11 de outubro de 1943

11 de outubro de 1943


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

11 de outubro de 1943

Outubro de 1943

1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
> Novembro

Ocupantes

Os lutadores da resistência destroem os altos-fornos em Zenica, no centro da Bósnia

Índia

Madras sofre seu primeiro ataque aéreo, realizado por uma única aeronave japonesa



11 de outubro de 1943 - História

77 'Elco
PT-20 participou da Batalha de Midway
PT-21 participou da Batalha de Midway
PT-22 participou da Batalha de Midway
Viagem PT-23 abortada para Midway Atoll devido a virabrequim quebrado
PT-25 participou da Batalha de Midway
PT-28 participou da Batalha de Midway
PT-31 afundou em 20 de janeiro de 1942
PT-32 fugiu em 13 de março de 1942 na Ilha Tagauayan
PT-33 afundou para evitar a captura em 26 de dezembro de 1941
PT-34 afundado em 9 de abril de 1942 por bombas lançadas por F1M2 Petes
PT-35 afundou em 12 de abril de 1942
PT-37 afundado em 1º de fevereiro de 1943
PT-41 destruída em 15 de abril de 1942
PT-43 afundou em 2 de janeiro de 1943
PT-44 afundado em 12 de dezembro de 1942 por tiros dos contratorpedeiros Kawakaze e Suzukaze
PT-48 & quotPrep Tom / Deuce & quot exibido na Fleet Obsolete
PT-59 afundou destroços de 1976 resgatados em junho de 2020
Destino final desconhecido da PT-60 oficialmente atingido em 21 de abril de 1944
PT-61 reclassificado em 16 de fevereiro de 1944 como um pequeno barco C68371, destino final desconhecido
PT-63 afundado devido a acidente em 18 de junho de 1944
PT-67 destruída em 17 de março de 1943 durante acidente de reabastecimento em Tufi
PT-68 aterrado / afundado em 1º de outubro de 1943
80 'Elco
PT-107 & quotBlack Magic & quot afundado durante acidente de reabastecimento 18 de junho de 1944
PT-108 & quotPlywood Bastard / 8 Boat / Lil 'Duck & quot afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-109 afundado em 2 de agosto de 1943, capitão John F. Kennedy dois MIA, tripulação resgatada
PT-110 afundado por carga de profundidade após a colisão com PT-114
PT-111 afundado em 1º de fevereiro de 1943 pelo contratorpedeiro Kawakaze
PT-112 afundado em 11 de janeiro de 1943 pelos destróieres Hatsukaze e Tokitsukaze
PT-113 & quotGreen Banana / Zero Chaser & quot aterrado em 8 de agosto de 1943
PT-114 afundado em 28 de outubro de 1945
PT-117 afundado em 1º de agosto de 1943 no porto de Rendova por uma bomba lançada por aeronaves japonesas
PT-119 destruída em 17 de março de 1943 durante acidente de reabastecimento em Tufi
PT-121 & quotSnafu & quot afundado por fogo amigo em 27 de março de 1944
PT-122 destruída em 28 de outubro de 1945
PT-123 afundado em 1º de fevereiro de 1943 pelo F1M2 Pete ao largo de Guadalcanal
PT-124 & quotWho Me? & Quot afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-126 afundou em 24 de novembro de 1945 ao largo de Samar
PT-128 afundou em 10 de novembro de 1945 ao largo de Samar
PT-130 afundou em 28 de outubro de 1945 nas Filipinas
PT-131 afundou em 10 de novembro de 1945 em Samar
PT-132 & quotLittle Lulu & quot afundou em 10 de novembro de 1945 em Samar
PT-133 & quotNew Guinea Ferry & quot afundado em 15 de julho de 1944 por uma bateria em terra
PT-143 afundou em 28 de outubro de 1945 ao largo de Samar
PT-146 afundou em 28 de outubro de 1945 ao largo de Samar
PT-150 & quotLady Lucifer / Joker / Princessr & quot afundou em 26 de outubro de 1945 em Samar
PT-153 afundou em 4 de julho de 1943
PT-154 danificado ao largo de Shortland de 13 a 14 de novembro de 1943
PT-157 & quotAces and Eights / Old Pickle Puss & quot afundado em 27 de novembro de 1945
PT-158 afundou em 5 de julho de 1943
PT-164 & quotFubar & quot afundado em 1º de agosto de 1943 no porto de Rendova por uma bomba lançada por aeronaves japonesas
PT-162 afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-163 afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-166 afundado por B-25 Mitchell em 20 de outubro de 1943
PT-167 sobreviveu à guerra, afundado em 11 de novembro de 1945
PT-168 "Raidin 'Maiden" fugiu em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-169 afundou em 24 de novembro de 1945 em Samar
PT-170 afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-171 afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-172 destruída para evitar captura em 7 de setembro de 1943
PT-173 perdido a bordo do SS Stanvac Manila quando torpedeado em 24 de maio de 1943
PT-174 & quotHickory & quot afundou em 11 de novembro de 1945 em Samar
PT-187 & quotEight Ball & quot afundado em 24 de novembro de 1945
PT-190 & quotJack O 'Diamonds & quot vendido em março de 1946 destino desconhecido
PT-191 & quotBambi & quot destino final desconhecido provavelmente descartado
O capitão do PT-193 & quotBitchin 'Witch & quot Taylor fugiu em 25 de junho de 1944
PT-194 & quotLiberty Hound & quot afundado em 6 de novembro de 1945 Samar
PT-320 afundado em 5 de novembro de 1944 Leyte Gulf
PT-323 afundado por ataque kamikaze, primeiro afundado por ataque suicida
PT-331 afundou em 10 de novembro de 1945
PT-336 afundou em 6 de novembro de 1945 em Samar
PT-337 destruída em 7 de março de 1944 na Baía de Hansa
PT-338 aterrou em 27 de janeiro de 1945 na Ilha de Semirara e afundou
PT-346 afundado por fogo amigo em 29 de abril de 1944
PT-347 & quotZombie & quot afundado por fogo amigo em 29 de abril de 1944
PT-350 & quotShifty-Fifty & quot danificado por fogo amigo em 29 de abril de 1944
PT-353 afundado por fogo amigo em 27 de março de 1943
PT-354 vendido em maio de 1946 destino final desconhecido
PT-381 vendido em maio de 1946 destino final desconhecido
PT-373 vendido em maio de 1946 destino final desconhecido
PT-382 vendido em maio de 1946 destino final desconhecido
PT-486 em restauração nas marcações da PT-109
PT-615 (C105341, Tarbaby VI, Flagship III) vendido como excedente, vários proprietários hoje Frota obsoleta
PT-617 & quotDragon Lady / Big Red Cock & quot exibido no PT Boat Museum / Battleship Cove
78 'Higgins
PT-81 & quotBig One / Half Hitch & quot afundou em 23 de novembro de 1945 em Samar
PT-223 & quotBall Buster & quot afundou em 6 de novembro de 1945 em Samar
PT-300 afundado em 18 de dezembro de 1944 ao largo de Mindoro por Ki-51 Sonia (erroneamente identificado como D3A Val) ataque kamikaze
PT-305 restaurado em condições de navegabilidade e operado pelo Museu Nacional da Segunda Guerra Mundial (Museu do Dia D) no Lago Pontchatrain
PT-365 afundou em 1º de novembro de 1945 em Samar
PT-459 & quotMahogany Ameaça & quot (Beachcomber IV) vendido como excedente, vários proprietários hoje Frota Obsoleta
PT-658 restaurado em 2005 pela Save The PT-Boat
PT-796 & quotTail Ender & quot exibido no PT Boat Museum / Battleship Cove
70 'Vosper
PT-724 (Endeavor II) vendido como excedente, vários proprietários hoje Liberty Aviation Museum
PT-728 restaurado e operado pelo Liberty Aviation Museum

