Buda Gigante de Leshan

Buda Gigante de Leshan

O Buda Gigante de Leshan, também conhecido como Dafo ou a estátua do Grande Buda em Leshan, China, é uma escultura maciça de um Buda sentado que foi esculpido no Monte Lingyun em 713 DC.

A uma altura incrível de 230 pés, o Buda Gigante de Leshan foi originalmente criado por um monge chamado Haitong para supervisionar os navios que viajavam ao longo dos rios Qingyi, Min e Dadu abaixo dele. o Buda Gigante de Leshan foi concluído por volta de 803 DC, embora Haitong não tenha vivido para ver sua obra-prima concluída.

Desde então, muitos templos e estruturas budistas foram construídos em torno do Buda Gigante de Leshan, transformando a área em um dos centros mais importantes do budismo da China.

Os visitantes podem descer as escadas íngremes até os enormes pés do Buda Gigante de Leshan, navegar em um barco ou cruzar a ponte Haoshang para ter uma boa vista deste magnífico local.

Em 1996, o Buda Gigante de Leshan se tornou um Patrimônio Mundial da UNESCO junto com a Área Cênica do Monte Emei. Ele também é apresentado como uma das dez principais atrações turísticas da China.


Leshan Giant Buddha

Preço do bilhete para a viagem de barco do Buda Gigante Leshan: CNY 70 por pessoa

Leshan Giant Buddha é a estátua de Buda de pedra mais alta do mundo, que foi esculpida em um penhasco na montanha Lingyun. Leshan Giant Buddha, junto com Mount Emei Scenic Area, foi listado pela UNESCO como Patrimônio Mundial Cultural e Natural em 1996. O Buda Gigante fica na junção dos rios Minjiang, Dadu e Qingyi. A escultura em pedra está voltada para o sagrado Monte Emei, com os rios fluindo abaixo de seus pés. A construção do Buda Gigante começou em 713 A.D durante a Dinastia Tang. Foi ideia de um monge chinês chamado Haitong, que esperava que o Buda acalmasse as águas turbulentas que assolavam os navios que navegavam pelo rio. A rocha e a lama escavadas na montanha, expondo o Buda, encheram o leito do rio, criando um fluxo de água mais favorável. Consequentemente, o rio ficou mais calmo.

A estátua retrata um Buda Maitreya sentado com as mãos apoiadas nos joelhos. Maitreya é o futuro Buda, que aparecerá para pregar o dharma quando os ensinamentos de Gautama Buda desaparecerem. Maitreya foi especialmente popular durante os séculos 4 a 7, e suas imagens foram encontradas em todo o mundo budista, transmitindo seu ar característico de expectativa e promessa.

Existe um sistema de drenagem inteligente em Leshan Giant Buddha. Várias passagens de drenagem estão escondidas no cabelo, no colarinho, no tórax e nos orifícios atrás de suas orelhas e tórax do Buda, evitando que o Buda sofra erosão e desgaste graves. Ele também tem sido mantido com carinho em uma base regular ao longo de sua história de 1.200 anos.

Leshan Giant Buddha é uma estátua de maitreya. As pessoas adoram maitreya na dinastia Tang. Textos budistas escreveram que o mundo estaria "em paz" quando maitreya nascesse. Durante o período Wuzhou (690-705), Wu Zetian deu ordens para fazer um livro para provar que ela era a reencarnação maitreya. Com a ajuda da adoração do maitreya, ela se tornou a primeira mulher imperadora na época feudal da China. Já que Wu Zetian defendia fortemente o maitreya, a escultura do Buda prevaleceu em todo o país. O Buda Gigante Leshan começou a ser construído apenas 20 anos a partir do Período Wu Zetian, portanto, o artesão escolheu esculpir o maitreya na montanha. Além disso, maitreya é o Buda que pode trazer luz e felicidade para o futuro. Esse significado estava de acordo com a reivindicação de acalmar o dilúvio.

O Buda é tão grande que tudo é grande em seu corpo. Ele tem uma cabeça de 14,7 metros de altura (48,2 pés), 10 metros de largura (32,8 pés), orelhas de 7 metros de comprimento (23 pés), um nariz de 5,6 metros de comprimento (18,3 pés), dois 5,6- sobrancelhas metros de comprimento (18,3 pés), olhos e boca de 3,3 metros de largura (10,8 pés), pescoço de 3 metros de comprimento (10 pés), dedos de 8,3 metros de comprimento (27,2 pés) e 8,5 metros de largura (27,9 pés) pés que podem acomodar mais de 100 pessoas sentadas juntas.


