26 de março de 2010 Um estado de coisas deprimente - História

26 de março de 2010 Um estado de coisas deprimente - História


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Uma Análise Diária
Por Marc Schulman

26 de março de 2010 Um estado de coisas deprimente

Ok, vou ser franco. Enquanto escrevo isso, fico deprimido com a situação. A ideologia conseguiu obter o melhor do pragmatismo, e agora Israel está na mira de um presidente que pensa que pode realizar qualquer coisa. Essa foi a sensação que o presidente Obama projetou quando assumiu o cargo. Embora por um tempo as dificuldades que ele estava enfrentando com o debate sobre o sistema de saúde parecessem diminuir a onipotência de Obama, sua vitória no sistema de saúde e seu acordo hoje com a Rússia sobre o controle de armas certamente restaura esse sentido. Claro que, neste caso, o presidente está muito enganado, mas não é o que é relevante no momento.

No momento, o que é relevante é o fato de que, até que descubra o contrário, ele vê Israel, e especificamente o primeiro-ministro Netanyahu, como um obstáculo para se chegar a um acordo de paz. Não está claro se a questão é realmente "construir em Jerusalém" ou uma posição ainda mais problemática para Netanyahu, a questão das conversas substantivas. Há uma certa sensação de que o que o governo Obama realmente deseja é que Israel concorde com antecedência com alguma versão da proposta de paz que Olmert ofereceu aos palestinos antes de deixar o cargo, uma proposta que os palestinos não aceitaram - que, segundo todos os relatos, foi o oferta mais generosa que um primeiro-ministro israelense já fez aos palestinos.

Netanyahu, tanto por suas próprias crenças, como certamente pelas crenças de seus companheiros do partido Likud e parceiros da coalizão, achará quase impossível concordar com o pedido do governo dos Estados Unidos. No entanto, é claro para todos que sem retornar a essa posição não há chance de um acordo. Veja bem, não acredito que possamos chegar a um acordo, mesmo se oferecermos novamente os termos de Olmert, mas, infelizmente, o mundo (e neste caso a administração americana), precisa aprender a cada poucos anos que, em última análise, não é Israel que é o barrior a um acordo final de paz.

Sim, é injusto etc. etc., mas essa é a realidade da situação. Se o governo de Netanyahu não estiver à altura dessa situação, não tenho certeza de onde vamos terminar --- Provavelmente, um Israel isolado com o Irã tendo armas nucleares. Repito o que disse semana passada. “Diplomacia é guerra por outros meios”. Se o governo israelense não perceber isso (é claro que um governo que pode ter Lieberman como ministro das Relações Exteriores não tem noção), então as coisas ficarão muito difíceis. Dos comentários de Netanyahu e dos gabinetes de hoje, não parece bom.

Para aumentar a sensação de depressão, Israel perdeu dois soldados hoje dentro de Gaza, na área adjacente à fronteira. O exército estava conduzindo, o que parece ser uma incursão regular dentro da fronteira, e eles acabaram em uma luta corpo a corpo com os combatentes armados palestinos. No tiroteio, o subcomandante da unidade de Golani na área (um major) foi morto, assim como um segundo soldado. Para ressaltar a natureza trágica do evento, o irmão do major, também em Golani, foi morto há dez anos no Líbano.

Finalmente, para completar minha depressão, Yuval Elituzur acaba de escrever um livro, vagamente intitulado "A ameaça interna". No livro, Elituzur explica as tendências demográficas cada vez mais claras, com 60% dos Charedim vivendo abaixo da pobreza, com apenas 20% dos homens Charedi trabalhando. Com sua taxa de crescimento de 6,5% ao ano e o resto da população de apenas 1,5%, Elituzur deixa claro que a esta taxa, mesmo sem todos os problemas mencionados acima, o futuro de Israel está em perigo. Ele pelo menos sugere algumas soluções parciais. A principal sugestão de Elituzur é obrigar seus filhos a receberem uma educação básica. Parece que a nova Lei de Educação aprovada no ano passado, que deu alguns benefícios adicionais ao sistema educacional Charedi, também incluiu a exigência de que todas as crianças de até 14 anos recebessem uma educação básica (com padrões de matemática e linguagem). O único problema é que a comunidade Chardi, como de costume, aproveitou os benefícios sem implementar nenhum dos requisitos. Como implementar este plano, mesmo que a comunidade Charedi esteja disposta, parece muito problemático - uma vez que não há professores na comunidade para ensinar essas disciplinas, e considerando o rápido aumento contínuo no tamanho de sua comunidade, parece muito difícil veja para cumprir esse objetivo.


POLÍTICA AMERICANA: um triste estado de coisas!

“Eu disse ao povo do meu distrito que iria servi-los fielmente como tinha feito, mas se não ... vocês podem ir todos para o inferno, e eu irei para o Texas ...” Coronel Davy Crockett, congressista do Tennessee (por volta de 1834, após ser derrotado para a reeleição, antes da Batalha do Álamo)

Sim, Davy Crockett - meu herói de quando e meu herói, agora. Quando eu era criança, crescendo lá, em Kentucky, bem ao lado (fala de montanha, significando um feitiço no caminho), do outro lado da fronteira do Tennessee, onde minha mãe nasceu, todos os tipos de gente branco, preto e intermediário& # 8211 costumava tecer todos os tipos de contos sobre nosso herói popular, Davy Crockett - mais conhecido como “Rei da Fronteira Selvagem.” Droga, ainda me lembro da minissérie Walt Disney com Fess Parker (como Davy Crockett) e o velho Buddy Ebsen (como George Russel) nos unindo para levar uma boa e velha moralidade da moda e justiça de fronteira direto para nossas salas de estar por meio daqueles velhos aparelhos de televisão em preto e branco. Você os conhece, aqueles tão antigos que você teve que usar um alicate para virar os canais e cabides para substituir as antenas de “orelhas de coelho”. Mas, até recentemente, eu nunca pensei muito sobre Davy Crockett, como um congressista, no Condado de Lawrence, Tennessee. Era apenas aquela música-tema cativante (a “Balada de Davy Crockett”), seu boné de pele de guaxinim de aparência legal e o sempre presente rifle de cano longo do Kentucky que chamou a maior parte da minha atenção!

Francamente, eu nem consigo me lembrar muito do “Davy Crockett vai ao Congresso” Series. Eu tinha apenas cerca de 10 anos, naquela época. Mas, a pesquisa histórica revela que ele tinha muito a dizer, em nome do povo de seu distrito. E ele não mordeu a língua ao se opor às travessuras políticas prevalecentes, à ineficiência e à ganância. Isso foi antes. Mas, talvez, pudéssemos usá-lo, hoje, considerando o lamentável estado da política neste país. Aqui está o que ele tinha a dizer aos seus coortes do Congresso sobre o triste estado de coisas naquela época:

“O estado cercado e destruído de & # 8217 a nação, os bancos quebrados, corações partidos e promessas quebradas de & # 8217 meu irmão Congressista aqui ao meu redor 8217 portanto, tenho que desabafar com meu patriotismo de casco, sem rodeios e sem guarnições. A verdade não precisa de aparas, pois em seu estado claro de nudez o & # 8217 natur ela & # 8217s tão graciosa quanto um potro chupador sob o sol. Sr. Palestrante! O que em nome de & # 8217 mata-cão-pastor malandro o país está vindo & # 8217 para? O que é toda a honra? não há cais! e isso vai ficar! Qual é a receita do estado? Todo lugar, menos o lugar que deveria ser! & # 8230

& # 8220Por que, Sr. Orador, não aperte os olhos de horror, quando eu lhe contar que na manhã do último sábado & # 8217 o Tio Sam não tinha & # 8217t o primeiro sinal para dar ao barbet! Os bancos suspendem o pagamento e os famintos se suspendem por cordas! Old Currency está deitado de barriga para cima, os banqueiros investiram todos os fundos na área segura de especulações de & # 8217, e alguns dos & # 8217 esses camaradas sorridentes & # 8217 ao meu redor estão tão mergulhados na lama quanto uma novilha em um viveiro de cavalos!

