A Vida e a Morte de Ricardo Coração de Leão (atividade em sala de aula)

A Vida e a Morte de Ricardo Coração de Leão (atividade em sala de aula)


Leonor da Aquitânia sugeriu que Henrique, o Jovem, recebesse a Inglaterra, Anjou ou a Normandia para governar. O rei Henrique II recusou e Eleanor começou a desenvolver planos para derrubar seu marido. Os filhos de Eleanor, Ricardo Coração de Leão e Geoffrey da Bretanha, juntaram-se à rebelião.

Guilherme de Newburgh relatou que "o jovem Henrique, planejando o mal contra seu pai de todos os lados por conselho do rei francês, foi secretamente para a Aquitânia, onde seus dois irmãos mais jovens, Ricardo e Geoffrey, viviam com a mãe e com sua conivência , assim se diz, ele os incitou a se juntar a ele ".

Richard tinha apenas dezesseis anos e foi sua primeira campanha militar. Em julho de 1173, Henry derrotou seus filhos no Castelo Verneuil. Após a rendição, Henry, Richard e Geoffrey tiveram suas mesadas aumentadas. No entanto, todos os três filhos tiveram que prometer nunca "exigir mais nada do Senhor Rei, seu pai, além do acordo acordado ... e não se retiraram nem se retiraram do serviço dele".

Henrique II morreu em 6 de julho de 1189. Ricardo Coração de Leão tornou-se agora rei da Inglaterra. Um de seus primeiros atos como rei foi enviar William Marshal para a Inglaterra com ordens de libertar sua mãe, Eleanor da Aquitânia, da prisão. Ricardo também devolveu a ela o controle das terras e receitas de que desfrutava antes da revolta de 1173. Eleanor respondeu viajando pela Inglaterra, incentivando os barões a apoiarem seu filho e anunciou uma anistia geral dos prisioneiros. Roger de Howden afirma que ela foi de "cidade em cidade e castelo em castelo", realizando "cortes reais", libertando prisioneiros e exigindo juramentos de todos os homens livres para "ser leal a seu filho como seu rei ainda sem coroa".

Em 3 de setembro de 1189, Ricardo foi coroado rei na Abadia de Westminster em 3 de setembro de 1189. Ricardo ficou na Inglaterra apenas o tempo suficiente para fazer os arranjos financeiros necessários para seu envolvimento na Terceira Cruzada. Isso envolveu a venda de algumas de suas terras recentemente adquiridas. Ele até brincou que venderia Londres se pudesse encontrar um comprador.

Ricardo Coração de Leão encontrou-se com seu irmão John antes de deixar a Inglaterra. O rei Ricardo deu a seu irmão o título de Conde de Mortain e o confirmou Senhor da Irlanda. Ele também "concedeu-lhe outros feudos e castelos, e atribuiu a ele todas as receitas reais de seis condados ingleses, Cornwall, Devon, Somerset, Dorset, Derby e Nottingham". No entanto, João ficou desapontado porque o rei não lhe deu nenhum poder real para administrar a Inglaterra enquanto ele estava fora.

Em 15 de setembro de 1189, Ricardo Coração de Leão providenciou para que Hubert Walter fosse eleito bispo de Salisbury. Em troca, Walter deixou claro que estava disposto a servir com Richard na Terra Santa. Ricardo Coração de Leão deixou sua mãe, Eleanor, encarregada do governo. Em 12 de dezembro de 1189, Ricardo navegou de Dover para Calais a caminho da Terra Santa.

Henrique II ainda estava na casa dos trinta e não tinha intenção de permitir que seus filhos governassem sozinhos. Frustrados, Henry, Richard e Geoffrey se rebelaram em 1173. Em maio de 1174, Richard assumiu o comando de sua primeira campanha séria, mas aos dezesseis anos ainda não era páreo para seu pai e logo foi forçado a pedir perdão ... Richard foi, acima de tudo, um grande soldado. Sua própria destreza individual na batalha foi uma inspiração para seus homens.

Embora ele (Ricardo Coração de Leão) sempre tenha sido próximo a ela (Eleanor) e mesmo tendo sido criado em uma corte feminina, onde era respeitado, ele não gostava do sexo feminino. Ele não só era avesso a se casar com Alaïs porque ela fora amante de seu pai, como também se opunha a se casar com qualquer mulher ... Para o bem ou para o mal, ela moldara o Coeur de Lion, cujo nome seria sinônimo de valor oito séculos depois. A única falha em seu planejamento era que seu filho era homossexual.

Ricardo tendia a considerar a Inglaterra principalmente como uma propriedade da qual, por meio de impostos ou outros meios, ele poderia levantar dinheiro para as Cruzadas. Ele o obtinha principalmente em grandes somas fixas das pessoas mais ricas. Por exemplo, ele vendeu o Arcebispado de York por £ 2.000. Ele colocou Ranulf Glanvill na prisão, sem nenhuma razão, exceto que o velho rico - o forte senso de justiça do rei Henrique não descendeu de seus filhos - e isso rendeu um resgate de £ 15.000.

O Rei (Ricardo Coração de Leão) é como um ladrão permanentemente à espreita, sempre sondando, sempre procurando o ponto fraco onde há algo para roubar.

Richard colocou à venda tudo o que tinha - escritórios, senhorios, condados, sheriffdoms, castelos, cidades, terras, tudo.

Richard ... era um homem de grande coragem e espírito. Ele travou grandes batalhas e mostrou uma paixão ardente pela guerra ... Para alcançar seus objetivos, ele às vezes usa palavras suaves, outras vezes atos violentos.