O encanto do Buda não reside apenas em seu tamanho, mas também em sua arte arquitetônica. Existem 1.021 pães no cabelo enrolado de Buda. Estes foram habilmente embutidos na cabeça. A habilidade é tão maravilhosa que os 1.021 pães parecem integrais ao todo. Outro destaque arquitetônico é o sistema de drenagem. Este sistema é composto por algumas calhas e canais escondidos, espalhados na cabeça e nos braços, atrás das orelhas e nas roupas. Este sistema, que ajuda a deslocar a água da chuva e manter a parte interna seca, desempenha um papel importante na proteção do Buda. O grande par de orelhas, cada uma com sete metros (cerca de 23 pés) de comprimento, é feito de madeira e decorado com lama na superfície. Para os artesãos de milhares de anos atrás, não era fácil fixá-los na cabeça de pedra.

Foi um monge chamado Hai Tong quem iniciou o projeto. Sua preocupação era com a segurança do povo sofredor que ganhava a vida ao redor da confluência dos três rios. As águas tempestuosas garantiram que os acidentes de barco fossem numerosos e os simples atribuíram o desastre à presença de um espírito da água. Então, Hai Tong decidiu esculpir uma estátua ao lado do rio pensando que o Buda colocaria o espírito da água sob controle. Além disso, as pedras caídas durante a escultura reduziriam a força da água ali. Após 20 anos pedindo esmolas, ele finalmente acumulou dinheiro suficiente para o plano. Quando alguns funcionários do governo local pretendiam tentar essa quantia de dinheiro, Hai Tong disse que eles poderiam obter seu globo ocular, mas não o dinheiro arrecadado para o Buda. Depois que Hai Tong desenterrou seu globo ocular, esses oficiais fugiram assustados. O projeto estava pela metade quando Hai Tong faleceu, e dois de seus discípulos continuaram o trabalho. Após um total de 90 anos e trabalho árduo, o projeto foi finalmente concluído.


Com uma história tão longa e uma fama mundial, a renovação do Buda recebeu grande atenção tanto no país quanto no exterior. O Buda quase foi destruído pela erosão do vento e da chuva antes de 1963, quando o governo chinês iniciou o trabalho de reparo. Atualmente, as obras de manutenção estão em andamento sob a orientação de especialistas da UNESCO.


Leshan Giant Buddha

Em 693 DC, um dos empreendimentos mais colossais da história pré-moderna começou a acontecer. Um monge budista chamado Haitong decidiu que queria construir uma estátua de Buda na província de Sichuan, na China. Mas não seria qualquer estátua de Buda. Esta estátua do Buda seria esculpida na encosta de uma montanha próxima a um rio na esperança de que o Buda fosse capaz de controlar os tempestuosos espíritos do rio e permitir a passagem segura para os numerosos viajantes desse rio.

Depois de economizar esmolas por 20 anos, Haitong economizou moedas de cobre suficientes para começar a construir esta estátua monumental. Ele pediu a ajuda de outros monges, pedreiros e seus discípulos e eles trabalharam incansavelmente para criar a visão do Haitong. Como o projeto era maior do que Haitong havia imaginado, ele não tinha dinheiro suficiente para cobrir todos os custos e solicitou um subsídio do governo. Logo após o início do projeto, a lenda diz que funcionários do governo fizeram lobby pelo cancelamento do apoio ao projeto Haitong & # 8217s a fim de manter o dinheiro para eles, mas Haitong lutou por sua causa. A lenda afirma que Haitong disse a eles que eles teriam seus olhos antes de terem o dinheiro para a estátua de Buda. Quando eles pressionaram mais, em um acesso de raiva religiosa, Haitong arrancou os próprios olhos e os lançou contra os funcionários do governo. Assim aterrorizado e convencido de sua convicção, ninguém jamais tentou pegar aquele dinheiro novamente.

Infelizmente, Haitong morreu antes de sua estátua ser concluída e, após sua morte, os funcionários do governo tiveram sucesso em desviar fundos do projeto para seus próprios interesses especiais. A estátua definhou, inacabada, por 70 anos até que um governador militar regional financiou a realização do sonho do Haitong & # 8217 e a estátua foi finalmente concluída em 803 DC.