& # 8220Whar & # 8217 é a honestidade política & # 8217 meus companheiros congressistas? ora, em contas bancárias e discursos de cinco acres! O que é todo esse patriotismo? em calúnias oblíquas, desafios e pistolas de gatilho! Quais são todas essas promessas? todo cais! Quais são todas as suas performances no & # 8217em? não há cais, e as pessoas pobres berrando arter & # 8217em em toda parte como uma manada de & # 8217 búfalos arter seus guardiões preguiçosos que, como os oficiais aqui, não se importam com o estômago de ninguém, mas com seus próprios intarnais eternos!

& # 8220O que você fez neste ano? ora, desperdice papel o suficiente para calcular todos os seus pecados políticos, e isso custaria uma folha para cada um de você, desde o Mississippi. e tão amplo quanto todo o Kentucky. Você foi à frente fazendo nada & # 8217 para trás, até que a nação do casco & # 8217s estivesse pronta. Você esguichou um gás Mount Etny o & # 8217, arrancou um casco de Allegheny o & # 8217 tabaco, cuspiu um suco Niagary o & # 8217, contou uma tempestade de granizo de & # 8217 mentiras, bebeu uma bebida alcoólica Lake Superior o & # 8217 e tudo , como você diz, para o bem da nação, mas eu digo, juro, por sua falência eterna!

& # 8220Portanto, eu proponho que a única maneira de salvar o país é o ninho do casco de & # 8217 suas doninhas políticas cortar instantaneamente para casa e me deixar trabalhar na fazenda do Tio Sam & # 8217, até eu restaurá-la ao seu estado natural o & # 8217 cultivo, e sacuda essas lagartas do estado o & # 8217 corrupção. Deixe o Dan Webster preto sentado lá na outra ponta da mesa virar o Pregador Metodista deixou Jack Calhoun se sentar na frente dele com seu cabelo penteado para trás na frente como um arbusto de mirtilo em uma cana, depois de Old Hickory & # 8217s topete, virar jóquei de cavalo. Deixe Harry Clay sentado no canto com os braços cruzados sobre o meio como vinhas em torno de um carvalho negro, volte para nosso velho Kentuck e & # 8217 melhore seus advogados e & # 8217 outras ovelhas negras. Deixe o velho Daddy Quincy Adams sentado & # 8217 bem atrás dele, vá para casa em Massachusetts, e & # 8217 escreva cartilhas políticas para os malditos políticos & # 8217, deixe Jim Buchanan ir para casa, na Pensilvânia, e # 8217 fumar long nine, com os holandeses. Deixe Tom Benton, dobrado como um rebento de nogueira com ull rollin & # 8217, levar um pãozinho para casa e & # 8217 fazer doces & # 8220 gotas de hortelã & # 8221 para os bebês: & # 8211para eles & # 8217trabalhou a fazenda do Tio Sam & # 8217s com todos os raspando & # 8217 a & # 8217 malandragem & # 8217até & # 8217 tão cinza quanto uma cerca de pedra, tão estéril quanto barro descascado e tão pobre quanto peru alimentado com pedras de cascalho!

& # 8220E, para concluir, Sr. Orador, a nação não pode mais ir em frente sob tal estado de & # 8217 coisas, do que uma enguia frita pode nadar no vapor & # 8217 uma chaleira se puder, então pegue essas pernas de yar para os pilares do Yar Hall. & # 8221

Exceto pelo forte sotaque das montanhas ou pelos coloquialismos de Kentucky / Tennessee e alguns tapas verbais selecionados na cara, suas observações podem ser aplicáveis, hoje - talvez os tapas na cara também. Muitas vezes me pergunto como nossa forma atual de governo consegue tomar decisões em nome de "Nós as pessoas…". Os dois principais partidos políticos parecem se anular. Debater parece uma arte perdida, mas as audiências públicas abundam - dependendo da disponibilidade das câmeras. Discursos e conversas resultam de estratégias de comunicação de fala rápida. Ataques pessoais e calúnias dominam a isca emocionalmente carregada de "a oposição"& # 8211 tudo sem evidências objetivas. A insinuação racial ignorante substitui a razão. As intuições substituem a análise estatística. As pesquisas políticas diárias determinam os cursos finais de ação. Escândalos implacáveis ​​- sexuais e financeiros - não mostram pena da popularidade política ou longevidade. Problemas ou questões agora são pintados como,, “Republicano” ou "Democrático"& # 8211 não nacional. Assim como suas “respostas”. E, uma vez que as notícias objetivas cheiram a contaminação política - em todo o espectro jornalístico!

Mas, talvez, eu esteja simplesmente olhando através do tipo errado de lentes - as mesmas lentes usadas pela maioria dos americanos trabalhadores, cansados ​​de impostos, mas orgulhosos de pagar, civis ou militares da ativa ou veteranos. As mesmas lentes usadas por muitos, talvez, politicamente ingênuos o suficiente para ainda acreditar e confiar em um sistema fundado na essência da representação. Talvez devêssemos ficar satisfeitos com o recente relatório do Center for Responsive Politics de que o custo total da Campanha Presidencial de 2008 foi de aproximadamente US $ 2,5 bilhões - para conseguir um emprego de US $ 400.000 por ano! E o presidente está limitado a apenas dois mandatos de 4 anos! Além disso, isso está além dos esforços contínuos para eleger ou reeleger senadores ou representantes, de todos os cantos e recantos, bem como de todos os cantos, para mandatos ilimitados de 6 e 2 anos, respectivamente.

Caramba, com esse tipo de acesso ao financiamento público e, muitas vezes questionável ou sub-reptício, não é de admirar que muitos se tornem “Políticos profissionais”, servindo, 30 a 35 anos e além. Certamente, alguma reforma deve estar em ordem!

O QUE VOCÊ ACHA? Que tipo de reformas podem ser necessárias, hoje? Ou, o que você acha que Davy Crockett diria, hoje?


O triste estado de coisas da frota quebra-gelo dos EUA e implicações para as futuras operações árticas dos EUA

Em 1 de setembro de 2015, durante uma visita ao Alasca, o presidente Obama anunciou que iria acelerar a aquisição de quebra-gelos para ajudar a Guarda Costeira dos EUA (USCG) a operar no Ártico. Um relatório do Serviço de Pesquisa do Congresso intitulado, Modernização do quebra-gelo polar da Guarda Costeira: Antecedentes e questões para o Congresso, foi emitido em 2 de setembro de 2015. Você pode baixar este relatório no seguinte link:

Este relatório afirma que um novo quebra-gelo polar pesado custará na faixa de $ 900 milhões a $ 1,1 bilhão. O relatório também fornece um histórico interessante de avaliações anteriores do USCG sobre suas necessidades de quebra-gelo e ações orçamentárias tomadas nos últimos anos que reduziram significativamente o orçamento disponível para buscar a aquisição de um novo quebra-gelo.