Ele (Richard) olhou para o império Plantageneta que havia herdado e viu fontes de receita onde seu pai não tinha. Henrique geralmente equilibrava os lucros que poderiam ser derivados da venda de cargos e favores reais com a necessidade de oferecer a realeza com base em um governo estável por funcionários reais competentes. Richard nunca foi tão burocrático.

Sua memória sempre mexeu com os corações ingleses e parece apresentar ao longo dos séculos o padrão do guerreiro. Embora um homem de sangue e violência, Richard era impetuoso demais para ser traiçoeiro ou habitualmente cruel. Ele estava tão pronto para perdoar quanto apressado para ofender; ele era generoso e generoso à profusão; na guerra, cauteloso no design e hábil na execução; na política, uma criança, sem sutileza e sem experiência. Suas alianças políticas foram formadas com base em seus gostos e desgostos; seus esquemas políticos não tinham unidade nem clareza de propósito.

Bertram de Gurdun, apontou uma flecha do castelo e atingiu o rei no braço ... Após sua captura, o rei ordenou que todo o povo fosse enforcado ... exceto o homem que o feriu ... Marchades, que, depois de tentar extrair a cabeça de ferro, extraiu apenas a madeira, enquanto o ferro permaneceu na carne; mas depois que esse açougueiro descuidadamente mutilou o braço do rei em todas as partes, ele finalmente extraiu a flecha ... O rei agora sabia que ia morrer ... ele ordenou que Bertram de Gurdun, que o havia ferido, entrasse em sua presença, e disse-lhe: "Que mal eu fiz a você, que você me matou?" Ele respondeu: "Você matou meu pai e meus dois irmãos com suas próprias mãos ... vingue-se de mim que você possa achar adequado, pois eu prontamente suportarei os maiores tormentos que você possa imaginar, desde que você tenha encontrado seu fim, depois de ter infligido males tantos e tão grandes ao mundo. " Com isso, o rei ordenou que ele fosse libertado ... Mercadier, porém, prendeu-o sem que o rei soubesse e, após a morte do rei, mandou-o enforcá-lo.

Richard rondava pelas paredes, mas o castelo resistia ... Richard penduraria tudo, ele jurou - homem, mulher, a própria criança no peito. Em meio a suas ameaças, uma flecha das paredes o atingiu. Ele morreu enquanto vivia ... perdoando com generosidade real o arqueiro que o atirou.

A morte do rei Ricardo em 6 de abril de 1199 foi uma surpresa para todos. Ele tinha apenas 41 anos, havia sobrevivido a incontáveis ​​combates militares, uma cruzada e um ano no cativeiro, e não houve indícios de mortalidade. Sua morte foi causada por gangrena, que envenenou seu sistema poucos dias depois de ele ter sido atingido no ombro por uma seta de besta disparada das ameias do castelo de Chalus-Chabrol no Limousin. O ferido mortal demorou onze dias para morrer, durante os quais ele teve tempo de sobra para cuidar de sua alma e aconselhar sobre o que deveria acontecer com suas terras depois de morto.

Perguntas para alunos

Pergunta 1: Leia a introdução e estude as fontes e depois explique por que Ricardo Coração de Leão se rebelou contra seu pai em 1173?

Pergunta 2: Por que Eleanor da Aquitânia se esforçou tanto para arranjar o casamento de Ricardo Coração de Leão com uma princesa europeia? Por que Richard rejeitou essa ideia?

Pergunta 3: (i) Selecione passagens desta unidade que sugerem que Richard às vezes estava com pouco dinheiro. (ii) Como essas fontes ajudam a explicar por que ele precisava desse dinheiro?

Pergunta 4: Estude as fontes 1, 5, 9 e 12. Essas imagens fornecem uma representação precisa de Ricardo, o Coração de Leão.

Questão 5: A fonte 14 foi escrita 700 anos após o evento que ela descreveu acontecer. Qual fonte desta unidade John Richard Green considerou mais útil quando escreveu História do Povo Inglês (1874)? Como essa fonte pode ter influenciado a interpretação de Green sobre o que aconteceu?

Comentário de resposta

Um comentário sobre essas questões pode ser encontrado aqui.


Ricardo Coração de Leão - O Rei Cruzado

Richard I (mais comumente conhecido como Richard Cœur de Lion ou Ricardo Coração de Leão) foi um rei da Inglaterra que viveu durante o século XII. Ele é sem dúvida mais conhecido pelo papel que desempenhou na Terceira Cruzada. Embora Richard tenha ganhado a reputação de ser um formidável comandante militar e guerreiro (daí seu epíteto, "o Coração de Leão"), pode-se dizer que ele teve menos sucesso como governante.

Na verdade, Ricardo estava tão preocupado com as cruzadas que abandonou suas responsabilidades como rei da Inglaterra. Em sua ausência, a Inglaterra caiu nas mãos de seu irmão, John, que mais tarde se tornou rei. Foi durante o reinado de João que o Império Angevino se desintegrou (daí seu apelido de ‘Lackland’). No entanto, Ricardo contribuiu de certa forma para a sua morte, negligenciando seus deveres como monarca.

Rei Ricardo I, o Coração de Leão. Fonte: Arquivista / Adobe Stock.


Rota de Ricardo Coração de Leão na França

Siga a Rota de Ricardo Coração de Leão na França para uma viagem no tempo e uma lição de história. A trilha leva você por Haute-Vienne e Corrèze (Limousin) até a borda de Dordogne. Cobre quase 200 km e inclui 23 locais abertos ao público. Incluindo possivelmente os únicos intestinos do mundo que são uma atração turística ...

Ricardo Coração de Leão

Ricardo Coração de Leão foi um grande Rei guerreiro, um grande herói e um grande símbolo da brutalidade ocidental e do expansionismo. Mas ele foi antes de tudo um grande francófilo. Em seu reinado de dez anos, Ricardo 1 passou apenas um pouco mais de seis meses na Inglaterra. Filho da Aquitânia, o francês foi sua primeira língua. Ele raramente falava outra coisa.