Curiosidade: há 1.021 pãezinhos enrolados no penteado do Buda & # 8217s. Outro fato curioso é que as orelhas desta estátua têm 7 metros de comprimento, são feitas de madeira e estão cobertas de lama.

Quando você chega pela primeira vez ao Leshan Buddha Park, você realmente não vê muito. Bem, depois de passar por alguns templos e pagodes, você chega a esta área aberta com grades reveladoras que ziguezagueiam por longas filas de pessoas. E, sério, essa era uma linha LOOOOOOOOOOOONG. Desde o momento em que entramos na fila até chegarmos ao fim da escada na base do Buda, ficamos na fila por pouco mais de 2 horas. Mas pelo menos a fila estava amontoada perto do topo da estátua e nós pudemos nos divertir tentando tirar fotos dela sem uma das bilhões de outras pessoas que estavam tentando fazer a mesma coisa.

Além de nos divertirmos dessa forma, havia um carrinho de lanches com muitas coisas para escolher. O único problema é que eles o têm ao lado da linha e a única maneira de comprar com ele é saindo da linha. E grite. Bastante. Aqueles de vocês que já estiveram na China sabem do que estou falando.

Por alguma razão, fui eleito a pessoa para ficar na fila e lutar contra as pessoas para que meu pedido fosse aceito. Tentei algumas vezes e fui empurrado ou gritado. E eu & # 8217m, não estou brincando. As pessoas estavam me empurrando fisicamente para fora do caminho. Não me dou bem em multidões e esse tipo de situação estava realmente fazendo minha ansiedade enlouquecer, mas acabei empurrando alguém para trás, mantive minha posição e peguei nossas batatas fritas e água. A próxima parte divertida foi voltar pela fila para encontrar Troy e Scott. Eu ficava dizendo & # 8220 com licença & # 8221 e tentando educadamente passar pelas pessoas, mas na maioria das vezes elas simplesmente ficavam lá ou olhavam para mim e então se moviam na minha frente. Foi tão frustrante!

Eventualmente, comecei a ficar bravo com a forma como as pessoas estavam sendo rudes e comecei a empurrar meu caminho através das pessoas. Algumas pessoas tentaram me bloquear (que merda!) E tive que usar muita força, o que me deixou péssimo, mas por que não estavam me deixando passar? A certa altura, tive que passar por dois caras que estavam me bloqueando e acabaram deixando cair algumas das minhas coisas. É realmente difícil carregar 4 garrafas de água e três sacos de batatas fritas sozinho enquanto tenta proteger uma câmera grande. Eu realmente queria ir para casa naquele momento e estava prestes a chorar. O homem idoso na minha frente se virou e me ajudou a pegar minhas coisas e se afastou para que eu pudesse passar. Ele foi a única pessoa gentil em toda a linha e eu ainda sou grato a ele por isso. Quando voltei para Troy e Scott, estava super frustrado e disse a eles da próxima vez que estivéssemos nessa situação que um dos dois seria deixado para trás para lutar contra a multidão. Isso não foi divertido. Mas depois de alguns minutos sem estresse, consegui me acalmar e controlar minha ansiedade.

Logo chegamos a uma área onde poderíamos tirar fotos do Buda e todos nós nos revezamos tirando fotos uns dos outros. Foi muito divertido.

É tão embaraçoso, mas você pode ver totalmente como estou suada. Estava tão quente e úmido naquele dia. Não sei como Troy não é uma bagunça suada porque também suava, mas você pode ver isso perfeitamente em mim. Apesar de ter sido frustrante conseguir a água extra, eu estou feliz por ter feito isso, porque não esperávamos que estivesse tão quente e estivesse em pleno sol o tempo todo em que estivemos na fila.

Depois de uma hora e meia ziguezagueando lentamente, finalmente descobrimos qual era o atraso. Para descer até o Buda, você tem que descer uma escada estreita em ziguezague de 1.640 pés que foi esculpida na lateral da montanha. É muito íngreme no final, então as pessoas estavam indo muito devagar. É meio difícil culpá-los por isso.