Contribuir com informações
Você tem fotos ou informações adicionais para adicionar?


Preparação para a Segunda Guerra Mundial: janeiro de 1931 a agosto de 1939

O acúmulo da Segunda Guerra Mundial aumentou quando Adolf Hitler adquiriu mais poder ao se tornar chanceler da Alemanha nazista em janeiro de 1933. A linha do tempo da Segunda Guerra Mundial abaixo resume eventos importantes que ocorreram de 30 de janeiro de 1933 a 14 de outubro de 1933.

Cronograma da Segunda Guerra Mundial: 30 de janeiro a 14 de outubro

30 de janeiro: Adolf Hitler torna-se chanceler da Alemanha nazista.

4 de fevereiro: Adolf Hitler reforça seu poder absoluto na Alemanha nazista com o decreto "Pela Proteção do Povo Alemão", que dá aos nazistas autoridade para censurar publicações e banir a agitação política.

27 de fevereiro: o Reichstag edifício em Berlim está incendiado. O governo de Adolf Hitler acusa os comunistas de incêndio criminoso, desencadeando uma repressão anticomunista em toda a Alemanha nazista.

20 de março: O chefe da SS, Heinrich Himmler, anuncia o estabelecimento de Dachau, o primeiro campo de concentração nazista. O campo receberá seus primeiros internos, presos políticos, nos próximos dias.

23 de março: Nazista da Alemanha Reichstag aprova a Lei de Capacitação, conferindo a Adolf Hitler poderes ditatoriais totais.

27 de março: O Japão anuncia que não fará mais parte da aparentemente impotente Liga das Nações.

1 de Abril: Adolf Hitler ordena um boicote a todos os negócios de propriedade de judeus na Alemanha nazista. O boicote em si falha quando a maioria dos cidadãos alemães o ignora, mas Adolf Hitler seguirá com uma série de leis que efetivamente estrangulam as liberdades civis dos judeus alemães.

7 de abril: Com a aprovação da Lei Ariana, qualquer alemão que seja um quarto ou mais judeu está impedido de trabalhar no serviço público.

14 de julho: Todos os partidos políticos alemães, exceto o Partido Nazista, são proibidos.

14 de outubro: A Alemanha nazista anuncia que pretende seguir o exemplo do Japão e retirar-se da sitiada Liga das Nações.

Manchetes da Segunda Guerra Mundial

Abaixo estão mais destaques e imagens que descrevem os eventos da Segunda Guerra Mundial e mostram os detalhes do aumento do poder do nazista, bem como a ofensiva militar do Japão contra a China no início dos anos 1930.

o Reichstag incêndio: Menos de um mês depois que Adolf Hitler foi nomeado chanceler, o incêndio criminoso deu aos nazistas uma desculpa para suspender as liberdades civis e reprimir seus inimigos políticos. Em 27 de fevereiro de 1933, o Reichstag O edifício (parlamento) em Berlim pegou fogo e um comunista holandês encontrado no local foi acusado do crime. Alegando que atos de terrorismo estavam prestes a estourar em toda a Alemanha nazista, os nazistas impuseram a lei marcial, fizeram prisões em massa e executaram execuções sumárias. Muitos historiadores acreditam que os próprios nazistas atearam fogo.

O Exército Kwangtung captura o Passo Shanhai da Grande Muralha: Assim que os japoneses estabeleceram o governo fantoche de Manchukuo, o Exército Kwangtung voltou sua atenção para as províncias do nordeste da China. Alcançou seu primeiro objetivo, a captura de Shanhai Pass - a fortaleza mais oriental da Grande Muralha - em 3 de janeiro de 1933. Depois que o Japão tomou a província chinesa de Jehol em 1 de março, as tropas chinesas tentaram fazer uma resistência ao longo do Grande Muro, mas o Japão os expulsou do Muro em 12 de maio. Representantes de ambos os países assinaram a Trégua Tanggu em 22 de maio, cujas disposições favoreciam inteiramente os japoneses. A China abandonou Jehol e concordou com uma zona desmilitarizada de 160 quilômetros ao sul da Grande Muralha.

Os sucessos militares do Japão alimentam suas futuras ambições imperiais no Pacífico e no Sudeste Asiático: A guerra russo-japonesa de 1904-1905 demonstrou o surgimento do Japão como uma potência significativa do século XX. Seu ataque surpresa bem-sucedido contra Port Arthur em 1904 - sem qualquer declaração de guerra - e a destruição da frota russa em Tsushima em 1905 também indicavam a maneira como o Japão poderia se conduzir estratégica e diplomaticamente no futuro. Na década de 1930, a liderança de um país cada vez mais militarista e radicalizado sentiu-se estrategicamente isolada e economicamente ameaçada pelo anglo-franco-norte-americano. invasões na região e pela falta de matérias-primas no Japão. Esses temores acabaram precipitando as campanhas do Japão na Manchúria e na China a partir de 1931. Seus sucessos militares alimentaram suas futuras ambições imperiais nas áreas do Pacífico e do Sudeste Asiático.

A Alemanha nazista continuou a ganhar força e Benito Mussolini fortaleceu seu exército italiano. Vá para a próxima página para uma linha do tempo detalhada destacando os eventos importantes da Segunda Guerra Mundial que ocorreram de novembro de 1933 a dezembro de 1934.

Para obter informações adicionais sobre a Segunda Guerra Mundial, consulte:

A chegada do comodoro norte-americano Matthew Perry em 1853 durante uma época de medo da colonização ocidental inspirou uma mudança radical na estrutura governamental do Japão. Por mais de 260 anos, o poder foi investido no shogunato Tokugawa descentralizado, enquanto a Corte Imperial em Kyoto permaneceu principalmente simbólica.