Papel da National Science Foundation

Em 2006, o G.W. A administração Bush transferiu a autoridade de orçamento e gestão para a frota quebra-gelo polar dos EUA do USCG para a National Science Foundation (NSF). O USCG manteve a custódia dos quebra-gelos polares, que continuam a ser operados pelas tripulações do USCG. Este arranjo está registrado no seguinte documento de 2006: Memorando de Acordo entre a Guarda Costeira dos Estados Unidos e a Fundação Nacional de Ciência Sobre Apoio e Reembolso para quebra de gelo polar. Você pode ler os detalhes deste acordo complicado no seguinte link:

A atual frota quebra-gelo polar dos EUA

Atualmente, toda a capacidade nacional dos EUA para operações de quebra de gelo no Ártico e na Antártica é encontrada em uma frota quebra-gelo muito pequena que consiste em:

  • Um quebra-gelo polar pesado, Coast Guard Cutter Estrela polar
    • Encomendado em 1976
    • Deslocamento: 13.194 toneladas
    • Potência: 75.000 hp (turbinas a gás) + 18.000 hp (diesel)
    • Comissionado em 1999
    • Deslocamento: 16.000 toneladas
    • Potência: 30.000 (diesel)

    Além dessa "frota" ativa, os EUA também têm um quebra-gelo polar pesado inativo, o Mar polar (navio irmão de Estrela polar), que foi comissionado em 1978 e colocado em comissão inativa em Seattle, WA em 2010, após um acidente em um equipamento de planta de propulsão. Uma análise USCG de 2013, exigida pelo Congresso para evitar o desmantelamento planejado do Mar polar, mostrou que Mar polar poderia ser reabilitado e reativado por uma fração do custo de construção de um novo quebra-gelo. Mar polar permanece em comissão inativa.

    Polar Star & amp Polar Sea juntos em dias mais felizes.

    Em 2006, a NSF colocou Estrela polar no status de zelador devido a problemas de envelhecimento / desgaste do equipamento. O navio foi originalmente projetado para uma vida operacional de 30 anos. Após uma reforma modesta, o navio voltou ao serviço na Antártica no final de 2013. Estrela polar deverá continuar operando até cerca de 2020.

    Depois que o Polar Sea sofreu sua grande baixa no sistema de propulsão em 2010, e até o Estrela polar voltou ao serviço no final de 2013, o meio quebra-gelo Healy foi o único quebra-gelo polar dos EUA ativo.

    Em fevereiro de 2015, o USCG informou que precisava de três quebra-gelos pesados ​​e três médios para cobrir as "necessidades previstas" dos EUA no Ártico e na Antártica. Seis agências diferentes dos EUA têm missões nas regiões polares.

    Revisão de 2013 da Guarda Costeira dos EUA dos principais quebra-gelos do mundo é um gráfico que fornece uma boa representação visual das frotas quebra-gelo do mundo. Este gráfico é reproduzido abaixo, mas você pode precisar acessar o link a seguir para ver uma versão em PDF mais legível e para download deste gráfico:

    Os ícones neste gráfico para a frota quebra-gelo dos EUA incluem o Estrela Polar, Mar Polar (inativo) e Healy, como esperado. As outras duas embarcações são:

    • Nathaniel B. Palmer, um navio de pesquisa com capacidade de gelo de propriedade privada, alugado pela NSF para apoiar missões científicas na Antártica.
    • Aiviq, um navio quebra-gelo que manuseia âncoras e rebocadores fretados pela Royal Dutch Shell para apoiar suas atividades de exploração de petróleo no Mar de Chukchi, ao largo do Alasca.

    Então, realmente, os EUA atualmente têm apenas dois quebra-gelos polares. Um normalmente serve a Antártica e o outro serve o Ártico. Em 2013, o USCG obteve aprovação para explorar o desenvolvimento de um novo quebra-gelo de grande porte. Em meados de 2015, o site da USCG informa:

    & # 8220A Guarda Costeira está na fase preliminar de um novo programa de aquisição de quebra-gelo polar pesado. Este estágio do processo inclui o desenvolvimento de uma declaração de necessidade de missão formal, um conceito de operações e um documento de requisitos operacionais - todos necessários antes de desenvolver e implementar um plano de aquisição detalhado. & # 8221

    Frota quebra-gelo polar da Rússia e # 8217s

    Em comparação, o gráfico de 2013 do USCG mostra que a Rússia possui quase 40 quebra-gelos com até uma dúzia mais planejados ou em construção. A Rússia tem planos nacionais para explorar seus recursos árticos ao longo da Rota do Mar do Norte, que atravessa o Oceano Ártico ao longo da costa norte da Rússia. Os quebra-gelos movidos a energia nuclear desempenham um papel importante nesses planos.

    O primeiro dos novos quebra-gelos polares pesados ​​LK-60 movidos a energia nuclear, Arktika, está em construção no Estaleiro Báltico de São Petersburgo e deve entrar em serviço em 2017. Sua proa quebra-gelo foi instalada em agosto de 2015.

    Os contratos para dois quebra-gelos adicionais da classe LK-60 foram firmados em maio de 2014. Eles estão programados para entrega em 2019 e 2020.

    U.S. Navy Arctic Roadmap 2014 & # 8211 2030

    O publicado recentemente Roteiro da Marinha dos EUA para o Ártico 2014 - 2030 inclui as seguintes observações:

    • A Marinha dos EUA espera que o Ártico "permaneça um ambiente de segurança de baixa ameaça, onde as nações resolvem as diferenças pacificamente".
    • Ele vê seu papel principalmente como um apoiador das operações da Guarda Costeira dos EUA (USCG) e respondedor a situações de busca e resgate e desastres.
    • No entanto, a presença de vastas dotações de recursos e divergências territoriais “contribui para a possibilidade de episódios localizados de atrito na Região Ártica, apesar das intenções pacíficas das nações árticas”.
    • “As funções da Marinha na Região Ártica não são diferentes daquelas em outras regiões marítimas, no entanto, o ambiente da Região Ártica torna a execução de muitas dessas funções muito mais desafiadora.”

    Com relação ao primeiro e terceiro pontos acima, as atividades russas no Ártico durante o ano passado sugerem que a Marinha dos EUA subestimou, pelo menos publicamente, a probabilidade de ações não pacíficas no Ártico e a necessidade potencial de uma resposta militar no região. As atividades recentes da Rússia no Ártico destacam esse risco.

    Dado o mau estado da frota quebra-gelo polar dos EUA, eu diria que o último ponto, acima, é um eufemismo grosseiro. O USCG e a Marinha não estão bem posicionados para operações de superfície no Oceano Ártico. As operações navais de superfície nas regiões árticas cobertas de gelo serão quase impossíveis de executar sem uma frota quebra-gelo dos EUA capaz.