Richard Plantagenet nasceu em Oxfordshire em 1157. Na idade de doze anos ele jurou homenagem ao Rei da França. Aos quatorze anos foi feito duque da Aquitânia na igreja de St Hillaire em Poitiers. Também houve uma cerimônia em Limoges. Em 1189, com a morte de Henrique 11, ele foi coroado rei da Inglaterra na Abadia de Westminster. Sua estátua ainda está de pé nas Casas do Parlamento. Casou-se com Beregária de Navarra, mas não teve filhos. Conhecida como & # 8220a única rainha inglesa que nunca pôs os pés no país & # 8221, ela está enterrada na Abadia de L & # 8217Epau, Le Mans. Mas ele é mais lembrado por ser “O Rei Ausente”.

Embora famoso por lutar contra os franceses e empreender cruzadas, surpreendentemente, a morte de Ricardo Coração de Leão não teve nada a ver com religião, vingança ou política. E tudo a ver com dinheiro.

Último lugar de descanso de Ricardo, o Coração de Leão

Embora haja alguma dúvida se aconteceu em Chalus ou Montbrun, enquanto arava um campo em Limousin, um camponês desenterrou um tesouro que consiste em estátuas e ouro. O senhor feudal imediatamente reivindicou-o e, sabendo da sorte inesperada, o rei também o fez. Quando o senhor se recusou a entregar o tesouro, Ricardo sitiou seu castelo em Chalus.

Em 26 de março de 1199, enquanto circundava a torre de menagem e zombava de seus ocupantes, o rei foi atingido no ombro por um dardo ou flecha de um arqueiro. Pierre Basile é considerado o arqueiro. Diz-se que ele se defendeu com uma frigideira. Recusando o tratamento, o rei morreu de gangrena onze dias depois, aos 42 anos. Ele foi enterrado aos pés de seu pai, conforme havia solicitado, na Abadia de Fontevraud, no Vale do Loire. Seu coração acabou na Catedral de Rouen.

Por alguma razão, suas entranhas foram deixadas na igreja românica de Chalus e são talvez as únicas entranhas do mundo que se tornaram uma atração turística.

“Chalus guarda as entranhas de seu duque. Seu corpo Fontevraud em mármore consagra. Os normandos ostentam o coração invencível do rei. Três países, portanto, compartilham as cinzas gloriosas do Rei, grandes demais para descansar em um só. ” Diz o ditado.

Rota de Ricardo, o Coração de Leão, pela França

Você não pode ver as entranhas, mas pode visitar o castelo em Chalus-Chabrol. É o ponto final e o principal destaque da "Rota Ricardo, o Coração de Leão" do departamento de Limousin. A trilha oficial demarcada em torno do campo nos arredores de Limoges.

A rota inclui fortalezas e cenários onde Richard lutou para proteger a terra natal de sua mãe, Aquitânia. A trilha começa logo depois da fronteira do Haute-Vienne no castelo de Rochebrune. Foi nomeado após a pedra sagrada druídica próxima e foi a residência dos príncipes de Chabanais. Um deles, Jourdain V, cruzou com Richard.

Leonor da Aquitânia

Os condes de Poitiers governavam o Ducado da Aquitânia, que na época incluía a região de Limousin, no sudoeste da França central. Quando a linhagem masculina morreu em 1137, Eleanor foi deixada como única herdeira. Seu primeiro marido, Luís, herdeiro do trono francês, a repudiou. Ela então se casou com o futuro rei inglês Henrique II, cujos modos autoritários não foram bem aceitos. Portanto, na época em que seu filho Ricardo herdou o Ducado em 1169, ele não era um grande favorito dos senhores regionais. Eles ficaram felizes em vê-lo pelas costas quando ele assumiu a responsabilidade de defender a fé e tentar retomar Jerusalém.

Castelos e belas aldeias

Em sua ausência, eles fortificaram seus castelos contra seu retorno. A rota abrange todas as grandes fortificações na fronteira sudoeste do viscondado de Limoges. Começa no D7 em Arnac-Pompadour. O forte original foi queimado por Richard. O castelo, tal como está hoje, foi um presente de Luís XV à sua amante. Ela nunca se preocupou em ficar lá. Agora é uma famosa coudelaria e tem uma pista de corridas nas proximidades.

Segur-le-Chateau

Segur-Le-Chateau, um vilarejo de casas medievais de madeira às margens do rio Auvezere, é a próxima parada e é oficialmente um dos vilarejos mais bonitos da França. Ele se juntou aos mapas de beleza da área por Curemonte, Collonges-la-Rouge com suas casas de arenito vermelho e Treignac, uma cidade murada protegida pelo castelo de Comborn com vista para o rio Vezere ao norte das montanhas de Monedieres.

Mais adiante, na D18, está Coussac-Bonneval, cujo proprietário, o conde Guillame, trouxe dois leões para o bispo de Limoges das cruzadas. No século XVIII, o marquês começou a criar o agora famoso caldo de carne de Limousin. Saint Yrieix La Perche também está na Rota de Santiago de Compostela.

Jumilhac le Grand

Viajando por campos cheios de cerejas, você chega ao Jumilhac Le Grand com torres que, na verdade, fica logo depois da fronteira com a Dordonha. Ricardo cobiçava esta fortaleza onde moedas eram cunhadas desde a dinastia merovíngia. Uma igreja fortificada foi adicionada ao mosteiro Le Chalard para repelir Richard. Ele contém o cemitério de quarenta monges medievais em pedra esculpida. Nexon, no D11, é agora outra coudelaria. A outrora poderosa família Lastours criou cavalos para a família real e trouxe cavalos árabes das Cruzadas. O castelo tem um extenso parque paisagístico "a l'anglaise". A família Jumilhac (que o possuía no século XVI) recuperou o castelo em 1929 e desde então tem vindo a restaurá-lo com simpatia.