Reconhecendo que a autonomia contínua do Japão dependia de uma nação unificada e de um governo centralizado, um grupo de nobres e ex-samurais forçou o colapso do muito enfraquecido xogunato Tokugawa em 1868. A autoridade nominal foi devolvida ao imperador no que ficou conhecido como a Restauração Meiji , embora o poder real permanecesse nas mãos dos ativistas samurais que derrubaram o xogunato Tokugawa e assumiram o controle do novo governo.

O novo governo forçou a dissolução de cerca de 250 domínios semiautônomos e colocou todo o território sob controle central. A reforma continuou em 1889, quando a Constituição de Meiji estabeleceu uma legislatura bastante ineficaz de duas casas (a Dieta) e um gabinete de ministros politicamente poderoso sob o imperador. O sistema sofria de fraquezas fundamentais, pois os ministros não tinham que obedecer à Dieta. Como antes, o poder real permaneceu com a camarilha governante de dentro.

Durante o período do imperador Taisho (1912-26), um movimento democrático mudou brevemente sua influência para o parlamento e os partidos democráticos. No entanto, a depressão econômica na década de 1920 e a crescente assertividade dos militares logo sufocaram esse movimento.

O Exército e a Marinha já exerciam grande influência política por meio de seus próprios ministros de gabinete. Além disso, o papel passivo do imperador no governo permitiu que os militaristas florescessem. Os militares também reivindicaram imunidade do controle civil, alegando que apenas o imperador era o comandante-chefe das forças armadas. Os líderes políticos que se opunham à agenda militarista foram alvo de assassinato por jovens oficiais radicais.

Os militares demonstraram seu desdém pelo controle civil em 1931, quando o Exército Kwangtung tomou a Manchúria sem ao menos consultar seu próprio governo. Em 1941, quando o general Tojo foi nomeado primeiro-ministro, o Japão era essencialmente uma autocracia militar.


Atualidades em 29 de outubro de 1943



AS ESTRELAS E LISTRAS
O Jornal Diário das Forças Armadas dos EUA no Teatro Europeu de Operações
Vol. 3 No. 308 Nova York, N.Y. & # 8212Londres, Inglaterra, sexta-feira, 29 de outubro de 1943


Os nazistas correm para o oeste para escapar da armadilha soviética

Pescoço de saco
Está apertado
Por russos

Os alemães batalham ferozmente
Na Krivoi Rog para devagar
Braço de Pinças

Enquanto as tropas alemãs lutavam desesperadamente na noite passada em Krivoi Rog para segurar o braço norte de uma vasta
desenvolvendo pinças, outros no sul correram desordenadamente para o oeste para sair de um saco cujo pescoço estava sendo apertado pela grande descoberta russa no setor de Melitopol.
O Exército Vermelho que esmagou Melitopol estava avançando para oeste e noroeste na estepe Nogaisk a uma velocidade de até 18 milhas por dia. As colunas subindo de Melitopol estavam a apenas 30 milhas do Baixo Dnieper. Na noite anterior, havia se desenvolvido em uma corrida entre alemães dentro do Dnieper
Curva e russos no lado sul do rio. As forças soviéticas já deviam ao sul de Nikopol, no Dnieper, e qualquer fuga alemã deveria ser feita para sudoeste, descendo a ferrovia de Aposlovo a Kherson na foz do Dnieper.
O principal ponto ferroviário é o objetivo
O próprio Kherson era um objetivo primordial para ambos. Através dele está a última linha de trem de escape remanescente da Crimeia, cujo perigo aumenta a cada hora com a descoberta russa. Enquanto isso, os alemães estavam levando uma surra terrível no centro da Dnieper Bend, enquanto caíam de Dniepropetrovsk. Além de pesado
perdas em homens e material, eles foram forçados a ceder dois centros ferroviários importantes e 30 pontos povoados.
Uma luta violenta ocorreu em Krivoi Rog.
Os alemães jogaram tudo em uma tentativa fanática de impedir que a cunha russa se espatifasse para trás e as forças nazistas recuassem para o oeste na Curva. Grandes batalhas aéreas continuaram, com os alemães usando frotas de aviões de transporte para lançar suprimentos para os defensores sitiados.
Os bombardeiros russos estavam atacando as forças terrestres e martelando cruzamentos ferroviários e outros pontos-chave na área.

Avanços Aliados
Menace Isernia

Navios de tropa informados
Costa oeste da Itália
Para novos desembarques

As forças aliadas na Itália marcaram um avanço geral de três a quatro milhas ontem, enquanto o Oitavo Exército da Grã-Bretanha dirigia uma cunha nas posições alemãs no setor central, capturava a cidade montanhosa de Torella e aumentava a ameaça à grande base nazista de Isernia a 22,5 km de distância .
Enquanto as patrulhas do Quinto Exército sentiam a força inimiga ao longo da linha de Massico, 64 quilômetros a oeste, as tropas do Oitavo Exército ao longo do flanco da extrema direita avançavam mais ao norte pela estrada da costa do Adriático, ocupavam terreno elevado com vista para o Trigno e aumentavam sua cabeça de ponte sobre o rio.
Embora as colunas aliadas estivessem enfrentando uma resistência alemã cada vez mais dura de artilharia e morteiros, um despacho de Berna ao Svenska Dagbladet de Estocolmo disse, no entanto, que os nazistas estavam se preparando para evacuar o sul da Itália sob o novo comando supremo de Rommel.
Apoiando relatórios neutros anteriores de que os alemães temiam um novo desembarque aliado, despachos suíços disseram que uma grande concentração de transportes, navios de abastecimento e navios de guerra estava se formando na costa oeste da Itália e as tropas estavam se concentrando na Córsega para um novo ataque. Gaeta e Leghorn foram mencionados como possíveis zonas de ataque.

Japs em Rabaul
Pegue de novo

58 aviões ensacados como libs
Retornar para -Base para
3º dia consecutivo

ALLIED HQ., Southwest Pacific, outubro
28 & # 8212Rabaul,
A Nova Grã-Bretanha & # 8212o Hamburgo do Pacífico Sul & # 8212 recebeu outra colagem pesada ontem de bombardeiros e caças da Quinta Força Aérea que destruiu mais 58 aeronaves japonesas e aumentou para 181 o número de aviões inimigos destruídos em três dias.
O ataque, dirigido principalmente a um aeródromo ao norte de Rabaul, deixou muitos incêndios queimando e aviões e equipamentos estilhaçados por toda parte. Os Libs voaram através de uma das mais pesadas barragens antiaéreas já oferecidas sobre a grande base da Nova Grã-Bretanha para lançar 150 toneladas de bombas.
Os B24s foram responsáveis ​​pela destruição de 21 aviões estacionados e danos a outros 23. Dos 70 caças que tentaram interceptar, os P38s abateram 37 e danificaram 20.


