a total return of 24.8% over the past 12 months, as of June 8, 2021. By comparison, the Russell 1000's total return over the same period is 34.8%. Here are the top 3 restaurant stocks with best value, fastest growth, and most momentum.

Place A Bag On Your Car Mirror When Traveling

Brilliant Car Cleaning Hacks Local Dealers Wish You Didn’t Know

Papa John's (PZZA) Rides On Solid Comps Growth, Debts High

Papa John's (PZZA) focus on digital initiatives and unit expansion bodes well. However, high operating costs and debt levels are a concern.

Dow Jones Slips Meme-Mania Sends WWE Stock Flying As AMC Is Slammed Microsoft Gains

The Dow Jones fell and the Nasdaq slipped. WWE stock flew above a buy point amid meme stock mania, even as AMC stock got pinned. Microsoft stock rose.

Wendy's just became the first fast-food meme stock — but there is a catch

Beloved fast food chain Wendy's gets roped into the meme stock trade.

McDonald's automated drive-thru is just the latest sign of robots taking over fast-food

The robots continue to infiltrate the fast-food industry.

Retorno da mãe e do # x27s - Ela comprou a propriedade do vizinho e do # x27s

After so much drama and many police visits, she got the upper hand. Who would’ve thought that a small piece of paper has such power?

Chipotle's infamous long lines are back: CEO Brian Niccol

Chipotle's restaurants are roaring back to life as people get more mobile after getting their COVID-19 vaccine. Yahoo Finance Live chats with Chipotle chairman and CEO Brian Niccol.

The Pizza Business Is Divided on Delivery

Pizza chains like Domino’s pioneered speedy food delivery, but they are split on working with apps like DoorDash and Uber Eats.

When Should You Buy Papa John's International, Inc. (NASDAQ:PZZA)?

Papa John's International, Inc. ( NASDAQ:PZZA ), might not be a large cap stock, but it saw a double-digit share price.

Why McDonald's minimum wage hike is surprisingly good news for the stock

All aboard McDonald's stock following its surprising minimum wage hike?

Wendy's new breakfast menu fires up same-store sales

Wendy's light its up in the first quarter. Here's why.

Papa John's (PZZA) Banks on Expansion Initiatives, Costs High

Papa John's (PZZA) focus on digital initiatives and product innovations bode well. However, high operating costs are a headwind.

Papa John's to repurchase some of Starboard's stake, which is being converted to common stock

Papa John's International Inc. said Wednesday that Starboard Value L.P.'s investment in preferred shares will converted to common stock, with the pizza seller repurchasing 31% of the preferred shares before the conversion. In 2019, Starboard had invested $250 million in Papa John's Series B convertible preferred stock with a total yield of about 5.4%, which were convertible to common stock at Starboard's option at a conversion price of $50.06. The stock closed Tuesday 93.8% above the conversion price at $97.01. At the time of the investment, Starboard's stake on a as-converted basis represented about 13.2% of the outstanding common stock. With Papa John's repurchase of preferred shares, Starboard's stake will be about 9.5% of the outstanding common stock. After the repurchase and conversion, the number of outstanding shares will increase by 3.5 million shares. The company will record a $110 million charge as a result of the transactions. Papa John's stock, which was still inactive in premarket trading, has lost 11.1% over the past three months, while the S&P 500 has gained 5.5%.

Papa John’s Announces Repurchase and Conversion of All Convertible Preferred Stock Owned by Starboard Value LP

Papa John's enters into an agreement relating to the repurchase and conversion of all convertible preferred stock owned by Starboard Value LP.

Papa John's (PZZA) Surges 7.3%: Is This an Indication of Further Gains?

Papa John's (PZZA) witnessed a jump in share price last session on above-average trading volume. The latest trend in earnings estimate revisions for the stock suggests that there could be more strength down the road.

