Eu não sakei, eu não sou uma merda e você não luta! Eles encontram um código de conduta japonês do século 17

Eu não sakei, eu não sou uma merda e você não luta! Eles encontram um código de conduta japonês do século 17


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Essas e outras proibições foram aplicadas aos vassalos do clã Hasokawa durante a reconstrução do Castelo Sunpu no início do período Edo.

Pesquisadores da Universidade Kumamoto (Japão) descobriu um documento do início do período Edo (1603-1867) em que o código de conduta ao qual os vassalos do clã Hosokawa estavam sujeitos encarregado da reconstrução do Castelo Sunpu, localizado na atual prefeitura de Shizuoka, no centro do país.

O documento, emitido pelo chefe do clã Hosokawa, Tadaoki Hosokawa, em 8 de janeiro de 1608, detalha um total de13 diretrizes rígidas de conduta aplicável a seus vassalos durante a jornada de Kokura (agora Kyushu do Norte) ao Castelo Sunpu, bem como durante o trabalho de reconstrução.

Este código, conforme explicado pela universidade em um comunicado, proíbe estritamente os trabalhadores de se envolverem em brigas com membros do mesmo clã ou de outros clãs. Aqueles que participaram de atos dessa natureza, bem como aqueles que os apoiaram, foram punidos severamente, geralmente com a morte.

Da mesma forma, ao longo do texto é possível encontrar outros tipos de proibições, entre as quais se destacam a prática do sumô, a convivência com membros de outro clã e o consumo de saquê (bebida alcoólica tradicional).

Porém, os vassalos podiam beber até três copos pequenos ('sakazuki') de outras bebidas alcoólicas.

“Esta descoberta nos fornece muitas informações sobre a política de mobilização de senhores feudais pelo xogunato para construir castelos”, disse Tsuguharu Inaba, que descobriu o documento e fez parte da equipe de pesquisa que o decifrou.

Este é o terceiro código de conduta conhecido relacionado ao processo de reconstrução do castelo Sunupu.

O primeiro deles foi escrito por Mori Terumoto, senhor feudal do clã Choshu, e o segundo é uma cópia deste emitido por Maeda toshinaga, senhor feudal do clã Kaga.

As semelhanças entre os documentos sugerem aos pesquisadores que uma estrutura geral do código de conduta foi proclamada pelo governo central, o xogunato.

O texto original foi divulgado pela biblioteca da universidade no dia 4 de novembro, durante uma exposição virtual de materiais raros e valiosos de seu acervo.


Vídeo: Nando Moura - Rock japonês é uma merda? A sacanagem suprema do brasileiro. Enfim, cu no pau há.