11 de outubro de 1943 - História

Distintivo de soldado de infantaria de combate
Distintivo e reconhecimento de exibição

Exemplo de reconhecimento de exibição:
Tamanho real: 8 1/2 x 11
Todas as missões de combate aplicáveis ​​entre a Segunda Guerra Mundial e agora.
Consulte a Operação Reconhecimento Retroativo para Extensão de Elegibilidade para Compromissos Antes da Segunda Guerra Mundial

Todas as missões de combate aplicáveis ​​devem incluir:

Requisitos do problema
Você deve enviar o seguinte:

PERCEBER
Este reconhecimento de exibição está disponível SOMENTE para destinatários autorizados que possuem pedidos, ou formulário de autorização, ou documentação de liberação que confirma a elegibilidade ao prêmio. (Consulte "Requisitos do problema"). Para obter uma Medalha de Exibição ou um Reconhecimento de Exibição por seu prêmio autorizado, você deverá fornecer documentação emitida por militares autorizando seu prêmio. Não há exceções.

AVISO!
Você NÃO deve enviar um documento militar ou fotocópia que:

  • foi alterado de alguma forma por você após
    a edição oficial do original
  • contém informações ou correções ou
    adições que você inseriu
  • lista prêmios ou treinamento que você conscientemente não recebeu
  • contém realce, colorização ou outras marcações que você inseriu

Esteja ciente de que, mediante solicitação, qualquer documento sabidamente fraudulento enviado por você será liberado para o Federal Bureau of Investigation (FBI), o que pode resultar em processo e / ou multa / prisão.

Perguntas por e-mail ou telefone: 1-562-422-4100 (fuso horário do Pacífico)

Você tem quatro tipos de exibição para escolher:
Preto e branco (sem cor)
Caixa de proteção pesada

Você pode solicitar o reconhecimento de tela usando a.

(* Após recepção da documentação exigida)

Preencha e ENVIE este FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO.
Não se esqueça de incluir uma CÓPIA inalterada de seu DD-214 ou outro (s) documento (s) pré-arranjado (s).

Telefone: 1-562-422-4100 (fuso horário do Pacífico)

Copyright e cópia The American War Library
Sites militares e veteranos
O G.I. Museu de Honra da Fotografia
Aplicativos de registro de localizador
Acessando o Banco de Dados Mundial de Pessoal Militar

Parágrafo 2-6, Regulamento do Exército 600-8-22 (Prêmios Militares)
25 de fevereiro de 1995

O CIB é usado acima do suporte da fita no uniforme Classe A e acima da etiqueta com o nome em uniformes de utilitários e de selva.

(1) O Emblema de Combat Infantryman (CIB) foi estabelecido pelo Departamento de Guerra em 27 de outubro de 1943. O Tenente General Lesley J. McNair, então comandante geral das Forças Terrestres do Exército, foi fundamental em sua criação. Ele recomendou originalmente que fosse chamado de "emblema de lutador". O CIB foi projetado para aumentar o moral e o prestígio da "Rainha da Batalha". O secretário da Guerra, Henry Stinson, disse: "É hora de reconhecermos de maneira pessoal a habilidade e o heroísmo da infantaria americana".

(2) Originalmente, o Comandante Regimental era o nível mais baixo no qual o CIB poderia ser aprovado e sua sentença era retroativa a 7 de dezembro de 1941. Havia uma provisão separada para os portadores de distintivos receberem um estipêndio de $ 10 por mês, que foi rescindido em 1948. Vários fatores levaram à criação do CIB, alguns dos fatores mais proeminentes são os seguintes:

(a) A necessidade de um grande número de infantaria bem treinada para levar a uma conclusão bem-sucedida da guerra e a já crítica escassez de soldados de infantaria.

(b) De todos os soldados, foi reconhecido que o soldado da infantaria operou continuamente nas piores condições e executou uma missão que não foi atribuída a qualquer outro soldado ou unidade.

(c) A infantaria, uma pequena porção do total das Forças Armadas, estava sofrendo o maior número de baixas enquanto recebia o mínimo de reconhecimento público.

(d) A conhecida afinidade do General Marshall pelo soldado das forças terrestres e, em particular, pelo soldado da infantaria. Todos esses fatores levaram ao estabelecimento do CIB, um prêmio que proporcionaria um reconhecimento especial do papel único do soldado de infantaria do Exército, o único soldado cuja missão diária é atacar e destruir o inimigo e tomar posse e manter o terreno. O distintivo foi concebido como um incentivo para os indivíduos se juntarem à infantaria enquanto servia como um impulsionador do moral para os soldados da infantaria que serviam em todos os teatros.

(3) Ao desenvolver o CIB, o Departamento de Guerra não dispensou ou ignorou as contribuições de outros ramos. Suas contribuições vitais para o esforço geral de guerra foram certamente notadas, mas foi decidido que outros prêmios e condecorações eram suficientes para reconhecer suas contribuições. Desde o início, os líderes do Exército tiveram o cuidado de manter o distintivo para o propósito único para o qual foi estabelecido e de evitar a adoção de qualquer outro distintivo que diminuiria seu prestígio. No final da Segunda Guerra Mundial, nossa maior guerra na qual a armadura e a artilharia desempenharam papéis importantes nas campanhas terrestres, foi realizada uma revisão dos critérios do CIB considerando a criação de emblemas adicionais ou autorizando o emblema para cavalaria e armadura unidades. A revisão observou que qualquer mudança na política diminuiria o prestígio do emblema.

(1) Existem basicamente três requisitos para a concessão do CIB. O soldado deve ser um soldado de infantaria desempenhando satisfatoriamente deveres de infantaria, deve ser designado para uma unidade de infantaria durante o tempo em que a unidade está engajada em combate terrestre ativo e deve participar ativamente de tal combate terrestre. O crédito de campanha ou batalha por si só não é suficiente para a concessão do CIB.

(2) A definição ou exigência de "participar de um combate ativo em terra" gerou muito diálogo ao longo dos anos quanto à intenção original do CIB.

(a) A Circular do Departamento de Guerra de 1943 exigia que os soldados de infantaria demonstrassem "desempenho satisfatório do dever em ação contra o inimigo". As palavras operacionais "em ação" conotavam um combate real.

(b) Uma determinação do Departamento de Guerra em outubro de 1944 especificou que "ação contra o inimigo" para fins de concessão da CIB deveria ser interpretada como "combate terrestre contra forças terrestres inimigas".