    Você pode baixar uma cópia do Navy’s Arctic Roadmap no seguinte link:

    Exemplos de atividades recentes preocupantes da Rússia no Ártico são:

    • Desde o início de 2014, a Rússia conduz missões de bombardeiros e caças perto do espaço aéreo de seus vizinhos árticos. Esse tipo de comportamento militar não era visto desde o fim da Guerra Fria no início dos anos 1990.
    • 1 de dezembro de 2014: o novo Comando Estratégico Conjunto do Ártico da Rússia e # 8217 tornou-se operacional. Isso fornece gerenciamento central de todos os recursos militares russos no Ártico, e há muitos deles. O novo comando, baseado na Frota do Norte e com sede em Severomorsk, irá adquirir unidades militares, navais de superfície e nucleares estratégicas, da força aérea e de defesa aeroespacial, ativos e bases transferidas de outros distritos militares russos
    • 15 a 20 de março de 2015: a Rússia conduziu um enorme exercício militar de cinco dias no Ártico, envolvendo cerca de 80.000 soldados, 220 aeronaves, 41 navios e 15 submarinos. Este exercício foi realizado no aniversário de um ano da anexação russa da Crimeia.
    • 4 de agosto de 2015: o Ministério das Relações Exteriores da Rússia confirmou que a Rússia havia reapresentado às Nações Unidas sua reivindicação de extensão da plataforma continental do Ártico. A Rússia está buscando reconhecimento por seu controle econômico formal de 1,2 milhão de quilômetros quadrados (463.320 milhas quadradas) da plataforma marítima do Ártico, estendendo-se por mais de 350 milhas náuticas da costa.

    O novo Comitê Executivo do Ártico dos EUA

    Em contraste com o novo Comando Estratégico Conjunto do Ártico da Rússia, o presidente Obama emitiu uma Ordem Executiva em 15 de janeiro de 2015 criando o Comitê Diretor Executivo do Ártico, que será responsável por melhorar a coordenação dos esforços nacionais no Ártico. Ainda não se sabe como esse novo Comitê Diretor afetará o progresso na revitalização da frota quebra-gelo polar dos EUA. Você pode ler o texto completo desta Ordem Executiva no seguinte link:

    O resultado final

    Os EUA estão bem atrás da curva de potência para a realização de operações no Ártico que requerem suporte para quebra-gelo. Mesmo com um novo programa de construção de quebra-gelo dos EUA bem financiado, levará uma década antes que o primeiro novo navio esteja pronto para o serviço e, nessa altura, o novo navio estará entrando na frota assim como o Estrela polar está se aposentando ou entrando em um programa abrangente de renovação de extensão de vida.

    Se você se encontrar preso no Ártico a qualquer momento na próxima década, acho que sua melhor aposta é ligar para os canadenses ou os russos para obter ajuda.

    Atualização de 5 de fevereiro de 2016:

    Em meados de janeiro de 2016, o ex-comandante da Guarda Costeira, almirante Bob Papp, fez as seguintes observações na reunião anual da Associação da Marinha de Superfície perto de Washington D.C:

    • Os EUA precisarão de oito quebra-gelos se decidirem ter um patrulhando em cada região polar o tempo todo. A Guarda Costeira nunca foi capaz de suportar um ritmo operacional tão elevado.
    • A política do Ártico dos EUA é uma questão de segurança nacional, não apenas de defesa. A visão do Departamento de Estado também se concentra nos direitos e responsabilidades soberanas das nações árticas, segurança marítima, energia, interesses econômicos, gestão ambiental, pesquisa científica e apoio aos povos indígenas.
    • Mais quebra-gelos são essenciais, porque os EUA não podem apoiar suas políticas sem serem fisicamente capazes de se mover nas regiões polares.

    Leia mais detalhes no seguinte link:

    O atual comandante da Guarda Costeira, almirante Paul Zukunft, afirmou que o cronograma para o novo programa de aquisição de quebra-gelo prevê a adjudicação de um contrato para um quebra-gelo até o outono de 2019, com a produção começando em 2020. A capacidade operacional inicial para este primeiro novo quebra-gelo não ser até meados da década de 2020. Um aviso de Oportunidade de Negócios Federal (FBO) para o Programa de Substituição do quebra-gelo Polar USCG foi postado online em 13 de janeiro de 2016. Você pode ler o aviso do FBO e baixar o pacote de dados do setor no seguinte link:


    A triste situação e # 8212 Bad Company aparentemente não mencionam o falecimento do ex-cantor Brian Howe

    Já se passaram três dias desde Lodo de metal primeiro estourou a triste notícia de que Má companhia vocalista Brian Howe faleceu. Howe teve a tarefa formidável de substituir Paul Rodgers na banda em 1986, após o guitarrista Mick Ralphs e baterista Simon Kirke decidiu ressuscitar o grupo de um hiato de quatro anos.

    Howe acabou jogando no seguinte Má companhia registros & # 8212 Fama e fortuna (1986), Idade Perigosa (1988), Água benta (1990), Aí vem problema (1992) e O que você ouve é o que você obtém: a melhor das más companhias (1993).

    Um dia depois HoweMorte & # 8216s, Rodgers postou um vídeo no Facebook informando que estava vivo e bem sem falar Howe falecendo. O vídeo do Facebook de Rodgers desde então foi removido.

    Aparentemente, não há menção de Howe& # 8216s morte em Má companhia& # 8216s site ou conta do Facebook.

    A última postagem na conta da banda & # 8217s no Facebook é de 6 de maio de 2020 às 15h24 com Rodgers, Kirke e Ralphs respondendo a algumas perguntas de fãs.

    Até Má companhia& # 8216s & # 8220Bio & # 8221 em seu site não faz menção a Howe embora os álbuns em que ele tocou tenham recebido uma menção passageira (com pequenas edições):

    & # 8220 Em 1986, Ralphs e Kirke ressuscitou o Má companhia nome. Rodgers quem estava formando A firma com LED Zeppelin'S Jimmy Page foi solicitado sua permissão para usar o nome. “Eu me senti pressionado a permitir que eles continuassem usando o nome. Achei que eles deveriam formar uma nova banda, com um novo nome e escrever seu próprio catálogo de músicas.” Exatamente o que Rodgers fez com A firma. “Mas no final eu concordei pensando que eles iriam seguir em frente com integridade, eu estava errado.”

    Ao longo de um período de seis anos, de 1986 a 1992, esta versão da banda lançou quatro álbuns, incluindo Fama e fortuna, Idade Perigosa, a venda de platina Água benta e Aí vem problema. A banda lançou mais dois álbuns, de 1995 Companhia de Estranhos e Histórias contadas e não contadas em 1996. Embora a música fosse razoavelmente bem tocada nas turnês, nada poderia substituir a escrita, a presença de palco e, claro, aqueles vocais únicos que Rodgers trazido para a equação. Fãs e críticos começaram a clamar por uma reunião da banda original e, finalmente, aconteceu quando Rodgers juntou-se com Ralphs e Burrell na Inglaterra para discutir o lançamento de uma Antologia de música. Rodgers sugeriu adicionar 4 novas canções e começou a trabalhar escrevendo duas "Hammer of Love" e "Tracking Down a Runaway", enquanto Ralphs escreveu "Hey Hey" e "Ain't it Good".

    A tão esperada reunião aconteceu em 1999 e viu a banda não apenas completar uma empolgante turnê de 30 shows nos EUA que atraiu multidões e aclamação da crítica, mas também supervisionou o lançamento do aclamado Antologia Original de Bad Company naquele ano também, uma visão geral dinâmica de dois CDs e 33 músicas da carreira da banda, lançada em Elektra Records.”

    Parece que Kirke é o único dos três originais restantes Má companhia membros que tenham feito publicamente qualquer menção de Howe& # 8216s passando. A seguinte mensagem sucinta foi postada em Kirke& # 8216s Página do Facebook em 7 de maio de 2020:

    & # 8220Eu gostaria de enviar minhas condolências para Brian HoweFamília de. & # 8221

    Ainda há tempo para Má companhia prestar uma homenagem adequada a Howe que foi um membro importante da banda de 1986 a 1994.