Uma das coisas interessantes sobre a face da rocha (e outra razão pela qual a linha se move tão lentamente pelas escadas) é que há entalhes em toda a parede. Você pode ver vários na imagem acima. Os poucos que pudemos ver em nossa descida eram bem legais.

Não foi até que chegamos ao fundo das escadas que nos deparamos com a verdadeira magnitude de exatamente a altura dessa estátua.

O Buda Gigante Leshan, também conhecido como Dafo, tem 233 pés de altura. A extensão de seus ombros é de 92 pés e cada sobrancelha tem 18 pés. Sério, eles poderiam caber quase 3,5 de mim em uma sobrancelha. UAU.

Outra coisa interessante a se notar é que existe um sistema de drenagem que atravessa a estátua para ajudar na proteção contra erosão e intempéries. Existem buracos no cabelo, no colarinho, no peito e na parte de trás das orelhas para evitar que uma quantidade excessiva de água escorra por toda a estátua. E também há manutenção regular para limpar o excesso de musgo e reparar qualquer dano significativo.

Passamos cerca de meia hora tirando fotos na base do Buda. Teríamos ficado mais tempo, mas depois de passar mais de duas horas sob o sol direto, estávamos prontos para sair. Mas, antes de fazermos isso, tínhamos que tirar nossa selfie. Por esta altura, praticamente toda a minha camisa estava encharcada. lol.

Sair da área de Buda é um pouco mais fácil do que chegar e eu recomendo totalmente visitar pela saída. Vimos algumas pessoas fazendo isso e gostaríamos de ter feito isso. As pessoas gostam de ficar na parte inferior por um tempo e as escadas de saída não estão quase tão lotadas quanto as escadas de entrada. Além disso, eles são mais largos e não tão íngremes.

Existem também alguns túneis bem entalhados para percorrer. Eu amo a textura nas paredes. É realmente legal.

Também os encontramos em uma parede nos túneis. Não tenho ideia do que eles dizem, mas eles parecem realmente legais.

Balsas para Yibin, Luzhou e Chongqing estão disponíveis no porto da cidade.


Os 8 principais fatos sobre o Buda Gigante de Leshan

O Buda Gigante Leshan, também conhecido como Buda Gigante Lingyun, é o maior Buda de pedra do mundo. Tem 71 metros de altura. É 8 metros mais alto do que os Budas Bamyan no Afeganistão.

Este Buda Gigante foi esculpido na encosta de um penhasco em Leshan, na província de Sichuan. Este site recebe mais visitantes em Leshan.

Demorou 90 anos para esculpir o Buda Gigante de Leshan, isso foi durante a Dinastia Tang. As pessoas daquela época adoravam Maitreya, portanto, eles construíram esta estátua para trazer brilho e felicidade.

Sentado ao longo das margens dos rios Min, Qingyi e Dadu, o Buda Gigante Leshan tem as mãos nos joelhos enquanto seus olhos estão fixos no rio.

Este lugar também é frequentado por budistas que prestam homenagem a Maitreya. O local e a estátua foram listados como Patrimônio Mundial da UNESCO junto com o Monte Emei em 1996.

Aqui estão os principais fatos sobre o Buda Gigante de Leshan.

1. O Buda Gigante de Leshan é a maior escultura em pedra do mundo

Por Ariel Steiner & # 8211 Wikimedia

Esta é uma estátua de Maitreya em uma postura sentada. É também o maior Buda de pedra esculpida do mundo.

O Buda Gigante apareceu em poesia, canções e histórias. Este projeto foi iniciado por um monge chamado Hai Tong.

Ele estava preocupado com a longanimidade das pessoas que ganhavam a vida ao redor da confluência dos três rios. Suas atividades diárias os colocam em grande risco diariamente.

Quando Hai Tong faleceu, o projeto estava pela metade. Foi continuado por dois de seus ardentes discípulos. Eles terminaram em 803 AC.

A segurança das pessoas foi garantida, uma vez que nenhum acidente foi relatado. As correntes dos rios foram alteradas por depósitos do Buda Gigante.

2. Demorou mais de 90 anos para completar este Buda gigante

A escultura do Buda Gigante de Leshan começou no ano 713 durante o reinado da Dinastia Tang.

Cerca de 3.000 escultores trabalharam na estátua durante os 90 anos que levou para concluí-la. Como o maior Buda de pedra esculpida do mundo, o Buda Gigante é destaque em poesia, canções e histórias.