(c) Em 1948, o regulamento que rege os emblemas estipulava que "o crédito pela participação na batalha não é suficiente, a unidade deve ter estado em contato com o inimigo". Isso indicava claramente que uma troca de fogo hostil ou exposição pessoal equivalente era a intenção da liderança do Exército.

(d) Em 1963 e 1965, as mensagens do HQDA ao comandante sênior do Exército no teatro de operações do Sudeste Asiático autorizaram a concessão do CIB a pessoal qualificado de outra forma "desde que estejam pessoalmente presentes e sob fogo". Os regulamentos do Exército dos EUA no Vietnã chegaram ao ponto de exigir a documentação do tipo e intensidade do fogo inimigo encontrado pelo soldado. O requisito pretendido de estar "pessoalmente presente e sob ataque" não mudou.

c. Requisitos específicos de elegibilidade

(1) Um soldado deve ser um oficial de infantaria do Exército ou oficial das forças especiais (SSI 11 ou 18) no grau de coronel ou inferior, ou um soldado alistado ou suboficial do Exército com uma infantaria ou oficial das forças especiais MOS, que após 6 de dezembro de 1941 cumpriu satisfatoriamente o dever enquanto designado ou contratado como membro de uma unidade de infantaria, ranger ou de forças especiais de brigada, regimento ou de tamanho menor durante qualquer período em que essa unidade esteve engajada em combate ativo terrestre. A elegibilidade para o pessoal das forças especiais (menos o sargento médico das forças especiais) aumenta a partir de 20 de dezembro de 1989. Prêmios retroativos para o pessoal das forças especiais não são autorizados.

(2) Um recipiente deve estar pessoalmente presente e sob fogo hostil enquanto servia em uma infantaria designada ou nas forças especiais como dever primário, em uma unidade ativamente engajada em combate terrestre com o inimigo. A unidade em questão pode ser de qualquer tamanho menor que uma brigada. Por exemplo, o pessoal que possui um MOS de infantaria em um esquadrão de rifle de um pelotão de cavalaria em uma tropa de cavalaria seria elegível para a concessão do CIB. O crédito de participação em batalha ou campanha por si só não é suficiente, a unidade deve ter estado em combate ativo terrestre com o inimigo durante o período.

(3) Pessoal com outros que não uma infantaria ou forças especiais MOS não são elegíveis, independentemente das circunstâncias. A infantaria ou forças especiais SSI ou MOS não tem necessariamente de ser a especialidade primária do soldado, desde que o soldado tenha sido devidamente treinado em táticas de infantaria ou forças especiais, possua o código de habilidade apropriado e esteja servindo nessa especialidade quando engajado em combate terrestre ativo conforme descrito acima. Os comandantes não estão autorizados a fazer exceções a esta política.

(4) Os prêmios não serão concedidos a diretores gerais nem a membros de empresas-sede de unidades maiores que a brigada.

(1) Até o momento, um prêmio separado do CIB foi autorizado para soldados qualificados em qualquer um dos três conflitos: Segunda Guerra Mundial (7 de dezembro de 1941 a 3 de setembro de 1945), o conflito coreano (27 de junho de 1950 a 27 de julho de 1953), e o conflito do Vietnã. Serviço no conflito da República do Vietnã (após 1 de março de 1961) combinado com serviço qualificado no Laos (19 de abril de 1961 a 6 de outubro de 1962), República Dominicana (28 de abril de 1965 a 1 de setembro de 1966), Coreia na DMZ (após 4 de janeiro 1969), Granada (23 de outubro a 21 de novembro de 1983) Panamá (20 de dezembro de 1989 a 31 de janeiro de 1990), e a Guerra do Golfo Pérsico (17 de janeiro a 11 de abril de 1991) é reconhecida por apenas um prêmio, independentemente de um soldado ter servido a um ou vários passeios em qualquer uma ou todas essas áreas. Se um soldado foi premiado com o CIB para serviço em qualquer uma das áreas da era do Vietnã, esse soldado não é elegível para receber o Distintivo Médico de Combate.

(2) O segundo e o terceiro prêmios do CIB são indicados pela sobreposição de 1 e 2 estrelas, respectivamente, centralizados na parte superior do emblema entre as pontas da coroa de carvalho.

e. Disposições especiais - República do Vietnã

(1) Qualquer oficial cujo ramo básico é outro que não a infantaria que, sob as ordens apropriadas, comandou uma unidade de brigada, regimental ou menor de infantaria de linha (que não seja uma unidade de quartel general) por pelo menos 30 dias consecutivos foi considerado como tendo sido detalhado na infantaria e é elegível para concessão do CIB, não obstante a ausência de uma diretiva por escrito detalhando aquele soldado na infantaria, desde que todos os outros requisitos para a concessão tenham sido cumpridos. Ordens ordenando que o oficial assuma o comando serão confirmadas por escrito na data mais próxima possível.

(2) Além disso, qualquer oficial, suboficial ou alistado cujo ramo não seja a infantaria, que sob as ordens apropriadas foi designado para aconselhar uma unidade listada em (4) e (5) abaixo ou foi designado como membro de um A Equipe de Treinamento Mobile da White Star ou um membro do MAAG-Laos, conforme indicado em f (l) e (2) abaixo, será elegível para receber o CIB, desde que todos os outros requisitos tenham sido atendidos.

(3) Depois de 1º de dezembro de 1967 para o serviço na República do Vietnã, os suboficiais servindo como Sargentos Major de batalhões de infantaria e brigadas por períodos de pelo menos 30 dias consecutivos em uma zona de combate são elegíveis para atribuição do CIB, desde que todos os outros requisitos foram encontrados.

(4) Após 1 de março de 1961, um soldado deve ter sido:

(a) Atribuído como conselheiro para uma unidade de infantaria, unidade de ranger, unidade de tipo de infantaria da guarda civil de tamanho regimental ou menor e / ou unidade de tipo de infantaria da unidade de corpo de autodefesa de tamanho regimental ou menor do governo vietnamita durante qualquer período em que essa unidade esteve engajada em combate terrestre real.

(b) Designado como conselheiro de uma força irregular comparável às unidades de infantaria acima em condições semelhantes.

(c) Pessoalmente presente e sob fogo enquanto servia em um dever primário designado como membro de uma equipe de assessoria tática enquanto a unidade participava de um combate terrestre.