    Da primeira página da edição impressa do LNP de hoje & # 8217s (clique aqui para ler a história online).

    Que perda de uma hora! Era tudo fofura e absurdo.
    Clique aqui para assistir ao vídeo do discurso de ontem à noite & # 8217s pelo prefeito Sorace e verifique novamente mais tarde hoje. Ah, e quem é o correspondente do LNP Chris Courogen e o que aconteceu com o repórter Tim Stuhldreher?

    18 respostas para * UM SAD ESTADO DE ASSUNTOS!

    Ray é um cachorro de colo de Josh Parsons e foi Josh que deixou Ray tão gravemente queimado na noite passada. Ray fez um papel ridículo repetindo o que Josh Parsons disse a Ray para dizer sobre as mudanças eleitorais. Esses dois idiotas estavam culpando os democratas pelas mudanças que os republicanos queriam! Ray estragou tudo ontem à noite de duas maneiras principais & # 8211

    1. Repetir tudo o que Josh disse a Ray sobre as mudanças na lei eleitoral com a votação.
    2. Fazer a moção para que o cachorro de colo e mentiroso patológico Bryant Glick seja nomeado como delegado.

    Bryant Glick é uma vergonha, mesmo para os padrões de Trump, e Ray acatou a licitação de Josh ao nomear Bryant. Quando tudo sobre Bryant for descoberto, as pessoas culparão Ray e não Josh, e foi exatamente assim que Josh planejou.

    Olá! O comitê da casa de Bryant votou favoravelmente contra ele e o estúpido do Ray não questionou o porquê!

    Ray faz o que Josh lhe diz para fazer e Ray fica com toda a culpa.

    Assim como o Dia da Marmota com esses porcos!

    OH MEU DEUS. Eu pensei que era o único que estava questionando isso!
    Bryant Glick cheira a ser um poser total e o pessoal de seu comitê o despreza.
    A palavra é que Glick é um faz-tudo para Joshey, então eles ignoraram a montanha de mentiras de Bryant, assim como Ray ignorou um PFA por chocar seu sobrinho que morava em casa e a patrulha dos Parsons que literalmente ataca a vida doméstica de todos os outros ficou quieta com as deficiências de Ray porque Josh precisa de um manequim como Ray para fazer exatamente o que um manequim como Ray fez na noite passada, besteiras repetidas que irritaram tantos. Bryan Cutler legítimo teve que salvar Ray da delegação que seriamente iria levá-lo para fora e reprimir o estúpido para fora dele. Se os repórteres do LNP tivessem meia pista, o momento mágico de Ray teria sido notícia de primeira página, porque Ray literalmente e sem saber desacatou toda a delegação republicana na noite passada.
    A noite passada foi um show de merda tão embaraçoso que quase pedi uma camiseta do Scott Martin porque aquele lado do comitê está parecendo a opção mais normal atualmente.
    Caramba, as coisas ficaram tão ridículas quando o poser Glick se tornou o delegado de Terry Christopher, que é uma verdadeira dinamite!

    Correspondente significa meio período?

    Tipo de. Stringers AKA e hoje em dia associados e trabalhadores contratados. Às vezes marcado como & # 8220Especial para (insira o nome do pub aqui).

    Acho que está bem claro que toda a história do prefeito e # 8217 está se preparando para avançar na cadeia alimentar oficial eleita. É a razão de toda essa ostentação, é a razão de seu novo Office of Self Promotion, err, quero dizer engajamento com a vizinhança, é a razão de todos os problemas de Lancaster & # 8217s serem estaduais / federais e ela vai corrigi-los quando ela substitui Martin / Smucker / Toomey / Casey.

    Ela acredita ser o prefeito Pete 2.o. Tudo o que ela está fazendo atualmente é se autopromover e garantir pontos no sistema do Partido Democrático de Lancaster / PA para futuras nomeações / endossos.

    Mal consigo me conter com essa notícia deliciosa. Um amigo meu muito próximo foi um observador casual dos procedimentos republicanos no Farm and Home Center na noite passada. Ela disse que o repórter LNP enviado para cobrir a festa tinha cerca de 12 anos e parecia apavorado. O LNP basicamente enviou um rato para o poço da cobra. Minha amiga disse que a repórter tentou ao máximo fazer perguntas ao Representante Zimmerman e ser arrasada com ela e com o LNP e disse que dificilmente são uma organização de notícias. Zimmerman está errado? Eu acho que não. Ele pode ter sido um menino travesso, mas claramente não está se curvando para o LNP e seus repórteres de notícias de última hora de 12 anos. Alguém sabe por que Carter Walker foi posto de lado e não foi convidado para o Super Bowl Republicano?

    Becky, aqui está o resto das notas enviadas para mim sobre a noite passada pela minha namorada. Ela disse que eu poderia compartilhar !!

    Fora a grande falha do LNP com Zimmerman, os negócios continuaram como de costume. Todas as pessoas bonitas estavam lá. E os miseráveis ​​e aspirantes! Um boato interessante é ver a maré virar com o comitê e o espetáculo que era um mar de torcedores de Scott Martin. From what intel I have, the committee has turned and Scott Martin is back to being King in a very big way. Maybe even bigger than before. I know you love that because of your little crush on him tee hee! but it was a bit interesting to watch it all unfold. A few committee people shared with me that things were taken 2 far with Amber Martin and her miscarrying their twins due to extreme stress caused by some in the party that gave her x husband money? is what made this tide rapidly turn. I do not know this all to be fact but it was the talk last evening. Amber appears to be doing very well and she looked really good. I don’t have frequent interactions with her but she appears to always be kind to people. Regardless of whatever I may think of her, miscarriage is no laughing matter and I was told she was pretty far along with her twins. That is sad no matter who you are.
    Lloyd was Lloyd and he had his peppy moments. His wife looked fabulous and I am thinking her boobs may be new. Lucky Lloyd! Guess that Congressional salary has benefited the misses in a double way.
    All the state reps were virtually non existent as no one cared that they were there. The new commissioner, the one with the PFA from his son or nephew (can’t remember) made an ass out of himself for basically making fun of election law updates that all the state representatives voted on and it appears Ray Ray didn’t get that memo so as Ray D’Agostino was mocking the election changes, the state reps were all looking at each other like they wanted to rip Ray’s head off. Ray was blaming “those democrats” for the changes but it was actually the republicans that pushed it. It was so bad that Brian Cutler had to intervene and explain the reasons behind the changes. Ray is either a rebel or a total idiot but since Lloyd Smucker fired Ray back in the day, he must be an idiot. The village idiot is now our Commissioner, right next to the village midget that LNP has a love affair with because the little midget gave all the advertising money back to LNP. Do not even get me started with the intel I have from the sheriffs office. OMG I could write a book!
    Speaking of Commish Parsons, what a mad face he had all night. It has to be hard for someone that worked so hard to be a hit man for certain republicans to try and oust Scott Martin just to watch all the same people either wear Martin’s shirt last night or hang all over him. Politics is such a frigid bitch! What Parsons’ did to Louie still makes me angry to my core and I love watching him burn. He is a racist little liar!
    There was some young gal from York who was very funny. I forget her name but she’s running for Delegate and she was a great breath of fresh air compared to Lloyd and Josh’s speeches. They were awful and mini-Lloyd basically just repeated everything Lloyd said. Their twinning is no longer winning for them as they did much worse with the Delegate race against some virtual nobody. Color me shocked but a black man beat Dennis Stuckey for the auditor race and I was told that many didn’t appreciate Dennis going after Craig Stedman so a sea of white people actually voted for a qualified black man as a result. Amazing! You need to fly back for these occasions as they are truly wonderful little circuses to watch. That’s my report!