Hai Tong esperava que o Buda ajudasse a acalmar as águas turbulentas. Muitos navios caíram e viraram ao longo da confluência do rio.

Ele fez campanha para obter financiamento para este projeto. A certa altura, ele ameaçou arrancar os olhos em sinal de devoção se o financiamento fosse interrompido.

A obra foi paralisada após sua morte por falta de financiamento. Seus discípulos continuaram o trabalho depois de serem financiados por um oficial local.

3. O Buda Gigante Leshan pode mostrar emoções

Por André Holdrinet & # 8211 Wikimedia

Este Buda Gigante ficou triste e feliz em vários momentos. Ele faz isso fechando os olhos quando está triste ou mostrando felicidade quando está satisfeito com uma situação particular.

No entanto, foi dito que isso foi causado pelo mau tempo e pela poluição do ar.

Os casos em que as pessoas acreditaram que o Buda Gigante de Leshan chorou foram em 1962, 1963 e 1976. Ele mostrou felicidade em 1994, 2001 e 2002.

Em 1962, ocorreu um desastre natural que durou dois anos. Diz-se que isso fez com que o Buda Gigante fechasse os olhos. Ele não suportava ver as pessoas sofrerem.

Milhões de pessoas perderam a vida de fome. O Buda não suportou ver tal tragédia. Lágrimas foram vistas escorrendo pela face do Buda Gigante.

4. A escultura retrata um famoso Buda

Por BrightRaven & # 8211 Wikimedia

Este Buda Gigante foi esculpido no século 8 durante a Dinastia Tang. O cérebro por trás do projeto foi Hai Tong.

Na época em que a estátua foi esculpida, era o auge da cultura budista na China antiga. Esta estátua retrata Maitreya, um Buda muito popular na Dinastia Tang.

Acredita-se que quando Maitreya vem ao mundo, ele traz paz com ele. Uma soberana chinesa, Wu Zetian, acreditava que reencarnava como Maitreya. Ela apoiou fortemente o projeto.

Acredita-se que o Buda Gigante seja a fonte de luz e felicidade. Hai também acreditava que o Buda protegeria as pessoas das enchentes.

5. Foi esculpido para apaziguar os deuses

Por Christopher J. Martin Pacemparabellum & # 8211 Wikimedia

O budismo foi uma das religiões mais importantes da China antiga. Muitas pessoas construíram estátuas ao redor do Buda gigante para agradecer aos deuses.

O monge budista Hai Tong estava preocupado com a segurança da população local. Essas pessoas ganhavam a vida com os três rios.

As pessoas viajavam no rio em barcos e perdiam a vida nas águas turbulentas. Então, Hai acreditava que para acabar com isso, eles precisavam apaziguar os deuses.

Ele levou mais de 20 anos para levantar fundos para este projeto. Ele se recusou a obter ajuda do governo porque eles queriam obter lucros pessoais.

Ele até mesmo extraiu o globo ocular em protesto contra as autoridades locais. Eles recuaram após este incidente.

6. Não houve acidentes no rio durante o tempo em que o Buda estava sendo esculpido

Depois que o Buda foi concluído, nenhum caso de naufrágio foi relatado. O que mudou foi que os pedaços de pedras retirados da falésia foram levados para o rio e este, por sua vez, reduziu as turbulências das correntes.

Satisfeito com isso, as pessoas construíram tumbas da Dinastia Han perto do Buda Gigante de Leshan. Esses locais históricos tornam o Buda Gigante de Leshan predominantemente importante para os arqueólogos e para a pesquisa do estilo de vida das pessoas nos tempos antigos.

Um sofisticado sistema de drenagem foi adicionado ao Buda Gigante de Leshan quando ele foi construído. Inclui tubos de drenagem entalhados em vários lugares da estátua. Ele drena a água e reduz o desgaste.

7. O Buda Gigante Leshan foi danificado severamente

No início da Dinastia Song do Norte, o Buda Gigante Leshan foi danificado. Pouco cuidado foi dado e estava coberto de musgo. O pavilhão de madeira até desabou.

Foi reparado durante o reinado de Song Renzong. O pavilhão de madeira foi reconstruído. Depois disso, há poucas informações que mostram a reconstrução e desconstrução do Buda.

A poluição dos empreendimentos na região também afetou muito o Buda Gigante.