(5) Após 24 de maio de 1965, para se qualificar para o CIB, o pessoal que serve nas unidades dos EUA deve atender aos requisitos de c (l) acima. Indivíduos que desempenharam funções de ligação com o Exército Real da Tailândia ou com as unidades de combate do Exército da República da Coréia no Vietnã são elegíveis para receber o distintivo, desde que atendam a todos os outros requisitos.

f. Laos - De 19 de abril de 1961 a 6 de outubro de 1962, um soldado deve ter sido:

(1) Designado como membro de uma Equipe de Treinamento Móvel White Star enquanto a equipe estava ligada ou trabalhando com uma unidade de regimento (móvel de agrupamento) ou menor tamanho das Forças Armee du Royaume (FAR), ou com forças de tipo irregular de regimental ou tamanho menor.

(2) Um membro do MAAG-Laos designado como conselheiro de uma região ou zona das FAR, ou enquanto servindo com forças de tipo irregular de regimento ou tamanho menor.

(3) Pessoalmente sob fogo hostil enquanto designado conforme especificado em (1) ou (2) acima.

g. República Dominicana - De 28 de abril de 1965 a 21 de setembro de 1966, o soldado deve ter atendido aos critérios prescritos em bec acima.

h. Coreia - após 4 de janeiro de 1969, um soldado deve ter:

(1) Servido na área de fogo hostil pelo menos 60 dias e foi autorizado pagamento de fogo hostil.

(2) Foi designado para uma unidade de infantaria de companhia ou menor e deve ser um oficial de infantaria no grau de capitão ou inferior. Subordinados e soldados devem possuir um MOS de infantaria. No caso de um oficial cujo ramo básico seja diferente da infantaria que, sob as ordens apropriadas, comandou uma companhia de infantaria ou unidade de infantaria de menor porte por pelo menos 30 dias, a sentença pode ser concedida desde que todos os requisitos a seguir sejam atendidos.

(3) Esteve envolvido com o inimigo na área de fogo hostil ou em combate ativo de solo envolvendo uma troca de fogo de armas pequenas pelo menos 5 vezes.

(4) Recomendado pessoalmente por cada comandante na cadeia de comando e aprovado no nível de divisão. Se morto ou ferido como resultado direto de ação aberta do inimigo, ele deve ser recomendado pessoalmente por cada comandante na cadeia de comando e aprovado no nível de divisão. No caso de soldados de infantaria mortos por ação inimiga, o requisito de pelo menos 5 combates ((3) acima) e o requisito para que o incidente tenha ocorrido na área de fogo hostil, incluindo o requisito de 60 dias ((1) acima ), será dispensado. No caso de indivíduos feridos, mesmo que fora da área de fogo hostil, o requisito de 5 engajamentos e o requisito de 60 dias podem ser dispensados ​​quando puder ser claramente estabelecido que o ferimento foi resultado direto de ação hostil aberta.

(5) Foi elegível para atribuição do CIB depois de 4 de janeiro de 1969, para serviço na República do Vietnã, como suboficiais servindo como Sargentos de Comando Major de batalhões de infantaria e brigadas por períodos de pelo menos 30 dias consecutivos em uma zona de combate.

eu. Granada (Operação URGENTE FÚRIA) - De 22 de outubro de 1983 a 21 de novembro de 1983, o soldado deve ter cumprido os critérios prescritos em bec acima.

j. Panamá (Operação JUSTA CAUSA) - De 20 de dezembro de 1989 a 31 de janeiro de 1990, o soldado deve ter atendido aos critérios prescritos em bec acima. Special forces personnel (less the special forces medical sergeant) are eligible for the CIB effective 20 December 1989. Retroactive awards are not authorized.

k. Persian Gulf War (Operation DESERT STORM) - From 17 January 1991 to 11 April 1991, the soldier must have met the criteria prescribed in b and c above. Retroactive awards are not authorized.

(1) Current awards. Current awards of the CIB may be awarded by the Commanding General, Eighth U.S. Army, any commander delegated authority by the Secretary of the Army during war time, and the Commanding General, PERSCOM.

(2) Retroactive awards. Retroactive awards of the Combat Infantryman Badge and the Combat Medical Badge may be made to fully qualified individuals. Such awards will not be made except where evidence of injustice is presented. Active duty soldiers will forward their applications through command channels to Commander PERSCOM, ATTN: TAPC-PDA, Alexandria, VA 22332-0471. Reserve Component soldiers, retirees, and veterans should address their application to Commander, ARPERCEN, ATTN DARP-PAS-EAW, 9700 Page Boulevard, St. Louis, MO 63132-5200.

I. DESCRIPTION: A silver and enamel badge 1 inch in height and 3 inches in width, consisting of an infantry musket on a light blue bar with a silver border, on and over an elliptical oak wreath. Stars are added at the top of the wreath to indicate subsequent awards one star for the second award, two stars for the third award and three stars for the fourth award.

II. SYMBOLISM: The bar is blue, the color associated with the Infantry branch. The musket is adapted from the Infantry insignia of branch and represents the first official U.S. shoulder arm, the 1795 model Springfield Arsenal musket. It was adopted as the official Infantry branch insignia in 1924. The oak symbolizes steadfastness, strength and loyalty.

III. AWARD ELIGIBILITY: Awarded to personnel in the grade of Colonel or below with an infantry military occupational specialty who have satisfactorily performed duty while assigned as a member of an infantry unit, brigade or smaller size, during any period subsequent to 6 December 1941 when the unit was engaged in active ground combat. The policy was expanded to permit award to Command Sergeants Major of infantry battalions or brigades, effective 1 January 1967. Specific criteria for each conflict was also established. Only one award is authorized for service in Vietnam, Laos, Dominican Republic, Korea (subsequent to 27 July 1954), Grenada, Panama, and Southwest Asia. The complete criteria for each area and inclusive dates are listed in Army Regulation 600-8-22.

4. DATE APPROVED: The Combat Infantryman Badge was approved by the Secretary of War on 7 October 1943 and announced in War Department Circular 269 dated 27 October 1943. On 8 February 1952, the Chief of Staff, Army, approved a proposal to add stars to the Combat Infantry Badge to indicate award of the badge in separate wars. Under this change in policy, the badge was no longer limited to a one-time award, but may now be awarded to eligible individuals for each war in which they participated.

The two badges have a combined interesting evolution. The Combat Infantryman Badge was approved by the Secretary of War on 7 October 1943 and was initially referred to as the Combat Assault Badge however, the name was changed to Combat Infantryman Badge as announced in War Department Circular 269 dated 27 October 1943. On 8 February 1952, the Chief of Staff, Army, approved a proposal to add stars to the Badge to indicate award of the Badge in separate wars. Regulations are now in place that provide for eight such awards. The first four prescribe the Badge to be silver with an additional star attached for each award subsequent to the first award. The fifth award is gold without stars and gold stars added for subsequent awards. The Badge is one inch in height (without stars) and three inches in width. The bar is blue, the color associated with the infantry branch. The musket is adapted from the infantry insignia of branch and represents the first official U.S. shoulder arm, the Springfield Arsenal musket. It was adopted as the official infantry branch insignia in 1924. The Oak wreath symbolizes steadfastness, strength and loyalty.