Castelos e bosques de castanheiros

Chalus-Maulmont, construído por Geraud de Maulmont nas margens do Tardoire, é mais imponente. Na época, representava um estado de invencibilidade de última geração, com sua torre de menagem quadrada apoiada em duas torres redondas. Erguendo-se de seu fosso, o castelo de Montbrun do século 12 foi construído por Aymeric Brun em seu retorno das Cruzadas para substituir o antigo motte e pátio carolíngio ainda visível no parque.

A rota segue seu caminho através do coração das florestas de castanheiros do Parque Natural Regional Feuillardiers, no oeste de Limousin. Enquanto estiver lá, não perca a pitoresca mansão fortificada de Brie, construída em 1484. O interior tem alguns móveis elegantes Luís XV e uma escada em espiral de granito.

Passe por Les Salles Lavauguyon, famosa por suas fontes termais. Ele realmente não tem nenhuma conexão com Ricardo, o Coração de Leão, ao contrário do último castelo da rota. Rochechouart, construída em um local militar e religioso galo-romano, era a casa de um dos poucos aliados de Ricardo nesta região tensa.

A Rota Ricardo, o Coração de Leão

Siga as placas de Richard Coeur de Lion e viaje até o centro de Limousin. Descubra a região rural tipicamente francesa que levou o escritor de viagens inglês Arthur Young a escrever em 1787 “Prefiro Limousin mais do que qualquer outra província da França ... a beleza de Limousin não depende de nenhum aspecto particular, mas da combinação de muitos. Colinas, florestas, sebes, rios, lagos, fazendas dispersas formam mil deliciosas paisagens que embelezam o campo. ”

Saiba mais sobre a rota de Ricardo Coração de Leão aqui: www.routerichardcoeurdelion.com

Por Kevin Pilley, um escritor freelance para várias publicações, incluindo The Telegraph, USA Today, Irish Times e muitos, muitos mais.


Richard the Lionheart - Apresentação PPT do PowerPoint

PowerShow.com é um site líder de compartilhamento de apresentações / slides. Quer seu aplicativo seja comercial, como fazer, educação, medicina, escola, igreja, vendas, marketing, treinamento online ou apenas para diversão, o PowerShow.com é um ótimo recurso. E, o melhor de tudo, muitos de seus recursos interessantes são gratuitos e fáceis de usar.

Você pode usar o PowerShow.com para localizar e baixar exemplos de apresentações de PowerPoint online sobre praticamente qualquer tópico que você possa imaginar, para que possa aprender como melhorar seus próprios slides e apresentações gratuitamente. Ou use-o para encontrar e baixar apresentações de PowerPoint ppt de instruções de alta qualidade com slides ilustrados ou animados que irão ensiná-lo a fazer algo novo, também gratuitamente. Ou use-o para carregar seus próprios slides do PowerPoint para que você possa compartilhá-los com seus professores, turmas, alunos, chefes, funcionários, clientes, investidores em potencial ou o mundo. Ou use-o para criar apresentações de slides de fotos muito legais - com transições 2D e 3D, animação e sua escolha de música - que você pode compartilhar com seus amigos do Facebook ou círculos do Google+. Isso tudo é grátis também!

Por uma pequena taxa, você pode obter a melhor privacidade online do setor ou promover publicamente suas apresentações e apresentações de slides com as melhores classificações. Mas, fora isso, é grátis. Nós até converteremos suas apresentações e apresentações de slides no formato Flash universal com toda sua glória multimídia original, incluindo animação, efeitos de transição 2D e 3D, música ou outro áudio embutido, ou até mesmo vídeo embutido em slides. Tudo de graça. A maioria das apresentações e slideshows no PowerShow.com é gratuita para visualização, muitos até são gratuitos para download. (Você pode escolher se deseja permitir que as pessoas baixem suas apresentações originais do PowerPoint e slideshows de fotos mediante o pagamento de uma taxa ou de graça ou não.) Visite PowerShow.com hoje - GRATUITAMENTE. Existe realmente algo para todos!

apresentações gratuitas. Ou use-o para encontrar e baixar apresentações de PowerPoint ppt de instruções de alta qualidade com slides ilustrados ou animados que irão ensiná-lo a fazer algo novo, também gratuitamente. Ou use-o para carregar seus próprios slides do PowerPoint para que você possa compartilhá-los com seus professores, turmas, alunos, chefes, funcionários, clientes, investidores em potencial ou o mundo. Ou use-o para criar apresentações de slides de fotos muito legais - com transições 2D e 3D, animação e sua escolha de música - que você pode compartilhar com seus amigos do Facebook ou círculos do Google+. Isso tudo é grátis também!


Richard & # 8220O Coração de Leão & # 8221 Morte | Obituário e # 8211 mortos | Richard & # 8220The Lionheart & # 8221 Cause of Death

Morte de Richard “The Lionheart” | Obituário | Richard “O Coração de Leão” Morto | Morreu | Faleceu | Planos de funeral - Estamos imensamente tristes em saber que o supracitado faleceu. Isso foi divulgado por meio de vários anúncios que vimos nas redes sociais em 10 de maio de 2021.

Lamentamos com a família de Richard “The Lionheart” esta grande perda. Por favor, receba nossas mais sinceras condolências.

Para cada início de uma jornada, deve haver um fim. A jornada do falecido infelizmente chegou ao fim na terra.

Homenagens

Amigos, família e entes queridos estão extremamente tristes e tristes, quando a notícia da morte de Richard “The Lionheart” foi divulgada ao público.