    As a committee woman myself, this was a colorful yet accurate description of what happened last night. Although, I am unable to comment on Mrs. Smucker’s breasts, because I did not look. Many interesting things shaped last night and what struck me the most personally was how ill informed Ray was when he gave election updates. I almost feel like someone lied to Ray or mislead him because what Ray said and reported seemed out of character for Ray. Yet, I do agree, all of the state representatives appeared clearly angry with Ray and it may be difficult for Ray to overcome. Personally, I like Ray very much and supported his run but what happened last night does not paint Ray favorably moving forward. Ray came off as clearly uniformed at best or clearly rude and condescending towards our Lancaster delegation and neither paints Ray favorably with the committee moving forward.

    Just a curiosity sort of question: is she related to “those” Slaymakers and how if she is? Asking because I’ve known Slaymakers in the area who were not related at all to “that” family. Shouldn’t make any difference, of course, but we all know how that goes!!


    Depressing State of Pakistani Height [THE WORST —STAN COUNTRY]

    Today, I was looking at the state of Pakistani mens' average height, and I was shocked & became severely dishearten. We did not grow our heights in the past 100 years. In 1896, we were TALLEST country compared to all seven -stans. But, today almost all -stan countries have passed us. We are now second SHORTEST country of all -stans. Why cannot do better and become tallest country again?

    What are your guy's thoughts? What should be plan to increase health & fitess of our country's men? For example, I am 165 cm or 5 foot 5 inches, is there any way to increase height in adult-hood, several years past growth-time?

    El Sidd

    ELITE MEMBER

    Grandfather born in Himalayan foothills was 6ft 1 inch at the time of his burial. Full set of red hair and blue shining eyes.

    His grandson born in Sindh gets bullied for being too short.

    Perks of religious migration I believe

    Shehr Abbasi

    FULL MEMBER

    Grandfather born in Himalayan foothills was 6ft 1 inch at the time of his burial. Full set of red hair and blue shining eyes.

    His grandson born in Sindh gets bullied for being too short.

    Perks of religious migration I believe

    Hussain0216

    BANNED

    It's probably more related to an influx of people from India after Partition

    Pre Partition you had mostly natural locals

    Also that the increase in Pakistani population has mostly been in places like Sindh as opposed to let's say KP or Kashmir where people tend to be taller

    We also have 220 million population


    PAKISTAN only declared independence in 1947

    It's not clear cut and the stats are a bit iffy

    Shehr Abbasi

    FULL MEMBER

    It's probably more related to an influx of people from India after Partition

    Pre Partition you had mostly natural locals

    Also that the increase in Pakistani population has mostly been in places like Sindh as opposed to let's say KP or Kashmir where people tend to be taller

    We also have 220 million population


    PAKISTAN only declared independence in 1947

    It's not clear cut and the stats are a bit iffy

    FitpOsitive

    ELITE MEMBER

    Grandfather born in Himalayan foothills was 6ft 1 inch at the time of his burial. Full set of red hair and blue shining eyes.

    His grandson born in Sindh gets bullied for being too short.

    Perks of religious migration I believe

    Hareeb

    SENIOR MEMBER

    Arjunk

    FULL MEMBER

    Robbie

    FULL MEMBER

    No other country in the world is facing Afghanistan on one side and India on the other

    whole of the world tried Afghanistan invasion and failed but created some of the loyalty and using those people against Pakistan and creating problems for Pakistan. PTM is the prime example, when Pakistan started pak Afghan border wiring, even USA who always bla Pakistan for people attacking its positions from Pakistan didn’t help and agreed to it , this is the state in which Pakistan keep on fighting for its existence

    India is on other side is enemy of Pakistan and it cannot be a good country at all, killing innocent people in Kashmir and holding Kashmiri land which belongs to Pakistan unjustified

    now another side is iran with its own problems and sometimes helping india but now it’s in league with Pakistan and China

    China is the only friendly country as a neighbor of Pakistan

    Show me any other country in the world in constant war like situations like this. Most of these so called powerful countries will become history in such constant events
    It’s our Pakistan and it’s people who are fighting and will keep on fighting

    313ghazi

    ELITE MEMBER

    It's probably more related to an influx of people from India after Partition

    Pre Partition you had mostly natural locals

    Also that the increase in Pakistani population has mostly been in places like Sindh as opposed to let's say KP or Kashmir where people tend to be taller

    We also have 220 million population


    PAKISTAN only declared independence in 1947

    It's not clear cut and the stats are a bit iffy

    The answer is down to stunted growth due to malnutrition. Large parts of our society don't have enough to eat, thier growth is limited.

    Also idiots who treat thier woman like a baby factory. Anyone who has a child will know the physical impact it takes on your wife's health. Then women start breast feeding which also takes extra energy. Meanwhile the idiot gets her pregnant again after a few months. Now she is pregnant and breastfeeding. Neither child gets enough nutrients, especially as the woman is ill and tired through lack of sleep. Then baby 2 is born, 1 is no longer breastfed, number 2 is, she is pregnant again and doesn't have time to chase after number 1 to try and feed it and play with it.

    No physical exercise of urban women. Weak women (and men) produce weak off spring. I can guarantee that where rural people of the same ethnicity and the same economic status compare height with urban people, the rural people will be taller.

    Cousin marriage killing off natural selection. In the past the stronger men (as typically they were likely to come from a stronger economic background too) would get thier pick of the women. Today people are obsessed with cousin marriage - meaning anyone can get a man/woman significantly better than them. This brings down genetic standards and also reduces the gene pool, increasing the risks of genetic disease.


    March 26, 2010 A Depressing State of Affairs - History

    As questions abound, surrounding the absence of any pronouncements or information as promised/required, following word that the MDC Task Force Review has been completed and report delivered, Mr. John E. Ryan, chairman of the MDC board until the entire Board was dismissed in December submitted to the media the following letters. See in boxes

    His email cover to the letters reads: “As you may be aware a GoM/DFID Task Force has just submitted a report on the options available for the operation of MDC going forward. As the immediate Past Chairman of the Corporation I was requested to meet with the Task Force to discuss the matter. As my board and I were booted from office for alleged financial irregularities on the back of a DFID Internal Audit that has subsequently been discovered to contain no evidence or mention of the so-called financial irregularities,

    “I responded to the Task Force’s request to meet with them with a letter that set out the conditions under which I would attend such a meeting. Recently, the Governor in one of his frequent Press Conferences, in a response to a question from a member of the Press Corps said ” that there was nothing sinister going on at MDC”.— whatever that means.

    “The Task Force chose not to respond to my letter therefore I did not meet with them. I have however decided to make my letter to the Task Force available to the public as there is clearly a need for the public to have knowledge of what is transpiring in this beloved land of ours.”

    During the review (February 26, 2015) the new MDC Chairman Mr. Julian Daniel wrote to Mr. Ryan:


    A SAD STATE OF AFFAIRS

    Her son Joseph would bring forth records from prior civilizations that occupied this great land. This land is a Land of Promise that has been given to those who inhabit it by covenant.