The CIB is awarded "to personnel in the grade of Colonel or below with an infantry MOS who have satisfactorily performed duty while assigned as a member of an infantry unit, brigade or smaller size during any period subsequent to 6 December 1941 when the unit was engaged in active ground combat." There is absolutely no mention of length of time such engagement has to be.

On 5 April 1963 the Deputy Chief of Staff for Personnel, in message no. DA333969, advised that "the newly established criteria in DA327892 for award of the CIB would be printed as a change to AR672-5-1 Awards." The message said in part ". . . Any officer, warrant officer or enlisted man whose branch is other than infantry who, under appropriate orders, is assigned to advise a unit (South Vietnamese) will be eligible for this award provided all other requirements for such award have been met." Public Law 393, 78th Congress as reflected in War Department circular no. 271 dated 3 July 1944 provides that "During the present war (WWII) and for 6 months thereafter any enlisted man of the Combat Ground Forces of the Army who is entitled, under regulations prescribed by the Secretary of War to wear the Expert Infantryman Badge or the Combat Infantryman Badge shall be paid additional compensation at the rate of $5.95 per month for the EIB and at the rate of $10.00 per month when entitled to wear the CIB provided that compensation for both may not be paid at the same time." Combat Ground Forces is described as "Infantry, Cavalry, Field Artillery, Coast Artillery, Armored and Tank Destroyer units and Combat Engineers."

The Expert Infantryman Badge is described as being 7/16" in height and 3 inches in width. It is the same as the CIB except that there is no oak wreath. It was approved concurrent with the CIB.

Currently, for award eligibility, "personnel must meet Department of the Army established testing requirements and must possess a military occupational specialty within Career Management Field 11 (Infantry)."


Exchange Grenadier. Bataillonen against Ost-bataillonen in October 1943

Postado por AETIUS 1980 » 03 May 2021, 09:49

Olá,
I'm looking for the assignment of II./Gr.Rgt.726 in October 1943. Indeed, following various directives (AOK. 7 Ia Nr 5207/43, Gen.Kdo.LXXXIV.AK Abt Ia Nr 1873/43- korpsbefehl Nr 7 October 1943 17th) to exchange infanterie units (battalion sizes) for an higher ratio in Ost.Btlen, it's impossible for me to know the destination of this unit. At the same time, the I./Gr.Rgt.739 and II./Gr.Rgt.583 saw themselves broken down to the east.
The contribution of Ost.Btlen.643, 642, 649, then 439. will be a numerical compensation, although the II.Bataillon./Gr.Rgt.726 is fully reconstituted by the end of November, unlike the other two.
So, about the "first" II./Gr.Rgt,726:
_ Where was he sent?
_ with which units (regiment's, division's)?
_ was it dissolved and then absorbed, and if so, when?

Re: Exchange Grenadier. Bataillonen against Ost-bataillonen in October 1943

Postado por jpz4 » 04 May 2021, 20:40

Are you sure the battalion ever left? Unlike the other battalions you mention there is no mention of it leaving in the Armee, Korps or Division records (unless I missed something). In October it became Korpsreserve, which could have been a step to prepare it for extraction, but like I said I've not seen any evidence that it actually was transferred. I suspect this may have be cancelled because the division was already weak with just two regiments instead of the three regiments in the other two divisions, but can't recall seeing any documents to formally cancel the transfer.
Will check though.

Dug a little deeper: Tessin does not mention the battalion leaving the division (it does mention the other two battalions leaving) and the battalion is not absent from any situation maps. Unless you have additional evidence I haven't found any evidence that the battalion left at all.

Re: Exchange Grenadier. Bataillonen against Ost-bataillonen in October 1943

Postado por AETIUS 1980 » 04 May 2021, 20:53

Re: Exchange Grenadier. Bataillonen against Ost-bataillonen in October 1943

Postado por jpz4 » 04 May 2021, 20:54

Where in the corps records? I may have overlooked it, but although there are orders to prepare for transfer, the actual departure is not something I've found mention of.

Now if the battalion was filled with troops who were 'Ostverwendungsfähig' (which units intended for transfer were supposed to have), I can see how it lost a lot of its troops through the 'Austausch', but that is not the same as transferring a battalion and/or disbanding and rebuilding a battalion. Instead I would not be surprised if a considerable rebuild was required to replace the transferred troops, but that's not the same as a completely new battalion.
To find an answer to where the troops ended up it might be necessary to look into how the Austausch worked and to what extend men stayed together. The option that the men became part of a Marschbtl. is also possible, which would require yet another approach.


Those known to have served with

durante a Segunda Guerra Mundial 1939-1945.

  • Aldous RT.
  • Apew BV.
  • Ballantyne Leonard. Fusilier
  • Beasley Kenneth George. Cpl.
  • Beauchamp .
  • Bevan George.
  • Bevan George.
  • Billins AJ.
  • Birt GL.
  • Blake Edward Ernest. Fslr. (d.4th September 1944)
  • Blyth J.
  • Bolden Henry William. Capt.
  • Bradley Edmund Gerald. L / Cpl.
  • Chapman Leonard. Capt.
  • Clement FE.
  • Cochran William Cochran. 2Lt.
  • Cockrill Willliam. CSM.
  • Coyle John James. Pte.
  • Dat JJ.
  • Davidson WJ.
  • Dorlin Ernest. Fus.
  • Doughty William Thomas. L / Cpl.
  • Earle RC.
  • Emery William Thomas. Sgt. (d.11th May 1944)
  • Essam F.
  • Evans Idwal Emlyn. Cpl. (d.19th January 1944)
  • Fairbairn AJ.
  • Fentiman HS.
  • Fiddaman G.
  • Finch WSG.
  • Freeman Gerald.
  • Friend Robert William. W / O.
  • Gedman Albert. Fus. (d.21st Jun 1944)
  • Giffen GD.
  • Goodrich JH.
  • Gridley . Sgt.
  • Hadfield FG.
  • Haynes Ted.
  • Heath SG.
  • Higgs RC.
  • Hobbs Frederick Dennis. Sgt.
  • Holland JW.
  • Hortin Leslie Victor. Fus.
  • Horton JD.
  • Hughes John Henry. Fus (d.23rd January 1947)
  • Jacks E.
  • Jacobs William. Fus.
  • Jarman Frederick Thomas. Pte. (d.19th Oct 1945)
  • Jenkinson LW.
  • Jones JE.
  • Ketcher RJ.
  • Knight GH.
  • Kosh SF.
  • Lambert WH.
  • Lane LG.
  • Lee William Frederick. Rflmn.
  • Levett AT.
  • Lowton AE.
  • Martin PT.
  • Mintz Leslie. Pte.
  • Mounter GH.
  • Nash EC.
  • Nash Norman Edmund. Fus. (d.9th September 1943)
  • Newnham Albert Edward. Cpl.
  • Newsome Geoffrey. Cpl (d.26th December 1944)
  • North HJ.
  • Palmer George.
  • Pascoe WG.
  • Pinfield Ivan George Thornton. Tenente
  • Pittaway Frank Arthur. Pte.
  • Price George Edward. L / Sgt. (d.11th July 1944)
  • Rayner Henry.
  • Relf Frank Leslie.
  • Richards JG. A.WO2
  • Rowe Bert.
  • Savin RA.
  • Scarborough RP.
  • Simmonds Leslie. Pte.
  • Slatford Arthur. Pte. (d.18th January 1944)
  • Smith George Alfred. Cpl. (d.31st May 1940)
  • Smith JF.
  • Smith Stanley. (d.29th Nov 1943)
  • Songhurst Charles John.
  • Spain William John A.. Fus.
  • Still Walter. L/Cpl
  • Stillman William Edward. Pte.
  • Taylor Arthur.
  • Taylor M.
  • Thomas Wilfred Owen. Cpl. (d.11th Nov 1944)
  • Turner William. Fus.
  • Wardale G.
  • Wilson Robert Peter Roy. Fus.
  • Wittingham Oswald Victor. Cpl. (d.6th Sep 1944)