Causa da morte

A causa da morte de Richard “The Lionheart” nunca foi tornada pública. Com certeza iremos atualizar esta notícia assim que pudermos obter mais informações a respeito.

Obituário | Arranjo Funeral | Página GoFundMe

A família ainda não divulgou o obituário e os preparativos para o funeral. Também não sabemos se algum GoFundMe foi criado pela família ou amigos do falecido no momento desta publicação.

Esta postagem será atualizada com mais informações à medida que forem disponibilizadas e públicas.

É com uma tristeza incrível e um coração pesado que anunciamos que nosso amigo e colega faleceu. Comemore a vida do falecido, deixe uma palavra gentil. Amigos, família e entes queridos derramaram seu pesar e condolências em homenagem ao falecimento do falecido.


Autores de ficção histórica inglesa


Nancy Bilyeau é autora de uma trilogia de suspense histórico. O primeiro da série, A coroa, examina o mistério do que matou Richard I. The Crime Writers 'Association colocou o romance na lista de finalistas para o prêmio Ellis Peters Historical Dagger de 2012. O terceiro da série, A tapeçaria já está à venda. Para saber mais, acesse www.nancybilyeau.com

10 comentários:

Postagem fascinante e uma das razões pelas quais amo tanto a história. Por favor, escreva uma postagem de acompanhamento quando os resultados da análise do coração de Richard forem conhecidos.
Grace x

Ótimo blog, esse. Há muito tempo estou intrigado com os eventos do século 11, não apenas no Reino Unido, mas em todo o mundo. Indiscutivelmente, este século oferece inúmeras histórias de orgulho e guerra.

Postagem maravilhosa. Passei muitas horas lendo sobre Richard e a Terceira Cruzada, menos em seus anos após sua libertação do cativeiro. É um período de tempo que espero explorar mais profundamente no futuro. Mal posso esperar para ouvir o acompanhamento do exame de sangue.

Nunca tive muito tempo para Ricardo I, por que ele foi glorificado está além da minha compreensão, mas então estou convencido de que Ricardo III é o rei mais caluniado da Inglaterra.
Na verdade, a Inglaterra estava melhor com John, se consolidou e se tornou muito mais forte a partir de seu tempo, bem, essa é minha humilde opinião.
Muito bem na postagem, trabalho de primeira classe, obrigado.


Ricardo Coração de Leão na França

Richard eu conhecido como Ricardo Coração de Leão ou Richard Coeur de Lion nasceu em Oxford, Inglaterra, em 8 de setembro de 1157. Era o terceiro filho do rei Henrique II e da duquesa Leonor da Aquitânia e passou a infância aprendendo a se tornar um líder militar. Ele sucedeu seu pai em 1189, tornando-se rei da Inglaterra, mas até sua morte, bem perto de nós, em ChalusLimousine, ele deveria passar apenas seis meses na Inglaterra. Então, quem exatamente era ele?

A história a seguir se parece um pouco com as novelas de hoje e daria uma excelente série de TV, vê o que você acha?

O pai de Richard era bisneto de Guilherme, o conquistador, então talvez algo já estivesse em seu sangue quando ele cresceu falando francês e o dialeto occitano (ainda falado em partes da França hoje, incluindo Mialet). Uma narrativa em prosa latina da época o descrevia como alto e elegante, com cabelo ruivo dourado e braços longos que combinavam com uma espada. Ele foi retratado como corajoso e generoso, mas também sujeito à crueldade, ganância e luxúria e especulou-se que ele pode ter sido bissexual!

Henrique II planejou dividir seus territórios e os de Eleanor entre seus três filhos mais velhos, Henrique se tornaria rei da Inglaterra e controlaria Anjou, Maine e Normandia, Ricardo herdaria Aquitânia e Poitiers de sua mãe e Geoffrey se tornaria duque da Bretanha por meio do casamento.

RICHARDS PRIMEIROS ANOS NA FRANÇA

Ricardo, aos 9 anos, seria prometido a Alaïs, filha do rei da França, Filipe V11. Ela foi enviada para a corte inglesa, mas em vez do casamento pretendido, ela se tornou amante de Henrique e foi mantida em cativeiro por mais de 25 anos.

Em 1171, aos 14 anos, Ricardo e sua mãe fizeram uma excursão pela Aquitânia para pacificar os habitantes locais e, juntos, lançaram a pedra fundamental do mosteiro de Santo Agostinho em Limoges. Em junho de 1172, Ricardo foi formalmente reconhecido como o duque da Aquitânia em uma cerimônia em Limoges e Poitiers.

Infelizmente para Henrique II, os três filhos se rebelaram e buscaram proteção e aliança com o rei francês Lois VII. Então, com a idade de 16 anos, Richard se viu em Saintes (na região marítima de Charentes) sob o comando de seu próprio exército contra seu pai.

Henrique II, no entanto, tinha um grande exército e conseguiu capturar Eleanor, as esposas de seu filho e noivas enquanto tomava a cidade de Saintes, deixando Richard fugir pelo resto da guerra, cerca de 15 km ao norte do Chateau de Taillebourg.

Em 8 de setembro de 1174, Henrique II e Luís VII fizeram uma trégua e todos os três filhos comeram uma torta humilde e, em troca, receberam territórios muito menores do que o prometido originalmente. Eleanor permaneceria em cativeiro como garantia contra quaisquer novas rebeliões de Richard até a morte de Henry.

RICHARD THE LIONHEART

No início de 1175, Ricardo estava a caminho da Aquitânia para punir os barões que se rebelaram contra seu pai, significando que seus castelos deveriam ser devolvidos ao estado ou arrasados. Muitos dos castelos foram construídos em pedra e não foi uma tarefa fácil e foi neste ponto que Richard levou dois meses para derrubar Castillion-sur-Agen que ele se tornou conhecido como o Coração de Leão.