    Hypocrisy is an understatement. All I'm hearing from the left now is to come together and heal and embrace the new regime. Even pray for their success. All good sentiments which would be the best thing that could ever happen. But 4 years ago the same people began a daily attack on our president and his supporters that never let up, culminating in a vindictive and flawed attempt to discredit all that was accomplished to maintain our liberty and shift power from an an ever growing, self-serving government back to the people. They could never separate the man from the mission.

    I'm not disillusioned enough to think Trump and his family don't get high on the power and authority they hold. Almost no human doesn't. But at the end of the day, the guy just wanted to preserve and maintain the American way of life that our founders envisioned. He worked hard at it and did a ton of good toward those ends. Now vilified, abandoned by his friends and written off as a failed president, he'll join a host of others who went before that are forgotten as history gets conveniently rewritten. I'm so tired of the media claiming that the election was fair and honest. They have distorted the truth so much that it is now impossible for the public to know where to find it. The cardinal directions are literally upside down and backward. It's a gross display of cognitive dissonance and ignorance. Thousands of people volunteered across the country to help the swing states verify the votes by painstakingly going vote by vote to verify its origin and owner. They discovered widespread voter fraud in a dozen different ways that affected virtually every state. These corruptions didn't begin with this election. It's likely been going on for two decades. This election was the first in which the winner was so far out of the normal flow of election day data, that it warranted a hard look and the loser, not being part of the establishment, was willing to go the distance to exhaust every effort to expose the fraud and reveal it to the public. That effort to bring light to the darkness was not about reelecting a disrespectful rich guy with a potty mouth so he could enjoy the power for another 4 years. it was about ensuring the integrity of future elections. Had he been re-elected, you can bet that he would have enacted laws to reform the way we vote to make sure it never happens again. But now that those who benefitted from the fraud are in power, the result is exactly the opposite. They will ensure the vote only goes one direction. I do not forsee another conservative, constitutional Republican ever being elected to the Presidency. We had a shot to fix this and it's now passed. It's not time to heal, nor time to come together as a country. It's time to flee. Neither party has the right to claim God's favor and certainly nobody anywhere in local, state and federal governments are using this opportunity in the way God intended, which is to warn people to repent and return. I have no idea how the Lord intends to help us escape all this, I just know that he does and has prepared the means. Unlike some, I'm not counting calendar days, thinking about times, time, and half-times, making comparisons to Nauvoo and the time it took them to build a temple, and otherwise mapping out how I think the Lord will handle the next 5-10 years. I hold the opinion that if you think you have it all figured out, you can be sure you are wrong. I ask the Lord every day to just show me the next step and hope like hell I don't turn a deaf ear or a blind eye to it. One step at an time is all I've ever been able to accurately perceive of God's hand in my life and that's likely never to change for me. Although my heart is sad in all this. I know that on the other side of it is something glorious and beautiful. I hope I live to see it.

    I have always struggled to read about God's wrath or anger and how he might "punish" those who do not abide to His laws. When we read those scriptures in Ether about the fulness of his wrath coming upon us when we are ripened in iniquity, I don't necessary imagine a God who has lost his temper. The following quote from the book, Nephi's Isaiah helps clarify what God's anger really is.

    We will finally see the events of history are culminating in a great, final effort to reach us. The “anger” (caused by our rejection of what was offered) is now “turned away.” Actually, it wasn’t really anger. It was our refusal to accept what was offered. We regard it as anger when we can’t get from God what He offers on condition of obedience. We disobey, lose the blessing, and think God is angry with us. It is our perception, based upon our selfish view of everything, that He is angry. We want our God to bless us, and we want to be able to offend Him, too. But since He “cannot look upon sin with the least degree of
    allowance,” we are asking the impossible when we want Him to accompany us as we trample through and among the filth He asks us to avoid.

    As we finally repent and decide to do as He asks, His Spirit returns. We then rejoice and say His anger is turned away, and now He is there to comfort us. All along He was willing to do so, but we are difficult companions. As we reform and the Spirit returns to us, we take great comfort in finally receiving what He offered all along.


    Today is Saturday, February 27, 2016

    Politics as usual? Not anymore. The Republican Party is in serious trouble and the CNN non-debate the other night illustrated all too uncomfortably just how serious their problems are. The GOP leadership has lost control of their ideals and message to the extent that their Speaker, John Boehner, gave up and resigned, and their more traditional and more electable Republican, Jeb Bush, has left the presidential race, leaving two freshman Senators and a non-politician and former Democrat-turned-obnoxious-foul-mouthed-demagogue in the lead. It is a very sad state of affairs for the Party and it does not bode well for them in the future.

    But this is something of their own making and we have seen it coming for at least six or seven years since the Tea Party formed back in February and March of 2009 and the mid-term elections of 2010. At that time, in reaction to the economic collapse and the failures of the G.W. Bush administration that led to the collapse and its policies to try to stop it, fiercely ideological, anti-politics, and anti-Federalism elements within the party attacked the mainstream Republicans and the party leadership, and in coalition with the radical Christian right hijacked the party’s processes and put a stop to ‘politics as usual.’ They allowed no more consensus, no more compromise, no more politics and no more discussion. They dug their heals in and obstructed all political process in the Congress. They blamed ‘government’ and ‘politics as usual’ for the country’s problems, echoing the radical ‘John Bircher’ mentality of the mid-20th century. But then, that mentality has existed in the GOP since the mid-1960s, albeit kept fairly marginalized by party leadership who believed in the political process.

    This anti-political element in the GOP started in 1965 in reaction to their 1964 loss to President Johnson and his liberal social and economic agenda. The Vietnam War destroyed Johnson’s presidency, and in 1968, Richard Nixon courted those radical voices in the GOP and in a strategy known as ‘The Southern Strategy’ successfully courted former conservative Southern Democrats who hated Federalism and the new era of civil rights, integration and social equality. Reagan followed the strategy in 1980, but he expanded his base by allowing a radical Christian right-wing a place at the GOP table. Reagan, however, with Party leadership, was able to keep that radical element from exercising too much influence. In anger, the radical Christian right wing devised a strategy of their own to infiltrate local and state political offices, essentially creating a socially conservative Christian political movement throughout the Midwest and the South. Gradually, over the next twenty-plus years they exercised their political muscle well enough to make serious gains in Congress in 2010. Those freshman congressional Christians found an opportunity to attach themselves to the coattails of the new Tea Party who came in at the same time. Their collective status as ‘outsiders’ and their incredible lack of political experience or understanding of politics as the art of consensus and compromise created havoc in Congress and seriously undermined the effectiveness of government. The more ineffective it became, the louder the people screamed for outsiders to come in and fix it.

    In addition to this political history, conservative media expressed the same quasi-Christian, anti-politics and anti-Federalism attitudes through Beck, Huckabee, Hannity, Limbaugh, et al, and Fox News with their intense propaganda efforts to attack the political process and denounce ‘consensus and compromise’ as inadequate and a failure in fixing the country’s problems. This added to the din and desire for outsiders to come in and do something.