More Americans Now Double-Stuffed

The popularity of calorie dense takeout foods like pizza, combined with a lack of exercise, has made bulging waistlines a sad reality since the arrival of the pandemic.

Papa John's (PZZA) Q1 Revenues Beat Estimates, Increase Y/Y

Papa John's (PZZA) first-quarter fiscal 2021 top-line reflects solid comparable sales in North America as well as sales from system-wide international restaurants.

Papa John's eats analysts' profit forecasts for lunch thanks to this epic new pizza

It pays to be in the stuffed crust pizza game if you are Papa John's.

Papa John's International Inc (PZZA) Q1 2021 Earnings Call Transcript

PZZA earnings call for the period ending March 28, 2021.

Papa John's (PZZA) Surpasses Q1 Earnings and Revenue Estimates

Papa John's (PZZA) delivered earnings and revenue surprises of 60.71% and 7.61%, respectively, for the quarter ended March 2021. Do the numbers hold clues to what lies ahead for the stock?

Papa John's Earnings Top Expectations, Shares Rise Sharply

Papa John's revenue soared 25% year-over-year as the pandemic has sparked plentiful demand for pizza.

Papa John's Epic Stuffed Crust pizza drives sales growth

Papa John's International Inc. shares rose 4.2% in Thursday premarket trading after the pizza delivery company reported first-quarter earnings and revenue that beat expectations. Net income totaled $27.1 million, or 82 cents per share, up from $8.4 million, or 15 cents per share, last year. Adjusted EPS of 90 cents beat the FactSet consensus for 56 cents. Revenue of $511.7 million was up from $409.9 million last year and ahead of the FactSet consensus for $470.0 million. Comparable sales in North America grew 26.2% and were up 23.2% on an international basis. Papa John's attributed the growth to the new Epic Stuffed Crust pizza in North America and the company's expanding customer base. The FactSet consensus was for domestic comparable sales growth of 14.9% and international growth of 17.4%. Papa John's stock has gained 10.8% for the year to date while the S&P 500 index is up 11% for the period.

Papa John’s Announces First Quarter 2021 Financial Results

Papa John’s International, Inc. (NASDAQ: PZZA) today announced financial results for the first quarter ended March 28, 2021.

Papa John's International, Inc. to Host Earnings Call

NEW YORK, NY / ACCESSWIRE / May 6, 2021 / Papa John's International, Inc. (NASDAQ:PZZA) will be discussing their earnings results in their 2021 First Quarter Earnings call to be held on May 6, 2021 at 8:00 AM Eastern Time.

Papa John's (PZZA) Reports Next Week: Wall Street Expects Earnings Growth

Papa John's (PZZA) possesses the right combination of the two key ingredients for a likely earnings beat in its upcoming report. Get prepared with the key expectations.

Papa John’s Announces Quarterly Dividend

Papa John’s International, Inc. (NASDAQ: PZZA) today announced that the Board of Directors has declared a quarterly dividend of .225 per common share, payable May 21, 2021, to shareholders of record at the close of business on May 11, 2021. At this quarterly dividend rate, the annual dividend is equivalent to .90 per common share.


Fundo

Solidarity is identified in the Millennium Declaration as one of the fundamental values of international relations in the 21st Century, wherein those, who either suffer or benefit least deserve help from those who benefit most. Consequently, in the context of globalization and the challenge of growing inequality, strengthening of international solidarity is indispensable.

Therefore, the UN General Assembly, convinced that the promotion of the culture of solidarity and the spirit of sharing is important for combating poverty, proclaimed 20 of December as International Human Solidarity Day.

Through initiatives such as the establishment of the World Solidarity Fund to eradicate poverty and the proclamation of International Human Solidarity Day, the concept of solidarity was promoted as crucial in the fight against poverty and in the involvement of all relevant stakeholders.