Uma grande revolta irrompeu e os nobres locais pediram a ajuda dos dois irmãos de Ricardo para derrubá-lo. No entanto, devido às grandes habilidades militares de Richards, ele ganhou o dia e fez muitos barões repensarem sua aliança. Em 1181-82, a população local se revoltou contra a sucessão de Ricardo no condado de Angouleme. Seus oponentes recorreram a Filipe II da França em busca de ajuda e o conflito se espalhou por Limousin e Dordonha. No entanto, foi na verdade apoiado por seu pai que o ajudou a ter sucesso contra seus colegas franceses, o visconde Aimar de Limoges e o conde Elie de Périgord.

PELO MENOS REI DA INGLATERRA

Em 1183, Ricardo se recusou a homenagear seu pai e seus dois irmãos decidiram confrontá-lo ao lado de barões franceses dissidentes. Novamente Richard foi o oponente mais forte e durante este período seu irmão, Henry morreu, deixando Richard como herdeiro de seu pai. Seu pai insistiu que ele desistisse da Aquitânia, pois queria dá-la como herança ao irmão mais novo de Richard, John. Claro que Richard recusou e as batalhas familiares continuaram. Henrique II deu permissão a João para invadir a Aquitânia, mas, enquanto isso, Ricardo fez uma aliança com Filipe II, que por acaso também era filho do ex-marido de Eleanor, Luís VII!

Henrique II jogou sua última carta e tirou Eleanor da prisão e a mandou de volta à França para exigir que Ricardo devolvesse a ela as terras que ela outrora possuíra. Em 1189, Ricardo e Filipe planejaram destronar Henrique e derrotaram seu exército em Ballans. Henrique morreu 2 dias depois (4 de julho), mas não antes de concordar com João que Ricardo deveria sucedê-lo como rei da Inglaterra, duque da Normandia e conde de Anjou. Em 29 de julho de 1189, Ricardo foi investido na Abadia de Westminster como Ricardo 1, após o que ele e Filipe decidiram ir para a Terceira Cruzada e acabar com o líder muçulmano, Saladino.

Ele invadiu o tesouro de seu pai e depois de reposicionar seu exército para proteger seus interesses franceses, ele partiu em setembro de 1190 para a cruzada, deixando para trás seu irritado e intrigante irmão John.

No caminho, Ricardo e Filipe chegaram à Sicília, onde o rei Guilherme II acabara de morrer. Seu primo Tancredo havia tomado o poder e jogado a viúva Rainha Joana de Williams na prisão sem sua herança. Apenas um pequeno problema, Joan era irmã de Richard! Obviamente, Richard exigiu sua libertação, que ela foi no final de setembro, mas sem nenhum dinheiro, então Richard tomou Messina à força. Depois de muitos saques, Ricardo, Filipe e Tancredo assinaram um tratado em março seguinte, supostamente dando à irmã sua parte legítima (que Tancredo nunca deu a ela) e que o sobrinho de Richards e filho de Geoffrey se casaria com a filha de Tancredo.

CHIPRE VENDIDO A UM TEMPLAR DOS CAVALEIROS

Em abril de 1181, Ricardo foi rumo ao Acre, em Israel, quando seus navios foram desviados do curso por uma tempestade e o navio com sua irmã Joana e seu novo noivado, Belengaria foi feito prisioneiro pelo então governante de Chipre, Issac Comneno. Issac não era tolo e se recusou a dar sua nova e valiosa recompensa, então Ricardo se juntou a vários príncipes da Terra Santa que toma Limassol. Issac no último minuto oferece a sua filha para manter a paz, mas muda de ideia. Enquanto isso, em junho, Richard conquistou a ilha inteira e no final a vendeu para um Mestre dos Cavaleiros Templer, Richard de Sable.

CASADO ENFIM

Depois de ganhar alguns trocados, Ricardo finalmente parte para o Acre, embora não antes de se casar com Berengária, filha do rei Sancho VI de Navarra. A mãe de Richard ficou satisfeita com a união, já que Navarra fazia fronteira com a Aquitânia e, assim, protegia suas fronteiras ao sul. Após o casamento, Berengaria acompanhou o marido na cruzada, mas, eventualmente, eles voltaram separadamente e seu casamento não teve filhos.

RICHARD CHAMA UMA VERDADE COM SALADIN

Ricardo finalmente chegou ao Acre, em 5 de junho de 1891, e apesar de um sério ataque de escorbuto, ele ainda conseguiu acertar os guardas com sua besta de sua maca! Ele prendeu 2.700 homens de Saladino, que acabou por executar. Saladin foi lentamente derrotado e Richard tentou negociar com ele, mas sem sucesso. Portanto, o exército dos cruzados avançou para tomar Jerusalém. Enquanto todas as escaramuças entre os dois estavam acontecendo, o irmão de Richards e Philip estavam conspirando contra ele, então ele chamou o tempo e tanto ele quanto Saladin chegaram a um acordo em 2 de setembro de 1192. Richard ainda sofrendo de escorbuto partiu para a Inglaterra, mas mau tempo dirigiu seu navio em Corfu. O governante era o imperador bizantino Issac II, que não estava muito feliz com as travessuras de Ricardo em Chipre. Disfarçado de Cavaleiro Templer, Ricardo partiu apenas para naufragar e foi capturado no Natal de 1192 por um inimigo seu, o Leopardo da Áustria. Infelizmente, era contra a lei pública aprisionar um Cruzado e Leopardo foi excomungado pelo Papa.