    Much of this is also in reaction to Obama’s election and re-election as the first partly African-American president and an avowed liberal whose policies to address the Bush Administration’s global economic mess were anathema to the new breed of anti-politics and anti-Federalism Republicans. Obama’s election unveiled the barely disguisable neo-Confederate nature of the Tea Party and the new wave of Republicans in Congress and those who supported them. Their insistence on a strict interpretation of the Constitution ‘as it was written and literally meant by the Founders’, their resistance to federal Court rulings regarding American society and social equality, insisting social policy is a Tenth Amendment States’ Rights issue, their rejection of the principle of Judicial Review of existing laws, their view of the Second Amendment as a right to defend themselves against ‘government’, and their view that the Fourteenth Amendment only applies to African-Americans and no one else, are all clear echoes of the Confederacy’s complaints against the federal government in the late 1850s and early 1860s. The old slogans, ‘The South Shall Rise Again’, and ‘Forget, Hell!’ are no longer historical relics of a previous century, but they have become, ironically, yet, in fact, revived sentiments within the GOP since 2008 when Obama was elected.

    These anti-politics, anti-Federalism, anti-judicial, quasi-Christian, socially conservative ideals are now dominant among those in Congress, the Party, and among the rank and file. Their confederate, un-American mentality and insistence that outsiders, especially ‘business leaders’ come in and run the country like a corporation instead of a political system, has led to the current state of affairs. And it is, therefore, no surprise that they support someone like Donald Trump. Trump is, perhaps, more apolitical than anti-political, but his refusal to accept consensus and compromise his direct, often vulgar, retrogressive and bombastic style and rhetoric regarding Hispanics, Muslims, and women appeal to these confederates in the Party. His disdain for politicians and the political process, preferring instead to bully, punch and insult his way through it appeals to the confederate mentality in its frustrated inability to feel heard in a Federal system that doesn’t take a fundamentalist stance on the Constitution and States’ Rights.


    A Sad State of Affairs

    By Ruth Gadebusch

    What is happening to our democracy, this experiment of hope and promise? There have been other times of fright and fear when we were divided, but the chasm hardly seemed this wide and deep. Even as we fought one of the bloodiest wars ever, splitting families, we managed to reunite.

    We have had presidents murdered. Two have been impeached, although not found guilty and one resigned to avoid such a fate. Several have been disabled with questionable ability to govern while in office. Some who hardly seemed adequate for the job have risen to the occasion once in office. Surely, we have learned some lessons from this history of more than two centuries.

    At this point, it appears painfully obvious that we have not learned sufficiently to concentrate on our good rather than cater to the lowest common denominator of the human being. Greed and intolerance all too often seem to triumph.

    In the beginning of this nation, a governing document was created to play to our better nature and bit by bit we did seem to largely appreciate such genius. Unfortunately, we seem to have slowly reverted to the type of behavior from which those early people had escaped.

    So many seem to think that only they are worthy of living the kind of life envisioned in the founding of the United States of America. Everyone else must bow to their version. Despite all the troubles of day-to-day living, we mostly honored leadership designed to bring us together. Too many today are all too willing to stretch the boundaries to the breaking point.

    In the beginning, a political system was designed to give voice to all. Granted that tudo was not as inclusive as we have come to expect, but it was strong enough to allow for embracing a more expanded population. Still, there are all too many who resist the togetherness, the respect that is so necessary for peaceful sharing of this great land.

    For some unknown reason, there are those who believe they actually deserve more regardless of how that more is achieved. Somehow just such a man was put into office by an outdated provision in our Constitution, not by the vaunted majority vote. He has not risen to the occasion as would have been expected. All right, hoped by those of us who did not believe such could happen.

    The system was designed to balance just such an outcome, but currently power appears to be prevailing over country, over respect for this document that has served us so long.

    Of course, I refer to our current president but just as concerning is the political party that seems determined to deify him. A demigod, we do not need! The man is his own worst enemy. That is, if we do not count those who swallow hook, line and sinker what he has to offer. I do not refer to the political opposition but to his party members holding the offices that are supposed to be part of our tripartite checks-and-balance system.

    It is one thing for those who have seen so little of the world, who have such limited views, who are downtrodden to buy his foul-mouthed denigrating utterances against any and every one who dares to disagree with him in any form. It is another when men and women elected to our Congress and other positions of honor who are sworn to support the idea that not even the President is immune from the law fail to rein him in. Unfortunately, this area sent one of his most loyal sycophants to Congress.

    Presumably the best that this nation, the hope of the world, has to offer holds the office of President, the office that inarguably has more influence on the condition of the planet than any other single person. That is truly frightening, made all the more so by those who are supposed to know better failing to take responsibility.

    This assessment is not just someone of the opposition disagreeing with decisions. The man himself proves it in voice and action time after time. He doesn’t even wait until the ink is dry on signing documents or the sound of his voice has died in the air before contradicting himself. He has often used foul language in public pronouncements recorded leaving no doubt that anyone just misunderstood.

    Even while running for office, it was no secret that his moral life was less than what most of us would tolerate in our circles. His braggadocio made it clear that the stories were not some enemy’s creativity.

    Once in office, matters did not improve. In no way has he risen to what citizens have a right to expect in this the highest office in the world. He has made it increasingly difficult for those of us who believe in good citizenship to remember that we salute the office, not the officer.

    Day by day, it almost gets more sorrowful and discouraging. He has put the word of a foreign leader over the intelligence of the nation’s own trained loyal men and women. He has scuttled a nuclear limiting agreement with Iran.

    He has dismissed a loyal ally with a wave of his hand and virtually given the Turkish government a free hand to ignore the rights of others. Our locals of Armenian heritage could tell us how the Turks react to a free hand.

    He has proclaimed he is removing troops from the Middle East while simply moving them elsewhere. He ignores Saudia Arabia’s treatment of the Yemeni. A little oil here and there never hurt, huh?

    We are no longer the hope of our abused southern neighbors seeking relief on our border as well as those not of the correct religion. The defense budget is raided to build a fence.

    He can’t even decide if there is a quid pro quo involved in aid to Ukraine. His Congressional supporters simply join him in belittling the Speaker of the House of Representatives—politics at its worst instead of what it was meant to do. Help for the less fortunate hangs by a thread.

    Expressly prohibited in the Constitution he profits personally by sending business to his resorts. The list is long and growing, but still the members of his party in Congress refuse to step up.

    What a sad state of affairs! It isn’t just our lifestyles at stake but democracy itself. No one can afford to think it does not affect me because it affects every single one of us mostly by squeezing and choking our freedom, to say nothing of our economy.

    We must not let it happen. Political action is demanded sooner than later. Act before it is too late.

    Ruth Gadebusch, a former naval officer, was recently recognized by the League of Women Voters with its Lipton Award for volunteer work in various community endeavors. She was elected four times to the Fresno Unified School District Board, appointed by Governor George Deukmejian to the California Commission on Teacher Credentialing and is an emeritus member of the Board of the Center for Civic Education.


    Assista o vídeo: VI Jornada Científica do CDOC-ARREMOS - XI Mesa Redonda Arquivo Memória e Ditadura


Comentários:

  1. Cheops

    Você está cometendo um erro. Envie-me um e-mail para PM, vamos discutir.

  2. Itotia

    Provavelmente jogou bem

  3. Eu acho que você não está certo. Eu me ofereço para discutir isso. Escreva para mim em PM, conversaremos.

  4. Parsifal

    Sinto muito, mas acho que você está errado. Tenho certeza. Vamos discutir isso. Mande-me um e-mail para PM, vamos conversar.

  5. Jeryl

    Você não está certo. tenho certeza. Vamos discutir.

  6. Keon

    Você chegou ao local. Esta é uma ótima idéia. Eu te ajudo.



Escreve uma mensagem