8. Pode-se ver o Buda Gigante de Leshan em um barco

Para ter uma boa visão do enorme Buda Gigante de Leshan, pode-se pegar um barco. Isso economiza tempo e energia ao subir nas pranchas de madeira.

O barco é compartilhado por um grupo de turistas e faz um cruzeiro em frente ao rio com paradas frequentes. Os turistas apreciam as vistas panorâmicas do Buda e, em seguida, retornam ao cais.

Também se pode optar por passeios a pé e de barco. O barco pode ser levado até o Píer de Baxiandong.

Lilian

Colaboradores do Discover Walks falam de todos os cantos do mundo - de Praga a Bangkok, de Barcelona a Nairobi. Podemos todos vir de diferentes estilos de vida, mas temos uma paixão em comum - aprender por meio de viagens.

Se você deseja aprender a história de uma cidade ou simplesmente precisa de uma recomendação para sua próxima refeição, a equipe Discover Walks oferece uma enciclopédia de viagens em constante crescimento.

Para obter informações locais e dicas de viagem de especialistas que você não encontrará em nenhum outro lugar, pesquise quaisquer palavras-chave na barra de ferramentas superior direita desta página. Viagens felizes!


Como Viajar o Buda Gigante de Leshan: De Barco VS Caminhadas

Mapa turístico do Buda Gigante de Leshan

Existem duas maneiras de ver o Buda Gigante. Um é escalando a montanha Lingyun e observando o Buda de uma distância muito próxima. Desta forma, o viajante entrará na área cênica e caminhará até o topo da montanha, chegará à cabeça de Buda, caminhará pelas estrelas em zigue-zague Nine Bends Plank Road. A caminhada é única e interessante quando você vê o tamanho enorme de cada parte, a grande cabeça, orelha, olhos, pés e unhas, e muitos templos bonitos e relíquias budistas ao longo do caminho. São necessárias boas condições físicas e bastante tempo e paciência. Seu tempo e esforço valem a pena, uma vez que você se ponha de pé, olhando para a magnífica estátua de Buda. Mas pode ser longo e lento quando há grandes multidões.

Viaje pelo Buda Gigante de Leshan de barco ou caminhada

Se você deseja evitar a caminhada lotada na montanha, em uma agenda apertada ou gosta de ver a vista panorâmica do Buda, os viajantes podem aproveitar um passeio de barco agradável para ver o Buda Gigante. Existem duas maneiras de pegar um barco. A primeira e mais popular opção é fazer um passeio de barco em Baxiandong ou no Terminal de Cruzeiros Leshan. Use um salva-vidas a bordo e você será levado para apreciar a vista panorâmica do Buda Gigante do barco. O bilhete do passeio de barco é de 70CNY por pessoa, e você pode tirar fotos com o Buda sozinho ou com serviço pago na área panorâmica. Todo o passeio de barco dura cerca de 30 minutos, e você voltará ao porto de embarque. Outra maneira barata é pegar um barco no Píer de Tieniumen para a Ilha do Sol (uma pequena ilha a 500 metros do Buda), onde você pode ver a vista completa à distância e desfrutar da hora do chá relaxante em uma casa de fazenda local. A Ilha do Sol é muito popular entre a população local. Mais detalhes sobre a visita ao Buda gigante de Leshan de barco ou caminhada >>

Observação: 1.) O Terminal de Cruzeiros de Baxiandong está localizado a cerca de 1 km da bilheteria no mesmo lado do Buda, enquanto Leshan Dock / Port está localizado do outro lado do rio de frente para o Buda. 2.) Não é necessário comprar o ingresso se for de barco. 3.) Na estação chuvosa de verão, o nível da água aumentará e o passeio de barco poderá ser suspenso por segurança.