INGLATERRA REI CAPTURADO POR ROMA

Em 28 de março de 1193, Ricardo foi entregue como prisioneiro ao Sacro Imperador Romano, Henrique VI. Eleanor levantou um resgate para libertar seu filho favorito, mas não antes de John e Philip oferecerem dinheiro a Henry para ficar com Richard. Unfortunately for them, Richard was released and Philip was reported to have sent this message to John “Look to yourself, the devil is loose”.

THE FINEST CASTLE IN EUROPE

Amazingly enough, Richard met and forgave John then named him as his heir before going back to France to retake Normandy. He looked for a good site to fortify and spent 2 years, a fortune and a lot of blood to construct Chateau Galliard. Today it’s in ruins perched on a hill overlooking the river Seine. It was ahead of its time with innovations and was described as the finest castle in Europe. With this under his belt, he then spent his time raging against King Philip and roped in his old counterparts including his father in law, Sancho VI of Navarre. He won a number of battles against Philip who eventually fled leaving his financial audits and documents to be captured by Richard. In 1198, at the Battle to Gisors Richard took as his motto, Dieu et Mon Droit (God and my right) still used by the British Monarchy today.

RICHARD THE LIONHEART SHOT AT CHALUS

In March 1199 Richard was in the Limousin suppressing a revolt by Viscount Aimer V of Limoges and ended up besieging an unarmed castle called Chalus-Chabrol. On the evening of 25 th March, he was walking around the inside walls wearing his chainmail, ducking the odd missile from outside. One defender amused the king greatly as he had in one hand a crossbow and in the other a frying pan to deflect missiles. He aimed at the King but meanwhile another crossbowman aimed and shot a bolt that hit the kings left shoulder near his neck. In the privacy of his tent, his surgeon tried to pull out the bolt mangling the king’s arm as he went. The wound became gangrenous and the king called for the crossbowman to be brought before him. He was a mere boy but claimed that Ricard had killed his father and two brothers and this was his revenge. He forgave the boy and on the 16 th April 1199, Richard died in his mother’s arms.

THE END OF BRITISH RULE IN FRANCE!

His heart was buried in Rouen, his entrails in Chalus and his body at the foot of his father in Fontevraud Abbey in Anjou. As he had no legal heirs his throne went to his brother John and hence the start of the fall of the English rule in France.

WHAT IS LEFT TO SEE TODAY?

The castle of Chalus Chabrol still stands today just over the borders of North Dordogne in the Haute Vienne region. Sadly in 2019, it is up for sale and can't be visited. It was rumoured that once shot, Richard was taken to the nearby Chateau Montbrun when he died, which is also up for sale.

TE Lawrence in France

Back in Chalus, you can visit Le Sax'o restaurant which was once known as the Grand Hotel du Midi and sit and contemplate life as TE Lawrence (Lawrence of Arabia). As a young man at university, he came to this part of France by bike and stayed in this hotel on 16th August 1908 to celebrate his 20th birthday whilst visiting local castles as research for his thesis The Influence of the crusades on the European military architecture at the end of the XII century .

So, for those that yearn to learn more about this period then why not follow the tourist route of Richard the Lionheart which includes other castles in the area in existence in Richards day!


King Richard I – The Lionheart

While Richard Plantagenet is revered as one of the great warrior kings of England, he is perhaps best known as “the absent king.” This is due to the fact that during his reign from 1189-1199, he spent a total of six months in England. This aside Richard I was well known for his bravery which earned him the nickname “The Lionheart”. A name that has reached epic and mythological proportions, best seen in literary works such as Robin Hood and Sir Walter Scott’s novel Ivanhoe.

Richard Plantagenet came into the world September 8th in the year 1157 AD Although born in Oxfordshire England, Richard was a child of Aquitaine a part of Southern France. His native language was not English and throughout his life he spoke little of it.

He had four brothers and three sisters, the first of which died at a young age. Of the remainder Henry was named heir to the English throne, Richard was to succeed his mother’s Aquitaine and Geoffrey was to inherit Brittany. John was the poorest to fair out receiving nothing from his father. It is this action that gave him the name John Lackland.

At a young age of twelve, Richard pledged homage to the king of France for lands of his. At the age of fourteen, Richard was named the Duke of Aquitane in the church of St. Hillaire at Poitiers which was one of the lands made homage to the French King. Henry’s sons, who had been given lands but no real power revolted against their King father aided by their mother. In retaliation King Henry had Eleanor jailed. She remained there for many years.

Off To The Crusades

In 1183 the younger Henry died leaving Richard as the heir to the English throne. Another family dispute occurred when Richard received the lands of his brother. Henry was expected to give his Aquitaine to his brother John. Richard refused to give up the homeland of his mother. While this dispute over family land raged on, Richard learned of the tragic loss at Hattin, where the Crusaders had lost Jerusalem to the Saracen leader Saladin. Richard soon took up the cross of the crusades, much against his father’s approval.

In 1189, upon the death of Henry II, Richard was crowned king of England in Westminster Abbey London. One of his first actions was to free his mother from prison. His second was to begin to raise funds for his crusade known to history as the Third Crusade. He imposed a tax on the English people called a Saladin tithe as a means of aiding his war effort.

A King Imprisoned

After the Third Crusade, Richard began his homeward journey to England. Put ashore by bad weather he found himself in Austria home of Leopold, whom Richard had angered by actions during the crusade. Leopold captured King Richard and imprisoned him in his castle. Eager for a piece of the action the Emperor of Germany offered Leopold 75,000 marks for Richard taking him into custody in Germany.

Rumors ran rampant throughout England over the missing king. There is a legend that the troubadour Blondel heard his king singing in a castle and responded with a song that the both of them were sure to know. Whether true or not the fact remains that two Abbots were soon dispatched to journey for him through the network of the church. Even Eleanor, Richard’s mother wrote to the Pope for assistance in the matter. Richard was found and soon a ransom was set for his return to England. The sum was 150,000 marks an amount equal to three years of annual income and weighing at three tons in silver.