The UN and the Concept of Solidarity

The concept of solidarity has defined the work of the United Nations since the birth of the Organization. The creation of the United Nations drew the peoples and nations of the world together to promote peace, human rights and social and economic development. The Organization was founded on the basic premise of unity and harmony among its members, expressed in the concept of collective security that relies on the solidarity of its members to unite “to maintain international peace and security.”

It is in the spirit of solidarity that the Organization relies on “cooperation in solving international problems of an economic, social, cultural or humanitarian character” as well.

The General Assembly, on 22 December 2005, by resolution 60/209 identified solidarity as one of the fundamental and universal values that should underlie relations between peoples in the twenty-first century, and in that regard decided to proclaim 20 December of each year International Human Solidarity Day.

By resolution 57/265 the General Assembly, on 20 December 2002, established the World Solidarity Fund, which was set up in February 2003 as a trust fund of the United Nations Development Programme. Its objective is to eradicate poverty and promote human and social development in developing countries, in particular among the poorest segments of their populations.


Countries that celebrate Mother’s Day

Most countries around the world celebrate Mother’s Day including most of Europe, Asia, Australia, New Zealand, India, and Japan on the second Monday of May. Many Arab countries like Egypt, Iraq, Saudi Arabia, and more celebrate Mother’s Day on March 21 (spring equinox). Some countries like United Kingdom and Ireland and others celebrate the Day on the fourth Sunday during Lent and call it Mothering Sunday. Many eastern and southern Eurasian countries including Russia celebrate Mother’s Day together with International Women’s Day on March 8th. Mother’s Day celebrations around the world details on Wikipedia.

Mother’s Day celebrated its 100 year anniversary in 2014. In the year 1914, President Woodrow Wilson signed into law Mother’s Day stating that the Day would be celebrated on the second Sunday of May and be a national holiday [1].

The most popular gifts/ideas to give for Mother’s Day in order of popularity are 1) Greeting Cards, 2) Flowers, 3) Special outings, 4) Clothing and accessories, and 5) Jewelry [2]. Many mothers like a phone call or hugs and kisses as well.


All logos are the trademark & property of their owners and not Sports Reference LLC. We present them here for purely educational purposes. Our reasoning for presenting offensive logos.

Logos were compiled by the amazing SportsLogos.net.

Copyright e cópia 2000-2021 Sports Reference LLC. Todos os direitos reservados.

Muito do jogo a jogo, resultados do jogo e informações de transação, tanto mostrados como usados ​​para criar certos conjuntos de dados, foram obtidos gratuitamente e são protegidos por direitos autorais pela RetroSheet.

Cálculos de Win Expectancy, Run Expectancy e Leverage Index fornecidos por Tom Tango de InsideTheBook.com e co-autor de The Book: Playing the Percentages in Baseball.

Classificação da zona total e estrutura inicial para cálculos de vitórias acima da substituição fornecidos por Sean Smith.

Estatísticas históricas da Major League para o ano inteiro fornecidas por Pete Palmer e Gary Gillette da Hidden Game Sports.

Algumas estatísticas defensivas Copyright & copy Baseball Info Solutions, 2010-2021.

Alguns dados do ensino médio são cortesia de David McWater.

Muitos tiros históricos de jogadores, cortesia de David Davis. Muito obrigado a ele. Todas as imagens são propriedade do detentor dos direitos autorais e são exibidas aqui apenas para fins informativos.


Assista o vídeo: História - 24 a 28 de maio de 2021


Comentários:

  1. Seabroc

    Peço desculpas, mas acho que você está errado. Eu posso provar. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  2. Ebenezer

    Eu parabenizo que você foi simplesmente visitado com a ideia brilhante

  3. Lewis

    Há algo nisso. Entendi, muito obrigado pela informação.

  4. Deveral

    Que frase interessante

  5. Nenos

    Eu sou final, sinto muito, gostaria de oferecer outra decisão.

  6. Lionel

    Ele não falou isso.

  7. Sedgewic

    Existe algo semelhante?



Escreve uma mensagem