O Buda gigante de Leshan chora pelos crimes contra Deus e a humanidade

O Buda gigante de Leshan, na parte sul da província de Sichuan, na China, é a maior e mais alta estátua de pedra do Buda do mundo. (Imagem: Ariel Steiner via wikimedia CC BY-SA 2.5)

História não contada por trás da música "The Sound Of Silence" de Simon e Garfunkel

Conheça um Cavalo Milagroso: Peyo, o Curandeiro

Por que as mulheres chinesas usam pulseiras de jade

Artistas e seu papel na sociedade

Antigos penteados chineses ao longo dos anos

7 benefícios para a saúde de tâmaras vermelhas chinesas

Um conto de fadas da vida real em Isola Di Loreto, na Itália

Os incríveis efeitos das cebolas embebidas em vinho tinto

Por que a Samsung parou de fazer players Blu-Ray

Skystone: as fascinantes pedras alienígenas que caem na Terra

A maior e mais alta estátua de pedra do Buda do mundo, o Leshan Giant Buddha, está localizada no Pico Qifeng da montanha Lingyun, que está localizado na confluência de três rios - o rio Min, o rio Qingyi e o rio Dadu - na parte sul da província de Sichuan na China. A estátua que representa o Buda Maitreya em uma postura sentada tem 233 metros de altura. Foi construído entre 713 d.C. e 803 d.C. durante a metade da Dinastia Tang.

A cordilheira na qual o Buda Gigante de Leshan está localizado é percebida como tendo a forma de um Buda em repouso quando vista do rio. Com o Buda gigante de Leshan como seu coração, a população local costumava dizer que "a montanha é um Buda e o Buda é uma montanha".

Por centenas de anos, pessoas de todas as esferas da vida, assim como os turistas de hoje, têm visitado o local para ver a estátua do Buda, que foi incluída pela UNESCO na lista de patrimônios da humanidade desde 1996. Tornou-se um local cultural e patrimônio natural do mundo.

Na história, os olhos do Buda Gigante de Leshan se fecharam e derramaram lágrimas várias vezes.

Na história, os olhos do Buda Gigante de Leshan se fecharam e derramaram lágrimas várias vezes. (Imagem: Captura de tela / YouTube)

De acordo com registros relacionados, o Buda Gigante de Leshan fechou os olhos uma vez durante a Grande Fome na China entre 1959 e 1961. Durante esse tempo, inúmeras pessoas morreram de fome em Sichuan. Os moradores eram muito pobres e quando seus entes queridos morreram, seus corpos foram enrolados em esteiras de palha e colocados no rio. O Buda Gigante está localizado na parte inferior do rio e, todos os dias, cadáveres flutuam rio abaixo, passando pelo Buda Gigante. O Buda Gigante, uma noite durante esse tempo, de repente fechou os olhos. A população local testemunhou esse fenômeno e pensaram que Buda não suportaria ver tamanha miséria e horror.

Acreditava-se que quando os olhos do Buda Gigante de Leshan se fecharam, foi um sinal sinistro. Este fenômeno alarmou as autoridades do Partido Comunista Chinês (PCC). Então, eles ordenaram que o trabalho de "reconstrução" fosse realizado nos olhos do Buda. Naquela época, as fotos do Buda com os olhos fechados ainda estavam preservadas no Leshan Exhibition Hall.

Em 1966, o movimento de 10 anos da Revolução Cultural de Mao Zedong infligiu catástrofes, destruição total e trágico desastre à cultura tradicional chinesa. Durante esse período terrível de carnificina, os olhos do Buda se fecharam e choraram silenciosamente.

Foi dito que as fotos do Buda Gigante chorando fizeram o PCC entrar em pânico. Eles gastaram US $ 6,8 milhões para limpar e reconstruir o Buda Gigante. No entanto, eles ainda não conseguiram limpar as lágrimas do canto dos olhos do Buda Gigante!

O PCC gastou US $ 6,8 milhões para limpar e reconstruir o Buda Gigante, mas falhou em apagar as lágrimas do canto dos olhos do Buda Gigante & # 8217s! (Imagem: Captura de tela / YouTube)

Em julho de 1976, após o terremoto de magnitude 7,8 em Tangshan, toda a cidade foi arrasada, causando centenas de milhares de mortes. Após o terremoto, a população local em Sichuan descobriu que os olhos do Buda Gigante de Leshan estavam fechados novamente. Desta vez, o Buda parecia zangado e chorou.

A última vez que o Buda gigante derramou lágrimas foi em 7 de junho de 1994. Com base em relatos de testemunhas oculares, turistas em um navio de cruzeiro testemunharam o pranto de Buda. Logo depois que o navio de cruzeiro se aproximou da costa, o Buda foi visto sorrindo alegremente, embora as lágrimas ainda estivessem no rosto do Buda. Desta vez, os turistas choraram de felicidade. Um professor taoísta e seu discípulo também estavam no navio de cruzeiro.