Return Of The King

Richard returned to England receiving a hero’s welcome. He forgave his brother John, by saying he was manipulated by cunning people and vowed to punish them and not his brother. Unfortunately for the King he returned to a land in financial troubles. The cost of the Crusade and his large ransom had tapped out the finances of the land. This monetary trouble was to plague him for his remaining five-year reign. He created a new great seal as a means to raise funds and made void all documents signed with the old.

Death Of A King

For such a brave and noble man, King Richard’s death came about in a rather strange way. In Chalus, Aquitaine, a peasant plowing his fields came upon a treasure. This treasure consisted of some gold statues and coins. The feudal lord claimed the treasure from his vassal, Richard in turn claimed the treasure from the lord, who refused. This prompted Richard to siege the village.

During the siege Richard was riding close to the castle without the protection of full armor. He spotted an archer with bow in hand on the wall aiming a shot at him. It is said Richard paused to applaud the Bowman. He was struck in the shoulder with the arrow and refused treatment for his wound. Infection set in and Richard the Lionheart died on April the 6th 1199. He was buried in the Fontvraud Abbey in Anjou France.


Timeline of King Richard the Lionheart

Timeline of Key Dates: Timeline of King Richard the Lionheart Key events

r.1189 - 1199: Reigned as King of England: 1189 1199

1157: King Richard the Lionheart was born on September 8, 1157 at Beaumont Palace, Oxford, England. He was the son of King Henry II and Eleanor of Aquitaine. He had three brothers - Henry the Young King (1155 1183), Geoffrey, Duke of Brittany (1158 1186) and John (1167 1216)
And three sisters Matilda, Duchess of Saxony (1156 1189), Leonora of England (1161 1214) and Joan Plantagenet (1165 1199)

1168: Richard was invested with the duchy of Aquitaine

1179: Richard argued with his brothers and joined his father King Henry II to subdue Henry the Young King, Geoffrey and the barons

1183: June: Henry the Young King died of dysentery and Richard became heir to the throne of England

1186: July: Geoffrey, son of Henry II dies in a tournament

1187: The capture of Jerusalem by Saladin, the sultan of Egypt

1187: November: Richard takes the Cross as did King Philip Augustus of France and the German emperor, Frederick Barbarossa

1189: King Henry II dies on 6 July 1189 at the Chateau Chinon. King Henry II was buried Fontevraud Abbey. Richard visits the tomb

1189: Queen Eleanor was freed from prison and was to reign until Richard arrived from France

1189: 3rd of September: Richard was crowned in Westminster Abbey

1189: 11th of December Richard began planning his Crusade by selling mansions and castles - he reputedly said "If I could have found a buyer I would have sold London itself."

1190: Richard's brother John, furious at his brother's choice of regents starts to plot against Richard

1191: May 6: Richard sails to Cyprus

1191: May 12: Married Queen Berengaria of Navarre (1170 1230) first-born daughter of King Sancho VI of Navarre at Limassol. They had no children

1191: June 1: Richard gains control of Cypress

1191: Jun 6 Richard arrived at Tyre and attacked Acre

1191: July 11: Richard gains control of Tyre

1191: July: Richard recovers the city of Acre from the Saracens

1191 - 1192: King Richard remained for longer in the Holy Land than the other leaders. His campaigns against Saladin during this time gained for him the title of "Lion-hearted". But could not capture Jerusalem

1192: September 2: King Richard and Saladin finally concluded a truce by the terms of which Christians were permitted to visit Jerusalem without paying tribute, that they should have free access to the holy places

1192: King Richard on his return from the Holy Land was shipwrecked off the coast of the Adriatic

1192: December - The Ransom of King Richard: Travelling through Austria in disguise, he was captured by the duke of Austria, whom he had offended at the siege of Acre. The king regained his liberty only by paying a ransom equivalent to more than twice the annual revenues of England.

1199: Date when King Richard the Lionheart died: April 6, 1199 at Chalus, in Limousin and was buried at Fontevraud Abbey

Timeline of King Richard the Lionheart
Each section of this Middle Ages website addresses all topics and provides interesting facts and information about these great people and events in bygone Medieval times including the Timeline of King Richard the Lionheart. O mapa do site fornece detalhes completos de todas as informações e fatos fornecidos sobre o assunto fascinante da Idade Média!

Timeline of King Richard the Lionheart

  • Idade Média era, período, vida, idade e tempos
  • Interesting Facts and information about Timeline of King Richard the Lionheart in the Middle Ages
  • Timeline of King Richard the Lionheart
  • Major events in the history via the Timeline of King Richard the Lionheart
  • Key dates and events in this time line

The holy land

Acre fell in July 1191, and on September 7 Richard’s brilliant victory at Arsūf put the Crusaders in possession of Joppa. Twice Richard led his forces to within a few miles of Jerusalem. But the recapture of the city, which constituted the chief aim of the Third Crusade, eluded him. There were fierce quarrels among the French, German, and English contingents. Richard insulted Leopold V, duke of Austria, by tearing down his banner and quarreled with Philip II, who returned to France after the fall of Acre. Richard’s candidate for the crown of Jerusalem was his vassal Guy de Lusignan, whom he supported against the German candidate, Conrad of Montferrat. It was rumoured, unjustly, that Richard connived at Conrad’s murder. After a year’s unproductive skirmishing, Richard (September 1192) made a truce for three years with Saladin that permitted the Crusaders to hold Acre and a thin coastal strip and gave Christian pilgrims free access to the holy places.


Assista o vídeo: Ricardo Coração De Leão - BOARDGAME::: EP1 PODCAST