Os nomes desta lista foram enviados por parentes, amigos, vizinhos e outras pessoas que desejam se lembrar deles, se você tiver quaisquer nomes para adicionar ou quaisquer lembranças ou fotos dos listados, por favor, adicione um nome a esta lista


Historical Exchange Rates

The Historical Currency Converter is a simple way to access up to 31 years of historical exchange rates for 200+ currencies, metals, and cryptocurrencies. OANDA Rates® cover 38,000 FX currency pairs, and are easily downloadable into an Excel ready, CSV formatted file.

This tool is ideal for auditors, CPAs, tax professionals, and anyone who needs accurate and authoritative foreign exchange data for spot checking, analysis, and reporting. Currency data can be displayed in a graph or table view with up to 10 currencies at a time.

Our Historical Currency Converter is an easy to use, cloud-based solution and requires no installation, while being accessible from anywhere.

OANDA Rates® are calculated daily (Monday through Friday) and represent the previous 24 hour period aligned to UTC-midnight (8:00 PM Eastern Time). Bid, ask, and midpoint rates for the day are published and available no later than 10:00 PM Eastern Time.


American Airlines' Flagship Missouri Crashes, Killing 11

Flight 63 originated at Cleveland at 17:56, 17 minutes later than the scheduled departure.

Intermediate stops were made at Columbus, Dayton, Cincinnati, and at Louisville. Accumulated delay at the time of departure from Nashville amounted to one hour and 38 minutes. The DC-3, named "Flagship Missouri", climbed to 6000 feet and the pilot reported cruising at this level at 22:59. At 23:06 the flight called Nashville and requested permission to climb to 8000 feet, which was approved. However altitude was lost until the DC-3 descended into the thickly wooded southern slope of a hill which rose to a height of about 75 feet.

PROBABLE CAUSE: "Inability of the aircraft to gain or maintain altitude due to carburetor ice or propeller ice or wing ice of some combination of these icing conditions while over terrain and in weather unsuitable for an emergency landing. CONTRIBUTING FACTOR: Weather conditions which, had their nature been anticipated, should have precluded the dispatch of the flight in an aircraft no equipped with wind or propeller deicing equipment."

American Air Lines said early today it would "have to assume" an accident had occurred to one of its passenger planes five hours overdue here from Nashville, Tenn., with 10 persons aboard. Capt. B. Payne, chief pilot for the Memphis area, made the statement at 5 a.m. after an earlier announcement that the missing ship had enough gas to keep it aloft only until 2:35 a.m. (CWT). Payne said army planes from Memphis and Nashville would join in a widespread search shortly before daybreak. The army declined to reveal the number of planes but Payne said there would be "quite a few." He added that two company ships and the civil air patrol also would participate. The plane is believed to have gone down in the Tennessee River area, about mid-day between Nashville and Memphis, Payne said. He described that location as "pretty rough" for a forced landing.

American Airlines Flight 63 was an American Airlines DC-3 nicknamed the Flagship Missouri that crashed on October 15, 1943 near Centerville, Tennessee after ice formed on its wings and propeller. All eight passengers and three crewmembers perished. This was the second fatal crash of Flight 63, occurring two-and-a-half months after the crash of the Flagship Missouri’s sister ship, the Flagship Ohio.


1946: Cruel Execution of Nazi Leaders in Nuremberg

On this day the Nazi leaders were sentenced to death at the famous Nuremberg Trials. Of the 22 defendants, 12 were sentenced to death. However, Martin Bormann (Hitler’s personal secretary) was tried na ausência, while Luftwaffe commander Reichsmarschall Hermann Goering committed suicide before he was executed. Those sentenced to death included:

Wilhelm Keitel – Field marshal and chief of the Wehrmacht Supreme Command (Oberkommando der Wehrmacht)

Ernst Kaltenbrunner – SS-Obergruppenführer and chief of the Reich Main Security Office (Reichssicherheitshauptamt)

Joachim von Ribbentrop – Hitler’s Foreign Minister

Alfred Jodl – Chief of the Operations Staff of the Armed Forces High Command

Arthur Seyss-Inquart – Imperial Commissioner for the occupied Netherlands (Reichskommissar)

Hans Frank – Governor-General of a part of occupied Poland

Wilhelm Frick – Hitler’s Minister of Interior

Alfred Rosenberg – Minister for the occupied territories in the East

Fritz Sauckel – Organizer of forced labor

Julius Streicher – Publisher of the Nazi paper “Der Stürmer”

The execution of the aforementioned 10 was performed in the Nuremberg Prison. The method was hanging. It is interesting that the “long drop” method wasn’t used, even though it is less painful (it snaps the person’s neck almost instantly thus causing instant death). Instead, the “standard drop” method was used, where the condemned drops only 1.2 to 1.8 meters. The hanged Nazi leaders allegedly took a long time to die, some of them more than 25 minutes. Ribbentrop and Sauckel supposedly died after 14 minutes of agony, while Keitel’s death was the most painful – he took as long as 28 minutes to die.


Assista o vídeo: Destaque do dia - 24 de Outubro de 1943