O discípulo perguntou ao seu Mestre: & # 8220Por que o Buda Gigante de Leshan derramou lágrimas? & # 8221

O taoísta respondeu: "O mundo não sabe como respeitar o Buda e o Buda está preocupado com o mundo."

Traduzido por Chua BC e editado por Michael Segarty

Siga-nos no Twitter ou inscreva-se na nossa lista de e-mail


Importância de Buda / Budismo

Leshan Giant Buddha - o maior do mundo - Leshan Giant Buddha. Foto de Phil Parsons O budismo, uma religião não teísta, abrange uma variedade de ensinamentos, crenças e tradições baseadas nos ensinamentos de Buda. Gautama Buda , amplamente considerado o fundador do budismo, acredita-se que viveu e realizou seus ensinamentos por toda a Índia.
Com aproximadamente 350-660 milhões de budistas em todo o mundo, os seguidores são encontrados principalmente na Ásia, a religião agora é verdadeiramente global, com ramos principais encontrados na maioria dos países.
Existem muitas estátuas de Buda em todo o mundo e muito pode ser aprendido com a posição do Buda. O Buda Gigante em Sichuan é um Buda Maitreya sentado com as mãos apoiadas nos joelhos enquanto olha através da água. No budismo, um Buda Maitreya, também conhecido como Buda da medicina, representa "a personificação da bondade amorosa", especificamente, a bondade "desapegada e incondicional".

Leshan Giant Buddha Scenic Area

Finalmente chegamos ao parque onde o Buda Gigante de Leshan repousa (literalmente, já que está sentado há mais de mil anos). Este ícone surpreendente de 71 metros de altura foi esculpido em um penhasco de arenito vermelho entre 713 e 803AD, tornando-o de longe a maior estátua pré-moderna do mundo. O Buda Maitreya (um dos muitos Bodhisattiva ou encarnações do Buda) fica na confluência dos rios Min e Dadu de frente para o Monte Emei, a mais alta das quatro sagradas montanhas budistas da China (com 3099 metros) e é realmente um local maravilhoso para ver.

Uma passagem panorâmica leva peregrinos e turistas em um círculo elevado ao redor da estátua gigante, onde se pode realmente apreciar os detalhes incríveis que entraram na construção de uma estrutura tão majestosa. A largura da estátua é de 28 metros de ombro a ombro e cada orelha sozinha mede cerca de 7 metros!

A atenção aos detalhes é realmente fascinante, afinal a construção da estátua demorou apenas 90 anos!

Embora alguma degradação tenha ocorrido obviamente ao longo dos mais de mil anos desde sua construção, a estátua foi declarada patrimônio da UNESCO em 1996, o que significa que sua conservação é salvaguardada por várias entidades. Os construtores originais integraram um sistema de drenagem dentro da estátua que controla o fluxo da água da chuva, limitando a erosão da estrutura.


10. O Buda Tian Tan

O Buda Tian Tan é o Buda de bronze sentado ao ar livre mais alto do mundo & # 8217s. Ele está localizado em Ngong Ping, Ilha de Lantau, em Hong Kong. Oye-sensei, Flickr.com, Creative Commons License

O décimo Buda em nossa lista é o único moderno. O Buda Tian Tan de Hong Kong foi concluído em 1993. Mas ele rapidamente se tornou um dos Budas mais fotografados do mundo. O Buda Tian Tan tem 34 metros de altura e pesa 250 toneladas métricas (280 toneladas curtas). Ele está localizado em Ngong Ping, Ilha de Lantau, em Hong Kong. A estátua é chamada de & # 8220Tian Tan & # 8221 porque sua base é uma réplica de Tian Tan, o Templo do Céu em Pequim.

A mão direita do Buda Tian Tan & # 8217s é levantada para remover a aflição. Sua mão esquerda repousa sobre o joelho, representando felicidade. Diz-se que em dias claros o Buda Tian Tan pode ser visto tão longe quanto Macau, que fica a 40 milhas a oeste de Hong Kong.

Ele não tem rival em tamanho para a pedra do Buda de Leshan, mas o Buda Tian Tan é o maior Buda de bronze sentado ao ar livre do mundo. A enorme estátua levou dez anos para ser lançada.


Assista o vídeo: Leshan, Wielki Budda i wielkie kolejki